1. Spirit Fanfics >
  2. Amor proibido (Snowbarry) >
  3. Uma ameaça 1x17

História Amor proibido (Snowbarry) - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Oi tudo bem?

Esse é capítulo 17, o que será que vai acontecer hoje.

Capítulo 17 - Uma ameaça 1x17


Fanfic / Fanfiction Amor proibido (Snowbarry) - Capítulo 17 - Uma ameaça 1x17

POV Caitlin.

 

Eu estava no corredor guardado os livros foi quando a Íris veio até mim.

 

 — Íris - Oi novata, fique longe do Barry ouviu, se não você vai ver o que acontecer com você.

 

 — O que vai acontecer comigo?

 

— Íris - Tá avisado. - Ela vai embora.

 

(...)

 

Eu estava na praça andando de patins porque o tempo tava tão fresco e decidir dar uma voltar, eu avisto o Barry de longe sentado em um banco.

 

— Oi. - Falo tímida.

 

 — Barry - Oi, o que você está fazendo aqui?

 

— Eu estava dar um voltar com os meus patins, precisamos conversar.

 

— Barry - Sim, precisamos.

 

— Desculpa por ter te chamado de metido e mimado.

 

— Barry - Mais porque você me chamou assim?

 

— Porque eu descobrir toda a verdade.

 

— Barry - Que verdade?

 

— Que você ficou popular por causa do Cisco.

 

— Barry - O que ele te contou?

 

— Ele me falou que vocês dois era melhores amigos.

 

— Barry - Mais eu queria falar com ele mais o capitão do time me proibiu, ele me falou  que eu não devo falar com os perdores ou eu estou fora.os

 

— Mais ele não mandar em você.

 

— Barry - Eu sei mais se eu fala se isso para ele, ele me tirar e eu não queria sair porque eu adoro muito jogar.

 

— Então você está preso a isso?

 

— Barry - Sim, me desculpa por ter te tratando daquele jeito. - Ele abaixar o Olhar.

 

— Tudo bem... - Eu ia falar mais ele me interromper me beijando, beijo era suave e delicado, eu aparecia está nas nuvens, depois nós se afastamos para recuperar o fôlego.

 

— Barry - Adoro te interromper. - Diz com um sorriso.

 

— Eu te amo. - Eu coloco as mão no pescoço dele.

 

— Barry - Quer conhecer os meus pais?

 

— Quero.

 

(...)

 

Estavamos indo para casa do Barry, ele entrar em casa, falar pra mim entrar e vamos para cozinha.

 

— Oi gente essa é a Caitlin minha namorada e Caitlin esses são Henry e Nora meus pais.

 

 —  Eu prazer em conhece-los.

 

 — Nora - Prazer em conhece-la.

 

 — Henry - Campeão você achou uma garota bonita e educada.

 

— Barry - Valeu.

 

POV Barry.

 

 — Pai - Filho posso falar com você?

 

 — Claro, Caitlin eu vou aí falar com o meu pai e já volto.

 

 — Caitlin - Ok, Barry.

 

Eu e o meu pai subimos as escadas, vamos para o meu quarto, fecho a porta e sentamos na minha cama.

 

 - Pai - O que aconteceu entre você e a Íris?

 

— Pai, a gente terminou, porque ela começou a me mandar, só porque eu virei amigo da Caitlin.

 

— Pai - E depois você virou namorado dela né. - Falar rindo.

 

— É.

 

— Pai - Vamos descer que sua namorada está esperando.

 

Estavamos descendo as escadas quando a campainha e eu vou atender.

 

— Oi Ollie.

 

—  Oliver - Oi Bart, como está?

 

— Estou Bem, quer entrar para jantar?

 

— Oliver - Não, é que eu preciso sair com a Felicity para ir ao parque de diversões.

 

— Porque a gente não sair juntos eu, você, Caitlin e Felicity.

 

 — Oliver - É uma ótima ideia, vou ligar para ela e depois te falo.

 

 — Tchau. - Fecho a porta e vou para cozinha.

 

 — Nora - Quem era, filho?

 

— Era o Oliver, o Caitlin você quer ir comigo no parque?

 

— Caitlin - Sim, amor.

 

— Nora - Caitlin, não vai ficar para o jantar?

