1. Spirit Fanfics >
  2. Amor Reencarnado >
  3. 2 Capítulo

História Amor Reencarnado - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - 2 Capítulo


Ailuj: Foi um pedido de sua mãe, ela falou que eu deveria te encontrar quando estivesse mais velho, ela me mostrou que nos dois iríamos conseguir trazer a paz nós dois reinos so não sei como... (Olha para o chão triste).


Jonatas: Nós vamos conseguir só precisamos descobrir... Vamos sair para tirar um pouco disso da cabeça?


Ailuj: Está bem, vamos! (Fala indo para a porta).


Jonatas: pera aí, você não pode ir assim! (Fala apontando para a roupa que está usando).


Ailuj: Pq não, está feia? (Fala olhando para roupa).


Jonatas: E que você precisa de roupas normais, Acho que tem roupas da minha mãe no meu quarto, vamos lá! (Fala puxando a mão de Ailuj).


Ailuj: A-acho melhor não... (Mas ele nem escuto).                                        *Você com certeza puxou a gentileza dela!*


Eles vão para o quarto e ele começa a procurar a caixa com as roupas da mãe dele.


Jonatas: Aqui, essa está boa, e uma calça preta e uma blusa branca com corações roxos, mas acho que não vai dar!


Ailuj: Me da ela aqui (Fala pegando as roupas da mão dele).


Ailuj começa a fazer movimentos em círculos e a roupa começa a ficar pequena.


Ailuj: Pronto está do meu tamanho!


Jonatas: Como vc consegue fazer isso? Depois quero aprender também! (Da uma sorriso).


Ailuj: E só você pensa o que você quer, eu vou te ensinar depois.


Ailuj começa a tirar o vestido ficando de calcinha e sutiã.


Jonatas: O-ou você não pode ficar assim na frente dos homens não! (Fala com a mão nos olhos).


Ailuj: Pq não?


Jonatas: Pq e muito íntimo ficar assim, veste logo essa roupa menina.


Ailuj: Tá tá (Fala colocando as roupas) pronto, como estou?


Jonatas: Esta muito bonita, você precisa de sapatos também (Pega um tênis da caixa) esse serve, pode calçar!


Ailuj: Como eu coloco isso? (Fala tentando colocar na mão).


Jonatas: Hahahaha, não e aí não e no pé, pode deixar que eu coloco senta na cama.


Ailuj: Ata... (Senta na cama e ele fica sentado no chão colocando os tênis).


Jonatas: Agora eu sei pq sempre o papai calçava os sapatos na minha mãe e ficava rindo dela... (Dá um sorriso).


Jonatas olha para cara de Ailuj e vê que ela está com uma cara estranha e com os cabelos bagunçados.


Jonatas: Pronto, vamos arrumar seu cabelo também? (Fala pegando uma escova em cima da mesa).


Ailuj: Sim... (Senta de um jeito que dá para ele pentear o cabelo).


Jonatas: Eu costumava fazer isso com os cabelos da minha mãe, eles eram negros como carvão...


Ailuj: Eles eram muito lindos... (Olha para a mão dela).


Jonatas: Sim... Todos os Luart tem cabelos brancos e enormes?


Ailuj: Não, sou só eu que tenho, eles tem cabelos vermelhos e são geralmente curtos!


Jonatas: Pq os seus são brancos e tão longos? (Termina de pentealos).


Ailuj: Sua mãe deixou eles assim, antes de eu nascer ela deu um beijo na barriga da minha mãe, e parece que foi por isso que eles ficaram brancos e tão longos.


Jonatas: Que legal, mas nós não éramos rivais?


Ailuj: Nessa época não, nossas famílias eram unidas.


Jonatas: Pq elas se desentenderam?


Ailuj: Isso eu não sei, acho que foi por causa de uma profecia, mas nunca me contaram...


Jonatas: Entendi... Vamos? (Fala se levantando).


