História Amor Proibido-Ruggarol - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Agustín Bernasconi, Carolina Kopelioff, Jorge López, Karol Sevilla, Lionel Ferro, Michael Ronda, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna, Valentina Zenere
Personagens Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli
Tags Romance amor Proibido, Ruggarol Drama
Visualizações 512
Palavras 1.427
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpas não ter visto seus comentários mais ai eu vi todos eles e arranjei um tempinho para posta hoje porque domingo urei fazer um trabalho de ciências com a minhas amigas e não poderei posta.
Bora ler?

Capítulo 5 - Capítulo 4- parte 2 da festa final


     Ruggero

                         (20:45hs,sábado )

Depois de uma boa noite de sexo que tive cai fora não sou aqueles que tranzar com a mulher e ainda dorme com ela na cama com "casal" , pra mim é só sexo, depois de uma foda bem dada eu vou embora pra casa não iria passar a noite dormindo com a Candelária pra depois ela fica me enchendo.

Chego em casa e vou tomar um banho me visto e vou dormir amanhã é festa tenho que me divertir e segunda- feira é trabalho tenho que resolver umas pendências com o Lionel aquele desgraçado esta me devendo e pretendo cobrar o que me deve e se não pagar já sabe o que acontece né ele irá morrer da pior forma possível calma não se assuste só faço isso se fizer o mesmo ou pior e me fazer raiva, mas claro se for mulher antes você irá conhecer o "paraíso" quer dizer vai primeiro para cama me dá prazer satisfazer todos os meus desejos ainda mais se for gostosa pode até ficar cansada de tão fudida não achem que sou louco por sexo mais é muito bom não tem a coisa melhor do mundo ter qualquer mulher aos meus pés para ne dá prazer na cama.

..................... 

No dia seguinte       

                      (14:26hs,domingo )

-Empurrar mais forte Rugge.....ro va...i-fala Emília entre gemidos.

-Assim-falo estocando com mais força e ela geme mais ainda quase gritando.

Não achem estranho vocês já me encontrar fazendo sexo ela que pediu ser fodida então melhor pra mim como eu disse tenho todas aos meus pés ela fez um boquete delicioso e fiquei excitado não esperei mais nada e já fui logo tirando a sua e metendo.

-Humm.......isso vou go......zar -fala gemendo

- Faz isso vai-falo estocando com mais força e mais fundo ela goza e eu também e depois que terminei fui ver se estava tudo em seus conformes porque não quero nada der errado hoje eu sei quem vem bastante mulheres pra essa festa e eu como o dono mereço aproveitar bem ainda mais se elas me interessa digo não no sentido se apaixonar e sim prazer na cama, aproveito e conheço essas "amiguinhas" do Agustín que sejam bonitas e gostosas o Agustín não para de falar nessa Carolina eu já abusei falei até para tomar cuidado desse jeito vai se apaixonar mais ele diz ser só prazer que ela dá à ele não sei e nem quero saber disso continuando tudo certo pra hoje à noite bebidas, drinks e etc agora é só esperar chegar a hora da festa.

             [.......]

Na festa

Já estava tudo pronto eu Agustín e Michael estávamos na festa toda mulher que chegava ficava dando em cima de mim mas também quem não quer o homem irresistível desse até parece que nenhuma não quer.....continuando eu estava curtindo a festa e bebendo muito ai chegar uma mulher dando em cima de mim típico delas aposto que está com uma segunda intenção.

- Oi-fala

-Oi-falo e ela se aproximar mais.

- Meu nome é Fernanda e o seu? - fala e percebo que morde seu lábio.

-O meu é Ruggero.

- Gostei -ela se aproximar cada vez mais-Vem aqui pra mim te mostrar uma coisinha-fala pegando da minha mão eu assento e vou onde estava me levando já sabia o que queria.

-Agora me mostrar-falo me fazendo de inocente mais já sabia do se tratava. 

- Isso -ela me prensa na parede de trás do lugar que estávamos e aperta meu pênis danadinha em ela me beijar um beijo feroz do jeito que gosto eu correspondo ela para e olha pra baixo com um sorriso malicioso.

-Sabe te desejo muito-fala descendo a mão para baixo.

- É mesmo? .

-É-ela abre o zíper da calça e abaixar um pouco junto com a minha cueca box e começar fazer boquete seguro no seus cabelos com força e empurro mais sua boca no meu pau fazendo a chupar mais o resto que não cabia na sua boca ela massegeava com uma de suas mãos até que chegou neu ponto e gozei na sua boca e ela engoliu todo e ainda fez cara de quero mais.