 

— Caitlin - Não, ficar para próxima.

 

— Caitlin me espera no carro.

 

— Caitlin - Ok.

 

— Pai - Toma aqui 5 mill para você gastar no parque.

 

 — Pai mais é muito dinheiro, valeu.

 

 O Oliver me manda mensagem dizendo que ela aceitou, eu abro a porta o vou para o meu carro, abro a porta dele, a Caitlin se senta no banco do carona e eu no do motorista, vamos para o parque.

 

Chegando lá nós vimos o Oliver e Felicity sentados em um banco, nós se aproximamos deles

 

— Oi Ollie.

 

— Felicity - Cait miga você veio. - Felicity dar um abraço na Caitlin.

 

— Oliver - Vamos aonde primeiro?

 

— Caitlin - Vamos na montanha russa, por favor? - Diz animada.

 

— Oliver - Claro.

 

Nós esperando na fila, logo depois entramos, eu e Caitlin pegamos os lugares da frente, o Oliver e Felicity se sentaram atrás da gente, carrinho começou a andar e subiu em uma parte alta e todo mundo estava espantados aí ele desceu, a Caitlin começou a gritar desesperada, eu pegue na mão dela e disse "Calma Caitlin, eu estou aqui e não vou te deixar sozinha", ela sorriu para mim e eu sorrir de voltar.

 

(...)

 

 — Caitlin - Foi muito legal.

 

 — Felicity - Foi legal mais em compensação você ficou cheia de medo.

 

 — Oliver - É mesmo. - Falar rindo.

 

 — Eu vou no tiro ao alvo, quer ir comigo Caitlin?

 

 — Caitlin - Claro.

 

 — Vai querer qual prêmio?

 

— Caitlin - Aquele uso polar de pelúcia. - Falar apontando para o urso.

 

 — Quanto é para jogar?

 

 — XXX - 5 reais mais você tem 3 tentativa.

 

 — Ok, vou querer.

 

 — XXX - Toma garoto, boa sorte.

 

Eu tinha 3 dardos para tentar 3 vezes, joguei o primeiro não acertei, joguei o segundo a mesma coisa, olhei para Caitlin, ela estava nervosa e preocupada,  jogue o último dardo e conseguir, a Caitlin ficar animada, o moço me dar o urso

 

 — Toma Caitlin isso é seu. - Falo estendendo a mão com o urso polar 

 

 — Caitlin - Obrigada, Barry. - Ela pegar urso.

 

— Vamos encontrar os outros?

 

— Caitlin - Vamos?

 

( ...)

 

 — Eu e Caitlin - Oi.

 

 — Felicity - Miga que urso grande é esse?

 

 — Caitlin - Meu lindo e maravilhoso namorado que me deu.

 

— Gente eu vou ali na lanchonete para comprar algo para nós.

 

 — Oliver - Ok.

 

Eu estava indo em direção a lanchonete mais a Íris me puxou para um canto com pouca iluminação.

 

— Íris - Oi. - Falar passando a mão no meu braço.

 

— Íris o que você está fazendo aqui? Nosso relacionamento ja terminou.

 

— Íris - Eu vim te ver, será que terminou mesmo? - Ela coloca a mão em voltar do meu pescoço e me rouba um beijo.

 

 Eu me afasto dela para recuperar meu o fôlego.

 

  — Íris para com isso aqui não por favor.

 

— Íris - Porque você está com a novata, mais você sentiu algo, não sentiu? - Fico envergonhado.

 

— Íris - Claro que sentiu, porque você ainda está com a novata?

 

 — Porque eu gosto dela e também ela não é manipuladora igual a você.

 

— Iris - Então eu sou manipuladora para você.

 

— Íris me deixa. - Falo e ela se aproxima de novo.

 

— Íris - Guarde as minha palavras. - Fala e se aproxima mais, quase juntado nossos lábios. - Vou fazer sua vida e daquela sua namoradinha, um inferno. - Fala e vai embora.

 

Quando ela vai embora, fico pensando no que ela vai fazer, ela é capaz de fazer muitas coisas terríveis, saio dos meus pensamentos, quando sinto uma mão no meu ombro.


Notas Finais


Será que o Barry ainda sente algo pela Íris?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...