1. Spirit Fanfics >
  2. Amor ( quase)impossível >
  3. Prólogo

História Amor ( quase)impossível - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Amor ( quase)impossível - Capítulo 1 - Prólogo

Anos atrás, quando dois herdeiros eram ainda boas crianças,suas famílias estavam aguardando decisão de uma das suas matriacas.Naquele ano,as nozes anunciavam bom tempo invernistico,onde todos deveriam reunir alimento suficiente para sobreviver durantea rigorosa estação. 

Contudo, a relação ao como o tempo, não era amistosa.Na época em que estavam projetando isso,Sabine Cheng,do Casal Cheng,era uma boa amiga para Gabriel Agreste. Já a doce Emilie de Vanily, era o amor escondido de Tom Dupain. Pelo visto, não teriam chances 

- Lorde Auguste Agreste, que fique claro que Gabriel Agreste case com Emilie de Vanily. 

- Ora velho Roland Dupain, você saberia  disto se não permitisse que seu filho, aquele desajeitado do Tom não cortejasse minha nora. 

- Ora,não me ofenda homem. Acertamos isso:Quando,se por acaso,nossos netos,um menino ou menina,primogênitos nascerem,selarao nosso acordo judicial.

- E se ambos não quiserem? Eles terão a criação que tiverem e podem por na cabeça, poderão nos dar trabalho! 

- Faça disto:Separação mediante adultério.É o mínimo! 

- Está feito nosso acordo judicial! -e apertou a mão esquerda, firmando o negócio. - Su Lang, venham comigo. 

- Maldito. Agora estou ferrado!- pensava consigo mesmo - Se eles cumprem isso,o amuleto que ambos herdarão poderá trazer equilíbrio mágico  e perderia minhas regalias ! - e pensava como ele poderia desfazer tal problema. 

Ao longe.

- Emilie ,parece que este é nosso último encontro! -lamentou Tom Dupain, com olhar esmeralda baixo 

- Infelizmente sei. Olha,toma isso para ti.

- Não! Eu quero que continue com essa caixa.Tenho a impressão  Que ela deve ficar com você e não comigo! 

- Sendo assim, agradeço. - e dão o último abraço destes

Ao Sul,não tão distante. 

- Sim Gabriel Agreste, parece que você esta noivo de outro alguém. 

- Pois é. Meu pai acertou com pais do Tom.Eu sinto muito. 

- Tudo bem.Eu juro que não vou te esquecer algum dia,quem sabe...

É também deram o forte abraço. 

- Gabriel, seu pai nos chamam! -anunciou Nathalie Sanceour, amiga e colega dele de faculdades. 

Acenam uns aos outros.Seguiriam duas vidas e suas histórias estariam traçadas por outros caminhos.Porém, um bom homem, com olhar chinês sereno,tinha pressentimento de que aquilo tudo era para algo melhor 

- Em breve,dois heróis podem ressurgir .- e saiu com passos calmos,levando um sombrinha 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...