História Amor quase impossível. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez, The Weeknd
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Justin Bieber
Visualizações 11
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente tomara que vocês ame.

Capítulo 1 - Minha nova familia


Essa é a minha primeira vez, depois de tanto tempo, na minha antiga cidade. Fui embora ainda criança, logo depois que o meu pai faleceu. Minha mãe veio antes para resolver algo do trabalho, e acabou se apaixonando novamente e logo se casou, agora voltamos a mora aqui.
__Selena, já está pronta para ir a escola? -Escuto ela gritando.
__Sim mãe. -Desço as escadas. -A senhora não quer que eu fica para ajudar?
__Não precisa meu amor, só vai e der o seu melhor. E não se esqueça de vim cedo para conhecer seu padrasto e seu irmão.
__Ok. -Ainda não vi nenhum dos dois, minha mãe mostrou uma foto do meu padrasto mais o meu irmão não vi nada ainda.
Dou um beijo nela antes de poder sair. Vou voltar a estudar em uma escola mista, na escola antiga só era para garotas, pois tinha medo de garotos. Agora estou um pouco nervosa.
Chego na sala de aula e olho para dentro, com imaginei, tem um monte de garotos. Tenho que fazer esse esforço pelo bem da felicidade de minha mãe. Respiro fundo e entro na sala, olho no quadro negro para saber o meu lugar, bem no meio da sala. Quando mim sento percebo que os dois lugares, uma do lado esquerdo e o outro na frente, estão vazios. Quem será que vai sentar perto de mim? 
A cadeira a esquerda é puxada, olho de canto de olho para saber quem é. Merda, um garoto.
__Sakura? -Ele estar mim chamando?
Viro e percebo que é Abel, o garoto que na minha infância foi meu amor, o que sempre mim protegeu.
__Abel?
__Isso mesmo. Não acredito que você voltou Selena. E agora somos vizinhos na sala de aula. Estou muito feliz. -Meu coração salta com essa última pronúncia.
Esculto a cadeira da frente sendo arrastada, olho para ver quem é. Pular que pariu, não acredito que seja ele, o garoto que é responsável pelo meu medo. Justin Bieber. Ele olha para mim.
__Haaa, você...! -Ele mim reconheceu, mas felizmente voltou sua atenção para os amigos.
Fico na minha cadeira escrevendo uma lista enquanto penso em Abel.

     ●Que assunto posso ter para falar com ele?
     ●O que falar pra pessoa que gosto?
     ●O que fazer? Estou tão feliz.

Sinto o caderno sento puxado da minha mão. Justin.
__O que é isso? -Ele está olhando meu caderno. -Que repugnante.
Tento pegar da sua mão, mas sem resultado. Ele vai mostrar para o Abel, igual como ele fazia quando criança.
__Deixe de atormentar a Selena, Sasuke. -É o Abel.
Ele toma o caderno das mãos de Justin, mas não olha o conteúdo escrito. Ele realmente é um príncipe, fico feliz.
Olho para frente sorrindo e vejo os olhos de Justin mim encarando. E pela minha surpresa ele chuta minha mesa.
__Eu Justin, pare! -Abel vem ao meu socorro.
__É a atitude dela que mim dá raiva. -Justin fala com tom de raiva.
Ainda bem que só o verei na escola, passar um segundo a mais com ele é um pesadelo.

__Mãe, Cheguei. -Falo quando entro em casa.
__Estou aqui dentro.
Vou pra sala e vejo ela no maior chama de romance com meu padrasto.
__Bem vou só pegar minha caixa. -Pego a mesma e sai.
Como é bom ver minha mãe amando e sendo feliz novamente. Mas quando será que vou conhecer meu irmão. Bato em alguma coisa, olho e vejo um tronco, será esse o meu irmão? Olho mais pra cima.
__Justin? -Fico tão surpresa que dou um passo para traz.
__Selena? -Ele parece mais surpreso do que eu.
__Olha, vejo que já se conhecem. -Esculto a voz de minha mãe. 
Mim viro para ela.
__É ele, o meu irmão? -Falo apontando para ele.
__Sim. -Ele vem para mas perto. -Fico feliz por os dois ser da mesma escola.
Olho para ele e depois para ela. Dou um sorriso antes de poder subir para o meu quarto, chegando lá deito na cama olhando pera o teto. Como pode, de tantas pessoas nesse mundo, logo ele ser o meu irmão. Ele não vai mim deixa em paz. Quer saber, vou resolver isso agora mesmo.
Abro um pouco a porta do seu quarto. Vejo que estar sentado na cama mim olhando. Fui descoberta rápido demais.
__O que pensa que estar fazendo?
Entro dentro do quarto sem pedir, vejo um papel na sua mão. Ele olha o papel e depois para mim, então ri com um sorriso debochado.
__O que é isso aí? 
__Isso? -Ele levanta o papel. -Uma carta que você escreveu para o Abel, e nunca enviou. -Ele dar uma pausa. -Bem nojento.
Fico gelada, como ele pode fazer isso, mexer nas minhas coisas sem permissão. Minha raiva fica a mil.
__Como você pode? -Tento mim acalmar. -Quer saber, vou suporta você pelo bem da minha mãe e do seu pai. Mas não vou perdoar você se machucar minha mãe. -Dou uma pequena pausa. -Não vou perder para você. 
Dou as costas para ele, quero sair logo dali. Mas antes de chegar na porta sinto meu braço sendo agarrado e puxado, caio em uma superfície fofa. Quando abro os meus olhos Sasuke em cima de mim, apoiado nos braços e joelhos.
__Quem pensa que é para falar assim com migo? Sabe que sou um homem e você uma mulher? Sou mais forte que você.
Tento mim soltar, mas sua força é realmente impressionante. E agora o que eu faço... Vou ser violada no meu primeiro dia de mudança. Realmente estou assustada.
__Que cara é essa? -Ele põe o rosto mas próximo do meu. -O que pensa que vou fazer... Você não faz o meu tipo! Eu te odeio,  quanto mais que você. Para sempre!
Ele sai de cima de mim sentando na cama.
__Pode sair. -Ele estar com um sorriso no rosto. -A partir de hoje vamos morar na mesma casa. Irmãzinha!
Saio correndo do quarto, indo para o meu quarto. Paro encostado na porta, com as mãos em ambos os lados do meu rosto, sinto ele quente.
Bem deixa eu fazer as apresentações. Meu nome é Selena Gomez, e a partir de hoje terei que viver com meu irmão insuportável.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...