1. Spirit Fanfics >
  2. Amor Proibido- Imagine Jung Hoseok- >
  3. Cap.6 No laboratório pt.1

História Amor Proibido- Imagine Jung Hoseok- - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Oi leitoressssss
eu fiquei bem sumida,desculpa;-;mas eu me esforcei muuuito nesse capítulo,espero que vocês gostem :3 Aí estão as múscas sugeridas,amores!

Twisted-Missio
Tittanium-David Guetta
Blood//Watter-grandson

Capítulo 6 - Cap.6 No laboratório pt.1


°POV MALA°

Eu acordo em um lugar que eu já conheço,a merda do laboratório...pelo menos eu protegi o Hoseok.Eu estou sentada em uma cadeira e embrulhada em uma lona,tem algo tampando minha boca,um dos doutores percebe que acordei e caminha em minha direção,e me diz uma coisa que me deixa chocada:

-Mayla,sou eu,Mattias.

 Era ele,Mattias,meu irmão mais velho!(O que a mãe de Mayla deserdou por ser homossexual e ser só um alfa comum)Eu começo a tentar falar mas minha voz é abafada pelo pano em minha boca,ele percebe e tira o pano.Eu digo,assustada.

-O que você tá fazendo aqui Matt?

-Eu tô trabalhando,claro.

Ele olha para os outros homens e diz:

-Eu tomo conta,podem trabalhar.

-Muito obrigada,aquilo tava me sufocando.

-Ok,mas agora eu vou fingir aplicar a seringa e você tem que fingir estar adormecida,eu vou só fazer uns exames de sangue e acho que tá o suficiente,vou te ajudar a sair daqui...

-Você vai mesmo fazer isso por mim?Tipo,a gente nem se conhece direito!Mas agradeço.

-É porque dessa vez,eles estão planejando te transferir para os quartos das cobaias,eu não quero que isso aconteça com você.

-Muito obriga-

Sou cortada por um grito,eu identifiquei na hora de quem era a voz...

-PARK,ANDA LOGO COM ISSO QUE OS OUTROS ESTÃO PRECISANDO DOS EXAMES SEMANAIS!

O chefe daquilo tudo...

-Certo,chefe!

Lerry Einstein,isso mesmo.O neto de Albert Einstein(na vida real eu nem sei se Albert tem filhos eu só fui inventando ;-;)

-Ele tá com um mau humor hoje...vou preparar a seringa,já vai se acomodando aí

Eu me preparo,ele vem com a seringa e finge aplicar,eu logo finjo que estou dormindo e ele tira meu sangue,não é uma coisa muito legal de sentir,sabe,17 tubinhos de sangue é bastante.Ele sobe as escadas e entrega os exames,me põe em uma cadeira de rodas e me leva para o seu escitório,onde ele é o único com a chave.

-Pronto,eu vou te soltando e depois vou ter que sair,você se esconde enquanto eu estou fora,ok?

-Ok

Ele começa a me soltar e em poucos segundos estou livre e me escondi embaixo da cama atrás de umas malas fazendo com que eu desaparecesse na escuridão.Vou descansar um pouco,me encolho e adormeço.

°POV MATTIAS°

Eu entro na sala de reuniões,meus superiores me olham com um ar de repreendimento por eu ter interrompido sua reunião,eu entro e digo:

-Mayla Park fugiu.

Eles se levantam e vão até mim,um deles fala:

-Não pode ser,o governo nos prometeu milhões se  transferíssemos o poder dela para ele e seus guardas...ela ia morrer de todo o jeito,mas ganhariamos tanto...oh,céus!

Um dos chefes militares se manifesta:

-Tem ideia de para onde ela foi?

-Não,eu não sei.

-Mas não era você o responsável por ela?

-Sim,eu deixei ela na ala de cobaias mas ela fugiu!

-Como?Os detectores apitariam se ela passase pelo laser.

-Senhor,ela quebrou as paredes.

-Soldados,se dividam em 4,dois dos 4 vão procurar fora e os outros dentro,rápido!

Eu olho para ele e pergunto:

-E os funcionários?

-Mande que eles juntem suas coisas e fugam para casa,ela pode querer matar eles já que a prejudicaram.

-Vou para casa então.Boa sorte.

-Certo.

Eu corro e vou para meu escritório,mando Mayla entrar em meu bagageiro na minha caminhonete que fica em minha pequena garagem e vamos rumo ao portão,mas alguém me para...


Notas Finais


Bem,próximo capítulo vai ser a parte dois desse,espero que gostem:3 me digam se gostaram das músicas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...