História Amor rebelde - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ficção Adolescente
Visualizações 7
Palavras 1.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem❤

Capítulo 9 - Você que oque?


Fanfic / Fanfiction Amor rebelde - Capítulo 9 - Você que oque?

Jade: Aí meu deus. Tá na hora.-ela diz animada.

Sophi: Não. Só eu posso dar pitacos lembra a maluca.-nós rimos.

Olho para o lado e vejo fotos de percings e tatuagens na parede. No mesmo momento que olho para um piercing de tridente e na mesma hora me apaixono. Sem perceber digo.

Val: Quero um daquele.

Emma: Do que você tá falando?

Sophi: Não me diga que você que coloca um piercing?

Val: Eu quero-elas me olham espantada. Quero o de tridente.

Emma: Val você tem certeza? São 4furos de uma vez para colocar aquele.-ela diz meio preocupada.

Jade: Pronto. Fudeu, deu ruim na cabeça dela.-ela diz com um sorriso na cara.

Val: Eu quero e eu vou fazer. Antes que perca a coragem.

Emma: Você não precisa se não quiser.

Val: Você não disse que estou andando com os mais bate a pesada e populares de toda a escola, e que tinha que me acostumar com os estilos de vocês. Então que quero fazer isso.

Sophi: Emma você falou isso para ela?-la diz olhando para Emma e se volta para mim. Você tem certeza? Sua mãe não vai brigar com você qua do você volta para casa?

Val: Fode-se. Ela não liga mesmo para mim.

Jade: Então vamos logo porque se não vsi fechar.

QUEBRA DE TEMPO 

Depois que a Jade cortou a língua em duas foi a minha vez de entrar naquela sala. Pedir para elas entrarem comigo,apertei tanto a mão da Sophi e da Emma que acho que ficou vermelho.Kkkkk.

Sr: Foi-quando ele diz eu abro os olhos. Evita de ficar mechendo. Ê vai ficar meio vermelho por uma semana.-ele diz e se vira para a Jade. Não pode ficar mexendo a língua por um mês, se não os pontos vão sair e vou ter de recolocá-lo a sangue frio. Não coma nada sólido,só sopa. A Jade balança a cabeça e nós saímos do estúdio de tattoo.

Quando estamos voltando para casa sinto minha orelha doer para Carvalho. Tô preocupada com o Jake ele não respondeu nem uma das mensagem que mandei para ele o dia todo.

Sophi: Doeu jade?

Jade: Nem tanto. Doeu Val?- Ela pergu tá ê olha para mim.

Val: Pra Carvalho-elas riem. Como vocês conseguem fazer isso tantas vezes?

Emma: Sei lá. Mais fica lindo depois.kkkkk.

Deixamos a Jade em casa e fomos para a casa da Emma. Assim que chegamos levamos as coisas para o quarto da Emma.

Emma: Eu vou fazer essas roupas ficarem super rock punk como você diz. Boa noite.

Val: Boa noite.

Digo e saio do quarto da Emma. Quando chego no meu quarto escuto uma gritaria vinda do quarto do Jake.

*****Briga on****

Nicolas: Nós ja conversamos sobre isso Jake. Nada de brigas na escola, você sabia que quebrou o braço e o nariz daquele garoto?

Jake: Sim. Ele mereceu.

Lívia: Jake você só não foi expulso da escola porque nós pagamos o seu diretor para você ficar. Mais se você fizer mais uma merda você já era Jake.

Jake: Foda-se eu não ligo para porra nem um, seria melhor eu ter sido expulso daquela escola de merda.

Lívia: JAKE OLHA A BOCA, GAROTO.

Nicolas: Você não liga? Mais e bom comesar a ligar, porque se não vamos tirar uma coisa por vez até você ligar. Você me entendeu? Nada de brigas ou arrumar confusão.

Lívia: Promete para a mamãe que você não vai mais arrumar briga.

Jake: Prometo mãe.

Lívia: Boa noite.

*****Briga off***** 

Ouso a porta do quarto de fechando. Preciso ir falar com ele, mais acho que agora não é uma boa hora. Tomo meu banho fasso minhas higiene e ponho meu pijama do AC/DC. Me deito na cama e fecho os olhos para dormir. Não dá preciso falar com ele. Me levanto da cama e vou até o quarto dele e bato na porta.

