1. Spirit Fanfics >
  2. Amor ( quase)impossível >
  3. Contado a promessa

História Amor ( quase)impossível - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Contado a promessa


A noite estava amena e escura.Não havia deveras nenhuma estrela e o silêncio cercavam por todos redores.Adrien sentia uma espécie de palpitação e desconhecia porquê daquilo.Marinette ,ao seu lado ,sentiam o mesmo e parecia nevorsa apenas por estar ali

Tudo estava mais silencioso após a festa da Chloe Borgeois. Sabine Cheng estavam esperando sua filha ao longe,ansiosamente. 

- Tom,quando acha que devíamos falar a verdade para nossa filha? - indagou ela com olhar materno de preocupação 

Ele olhou com ternura,retirou avental e abraçou. 

- Não se preocupe com futuro! Quando ela dizer dezoito,contaremos. 

- No ano novo chinês? Mas ainda estamos em Setembro! 

- Sim, será melhor assim porque este foi combinado de seu pai,lembra?

- Por certo.- e sorriu,beijando Ela 

Na limusine, ainda longe da padaria Dupain Cheng, Nathalie Sanceour contava com detalhes a história. 


- Antigamente, Roland Dupain e Auguste Agreste,por anos, tinham um acordo comercial de anos,herdados de Guillaume e Timothe,tataravô paternos deles. Deste acordo,deveriam selar um casamento entre seus herdeiros para que o acordo simbólico e judicial fosse firmado.Algo em torno de bilhões. 

Marinette e Adrien se entreolham surpresos com aqueles detalhes.Mal se conheceram e teriam toda uma vida juntas para viver.Diante disto,suas mãos, esponteamente unidas por medo.O gesto aplaudido pela kwami Tikki e rejeitado por Plagg,era indício perfeito para aquela babá do loiro. 

- Desculpa! -diziam ambos,timidamente um para outro 


- Contudo, como era de se esperar,Roland e Auguste escolheram outras pessoas,Seus pais já tinham feito suas escolhas. Então, coube a vocês essa oportunidade. 

- Como assim?-perguntou Marinette 

- Bem, Emilie Agreste e dona Sabine Cheng tinha acertado que casariam vocês quando fizessem idade suficiente,dezessete ou dezoito e terminasse seus estudos,e estivessem ao menos cursando e com casa que herdariam deles.

- Que casa? - indagou Adrien Agreste, surpreso 

- Uma que Emilie herdou do seu bisavô.Ela fica ao Sul de Paris e é tão grande quanto a sua!-Explicou a assistente pessoal do pai

Adrien Agreste notou que Marinette ficará mais desconfortável com aquela parte entristeceu.No fundo,era uma oportunidade de ficarem perto.


- Mas se eu dissesse não? - perguntou Marinette, ainda boquiaberta pela revelação 

- Bem, não é uma escolha.Para que isso fosse possível, teriam  de separar após um ano de casamento. -explicou  Nathalie Sanceour 

- E não teria outro motivo? - indagou Adrien Agreste ,buscando compreender 


- Sim.Morte ou adultério.- respondeu ela ,endireitando o óculos -Mas creio que isso não deve acontecer. Caso sim,ambos serão processados.Processos que valem até um milhão em euros, isso dependendo da circunstância! - completou Nathalie Sanceour, vendo que seu celular vibrou.

Senhorita Sanceour, 

Retorne para West Street,

A reunião acabou e a recepção fora exaustiva demais.As dez,sem falta.E não esqueça de trazer Adrien Agreste. Não se atrase e sem desculpas!

- Oh...que coisas! -exclamou ambos, quase falando palavrões 

- Ok,e se eu aceitasse? - perguntou Marinette, ainda mais tímida ,olhando novamente para baixo 


- Marie, você não é obrigada! -Adrien respondeu com olhar sereno - Não precisa fazer isso!

- Na verdade,vocês podem desfazer este acordo caso já estejam....noivos de outras pessoas. 

Ambos acharam que não poderiam defazer daquilo.Adrien até gostava de Kyoko Tsurugi, mas ela via como oponente e não como amor de sua vida.Marinette tinha uma queda por Luka Couffaine, porém ele via como a segunda irmã que amava.

Chegaram mais tarde no endereço da mestiça. Ela desembarcou triste e parecia desacreditar que está seria sorte.

- Até amanhã Adrien! -saudou ela,com sorriso gentil.


- Até amanhã,Marie! -cumprimentou ele,de volta  com beijo no dorso da mão esquerda dela

- Filha, conheceu seu noivo? - indagou Sabine

- Sim. A senhora já sabia? - questionou -Porque não me disse ?

- Preferi contar em seu aniversario! -respondeu -Pelo visto,a babá do Adrien contou aquilo. Vamos entrar para dormir!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...