-Humm....delicia agora eu queria outra coisa-fala subindo o vestido queria sexo mais não agora não.

-Acho que não-falo subindo minhas calça e minha cueca e fecho o zíper da calça e saio dali deixando ela um pouco incrédula pela sua cara que foda-se não me importo.

Vou pro lugar que estava e vejo o Agustín beijando uma mulher que de certo bem gostosa olho pro Michael e pergunto.

- Hum quem é?

-É aquela "amiguinha" dele Carolina-fala fazendo aspas no nome amiguinha.

- Tô ligado, só se for amigos com benefícios-falo gargalhando e Michael também.

- Vou ali naquela gata-fala Michael.

- E eu vou beber-falo indo pega uma bebida depois que termino vou lá pro canto um pouco estava ali e de repente meus olhos miram uma mulher e que mulher muito gostosa era um ma deusa de tão gostosa fico à observando pedir um drink e bebendo ela começa olhar pelos os lados e acaba levando seu olhar para o meu e começar à me encara e eu também eu fiquei em transe como uma mulher pode ser tão gostosa mordi meus lábios desci meu para o seu corpo linda parece uma deusa mais infelizmente chegou uma mulher loira muito gostosa por sinal mais não se compara com aquela mulher que eu estava vendo elas começaram conversar sei lá o quê, o Michael chegou me chamando.

- Ei cara tá babando o quê? -falou rindo.

- Há há não tem graça eu não estou babando.

- E porque estava de boca aberta?-fala percebo que eu estava e frchi a boca.

-Quer saber me deixa em paz o que que iria falar?

-O Agustín vai apresentar as meninas.

- Hum gostei vamos logo-antes de ir dei uma olhada ela conversava e estava em numa pose vontade de pegar naquela bunda gostosa mais eu pegar ela  e fui.

Cheguei lá meu deus não acredito aquela deusa gostosa estava ali olhando melhor de perto é mais gostosa quando olhei em baixo minha calça estava apertada não acredito  ela nem está pelada e eu estou excitado mais também quem mandou ela ser gostosa pra caralho ela olhava pra mim disfarçava e eu dei lhe um sorriso e já estou vendo vou tê-la em minha cama hoje à noite. 

Depois que a Carolina nos apresentou descobrir que seu nome é Karol e a loira é Valentina depois fomos dancar e beber e fomos nos senta o Agustín e Carolina estava praticamente já comendo e o Michael e Valentina também e eu guardando vela junto com a Karol pois é o incrível que pareça eu fazendo isso primeira vez eu pensando que seria fácil ela é muito difícil mais vou conseguir nos conversamos fiz algumas perguntas descobrir que mora no condomínio bem que percebi nunca vi por aqui é sua primeira vez aqui então não sabe que eu que mando aqui se não já teria se jogado pra cima de mim.

- Vamos dança? -perguntei com oiintuito de  conquistá-la 

-Vamos falou dando aquele sorriso encantador ai vontade de tirar esse batom e os seus olhos parece duas esmeraldas de tão verdes.

Dançamos e me aproximo mais dela nossos corpos estavam colados demais e senti minha ereção ficar volumosa e tocar no seu ventre vi que estava um pouco encomodada  ela era  diferente acho que foi que eu fiquei interessado de querer conquista ela não aguento e acabo beijando começou um beijo calmo e delicado vou confessar que não gosto mais ela era diferente o seu beijo era bom muito gostoso e o Beijo começou ficar mais intenso e feroz ela segurou ma minha nuca segurei mais forte em sua cintura sabia que não iria resistir por muito tempo paramos por falta de fôlego 

-Beijo bom em-ela fala.

- Vem  aqui quero de mostra uma coisa-seurei em sua mão e puxei levei-a para minha casa.

Chegamos e fui logo prensando ela na parede e à beijei ferozmente que boca deliciosa acho que a viciei começei apertar sua bunda e meu pau já estava furo feito pedra ela percet o que eu queria e me empurrou não acredito que ela fez isso e ainda sai correndo não acredito que ela se aproveitou de mim e ainda me deixou meu pau duro e nem me deu prazer na cama mais isso não irá ficar assim volto para a festa e não à vejo mais mais que merda não acredito ainda que ela fez isso quando eu ter ela na cama ela vai ver o que é bom se não me chamo Ruggero Pasquarelli estou puto da vida.





Continua.....→


Notas Finais


Como eu já falei não irei postar domingo Tchau Beijos e até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...