Jake: Sai Emma, não quero falar com você.-abro a porta e me deparo com ele deitado na cama sem camisa,com o computador no colo e fone de ouvido.

Val: Não é a Emma.-eu digo é ele fecha o computador e tira o fone e os coloca no chão. Posso entrar?

Jake: Entra aí.-ele diz e eu entro e me sento ao seu lado.

Val: Eu tinha acabado de voltar da escola cheia de tinta,porque tinham feito uma "brincadeira"comigo de jogar tinta. Minha mãe tá em casa com um cara que eu nunca tinha visto antes e aí entendi o trabalho dela. Fui até o quarto do meu irmão para falar com ele, quando abri a porta do quarto ele tava comendo uma garota e olhou para mim é disse 'que se juntar a nós?' Lembro como se fosse ontem, meu corpo gelou na hora e eu saí correndo para o meu quarto, tinha uma tesoura dentro da minha mochila não pensei duas vezes,fiz um corte em cada braço depois mais 2 e aí chegou a isso. Meu pai chegou em casa e me levou para o hospital. Ele sempre cuidou de mim, era o único que se importava comigo.-digo meu triste Jake pega meu rosto com a mão e me força a olhar para ele.

Jake: Eu tô aqui e vou cuidar de você. Você também tem a Emma,Sophi, Jade e até os meninos. Nós faríamos de tudo por você-ela diz fazendo carinho na minha bochecha. Oque é isso? A Emma te obrigou a fazer isso?

Val: Não-respondo rapidamente. Eu que quis, ficou bom?

Jake: Você não precisava fazer nada. Você já era perfeita antes, mais ficou incrível.

Eu sorrio e ele me beija eu sento no colo dele e passo a mão ao redor da sua nuca. Eu paro de beija-lo e encostamos as testas. 

Val: Me desculpa por te feito você brigar com seus pais.

Jake: Não foi sua culpa. Eu iria arrebentar o Theo um dia mesmo.-ele diz dando uma risada.

Val: Você quebrou mesmo o braço e o nariz dele?- ele afasta a testa da minha e me olha.

Jake: Sim. Ele mexeu no que é meu.

 Ele me beija devagar e vai acelerando, oque me faz ter frio na barriga. Ele começa a explorar a minha boca com sua língua. Ele tira a minha blusa e a joga no chão. Eu me deito na cama e ele fica sobre mim começou a beijar o meu pescoço. Ele passa a mão ao redor da minha cintura e começa a beijar no meio do meu peito descendo para o meu umbigo,oque me faz estremecer. Ele abre o meu sutiã e começou a chupar meu peito direito e depois o esquerdo. Ele volta para mimha boca e começa a beijala, ele escorrega a mão por dentro do meu short, eu gemo entre os beijos. Ele tira meu short junto com a calcinha e abre minha perna e começa a chupar minha intimidade fazendo correr um turbilhão de sensações no meu corpo que eu nunca havia sentido antes.

Jake: Você tá bem? Se quiser podemos parar.-ele diz se ajuelhando na cama.

Val: Me fode. Agora!!!!

Ele sorri e tira a calça, quando vejo ele já está de pau duro,sento na cama e começo a fazer movimentos de vai e vem no seu "amiguinho" lá de baixo, ele geme e abre um pacote de camisinha. Ele a coloca no lugar e se senta na cama eu me sento no colo dele.

Ele me penetrou devagar e depois começou a acelerar. O que faz nós dois gemer, passo as mãos ao redor da sua nuca e começo a beija-lo. Nós encostados as testa e ficamos só parados olhando um para o outro.

Jake: Você tem certeza de que foi a sua primeira vez?- Ele diz meio rindo.

Val: Foi bom?

Jake: Melhor impossível-ele faz carinho na minha bochecha. E para você?

Val: O melhor da minha vida.

Jake: Que bom. Espera você disse que foi a sua primeira....você me enganou.

Eu saio de cima dele e deito na cama ele me abraça e me faz cafuné.

Val: Melhor noite da minha vida.-eu sorriu.

Jake: Pode se acostumar com isso então.-acabo acontecendo.

Continua❤

 


Notas Finais


Nossa super top.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...