História Amor proibido - Yugyeom. - Capítulo 2


Escrita por: e misskunpi

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7
Personagens Yugyeom
Visualizações 118
Palavras 673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Self Inserction
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura mochi
Cap quente hehe

Capítulo 2 - A festa.


Fanfic / Fanfiction Amor proibido - Yugyeom. - Capítulo 2 - A festa.

Voltei para o mesmo lugar que estava antes ao lado da irmã do Park, coloquei meu braço em volta de seu pescoço e percebo a mesma corar rapidamente, ela è tão fofa.

S/N POV'S ON.

Quando Yugyeom chegou com sua irmã ele colocou um de seus braços em volta de meu pescoço, eu corei fortemente pela sua ação, aquilo era super inesperado para mim, percebo um olhar feio de Jimin sobre nós, amo esse ciumento, logo depois Yugyeom deposita um beijo em minha bochecha me fazendo corar mais ainda, mas o que ta havendo comigo eu cheguei agora, não vou pegar fama de puta, me afastei um pouco de Yugyeom percebendo um olhar que parecia me fuzilar.

- Quem è ela?- perguntei para o oppa ao meu lado.

- Ela se chama Tiffany , não liga para ela, ela se acha a popular da escola mas não è nada- ele falou me fazendo calar a boca de imediato, uau ele è um baita BadBoy.

Olá- o outro garoto que eu também não conhecia muito falou chegou.

Olá - corei.

- Gostaria de me apresentar a escola S/N?- o oppa perguntou.

-Tudo bem. - respondi com incerteza- Jimin vou dar uma volta pela escola com o Mark.- Jimin encarou Mark assim como Yugyeom e Kook ,eu apenas ri.

Estava no patio quando Mark me prensa contra a parede que tinha ali.

- Você è maravilhosa. - ele falou com um sorriso que me fez derreter por inteiro.  

O-obrigada- respondi totalmente corada.

- Desculpe se isso foi um erro meu- eu não tinha entendido ,então eu senti os seus lábios carnudos juntos aos meus, aquele beijo estava tão bom, eu não queria sair dali nunca, adentrei os meus dedos em seus cabelo macios aprofundando o beijo, sinceramente o melhor beijo de minha vida, ele coloca os seu braços em volta de minha cintura e cola nossos corpos. Estava tão bom mas a merda da falta de ar se fez presente então nos separamos e nos olhamos sorrindo.

- Melhor beijo da minha vida- ele falou sorrindo fofo.

- O meu também- respondi e encostei minha cabeça em seu peito com minha respiração ofegante assim como ele que não para de sorrir como eu, ele me abraça e eu logo retribuo até  ouvir Jimin.

- Oi- falei me afastando de Mark.

- Eu deixei você ficar com ele?- Jimin o olhou feio assim como Yugyeom e Kookie.

- Qual è ?

- Eu sou seu irmão , eu tenho que ficar de olho em você. - Jimin falou em um tom autoritário.  - Você precisa de alguém que te defenda S/N.

- Não, eu não sou uma criança Jimin, não sou. Eu não posso ser feliz uma vez na vida, porra, nem beijar um menino eu posso ,para de pagar de nervosão, porque você é uma bosta como todos aqui. -falei com raiva deixando uma lágrima cair mas fiz questão de secá-la rapidamente.

- Ele está certo, você precisa de um defensor e você não tem só o Jimin, tem eu. Yugyeom falou e os meninos o olharam assustados, já eu o olhei incrédula - Quem era ele para se meter tanto em minha vida.

- E quem é você para se entrometer em minha vida , eu nem sei seu nome direito. - falei sentindo estar sendo fuzilada por Jimin e Yugyeom.

- Deixa ela mano. - assim que Kookie disse isso, uma discussão surgiu.

- PAREM CARALHO - eu realmente me irritei muito - não, vocês não tem o direito de mandar em mim,  Kookie não tem o direito, Jimin não tem o direito e muito menos esse menino - apontei para Yugyeom.

- Eu te amo bebê, não fica assim, desculpa. - disse Jungkook.

- Eu vou embora- falei e me retirei dali ignorando os gritos de meu irmão chamando o meu nome.

Eu estava no meio do pátio sentindo estar sendo fuzilada por todos ali. Até que minha pressão caiu e acabei desmaiando ali mesmo.

[..]

O que houve ?- Mina perguntou na mesma hora em que acordei, no hospital.

- Os meninos, cadê os meninos?- falei com dificuldade.

- O que eles fizeram ? Sairam daqui discutindo. -ela falou preocupada.




Notas Finais


Bom eu espero que tenham gostado
Cap curto me perdoem ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...