Ailuj: Sim...(Ela se levanta e eles vão para a porta) você vai assim?


Jonatas: Assim como? (Ele olha para a roupa e vê que está de pijama) Hahahaha eu vou me trocar (Vai para o quarto e volta) Pronto, podemos ir!


Ailuj: Tá bem! (Da um sorriso).


Os dois vão andando pela rua e Jonatas tem a ideia de ir em uma sorveteria para Ailuj experimentar um sorvete.


Jonatas: E aqui a sorveteria, você vai querer que sabor?


Ailuj: Sabor? Eu quero roxo e azul (Fica olhando as colheres coloridas)


Jonatas: Tá bem...

*Realmente ela não sabe de nada sobre a Terra*


Ailuj Ouuuu, eu escutei (Faz cara de brava e vai sentar na cadeira).


Jonatas: O-oi...

*Ela consegue ler mentes, foi por isso que ela descobriu o que a Lisa tava querendo fazer!*


Jonatas pega o sorvete da Ailuj Uva e Blue-Ice ele também pega os mesmos sabores de sorvete, e vão para uma praça que tem perto da sorveteria.


Jonatas: Pode comer, e um pouco gelado tá! (Coloca uma colher na boca).


Ailuj: Tá bem! (Ailuj coloca uma colher cheia na boca e ela acaba congelando o cérebro) AIAIAIAI CONGELOOOOOOO.


Jonatas: HAHAHAHAHA, não pode enfiar tudo na boca não, maluca.


Ailuj: Eu percebi... (Fala se tremendo).


Jonatas: Você gostou?


Ailuj: Sim, e um sabor doce com gelado e muito bom!


Jonatas: Que bom (Da um sorriso).


Eles terminam de comer os sorvetes e voltam para casa, Ailuj fica sentada na cadeira da cozinha enquanto Jonatas está fazendo almoço para os dois.


Jonatas: Hoje de manhã quando a Lisa fez aquilo... Quando vc colocou a mão no meu rosto eu vi o que ela falou e o que ela tava fazendo no computador, como vc fez aquilo? (Fala mechendo na panela que está com comida).

Ailuj: E só você encosta na pessoa que vc quer que veja suas memórias, eu queria que você visse o que ela estava fazendo então era só eu encostar em você (Da um sorriso).


Jonatas: Entendi, depois quando a gente terminar de comer a gente pode treinar para ver se eu consigo fazer isso também? (Junta as mãos pedindo para Ailuj ensinalo).



Ailuj: Claro! (Da um sorriso).


Eles comem a comida e esperam um pouco até começarem a praticar, eles vão para parte de trás da casa já que tem um bom espaço.

Ailuj:Vamos começar, tira os sapatos e senta do chão.(Ele faz o que ela mandou sentando na frente dela) Pense em um momento que te marcou muito e encoste sua mão em mim, tudo bem?


Jonatas: Tudo bem, eu vou tentar!
Jonatas fecha os olhos e começa a pensa em um momento que marcou a vida dele, ele estica sua mão e coloca ela no ombro da Ailuj, Jonatas e Ailuj começam a ver o momento que Jonatas quis mostrar, eles estão vendo o meteoro passando pelo céu e na manhã seguinte Ailuj dormindo no chão, Jonatas então tira a mão do ombro da Ailuj.


Ailuj: Para uma primeira vez foi muito bom! (Da um sorriso).


Jonatas: Também com uma professora como você.


Ailuj: Que isso, eu não fiz nada foi só você.


Jonatas: Se você não tivesse aparecido eu não teria conseguido fazer isso, obg por me contar um pouco sobre minha mãe e meu pai... (Jonatas se estica para dar um abraço na Ailuj e dorme no ombro dela).


Ailuj: Por nada meu príncipe...


Ailuj coloca a cabeça de Jonatas nas pernas dela com cuidado para não acordalo e se escosta na parede e ela fica passando a mão no cabelo dele, até ela também cair no sono, e eles dois ficam dormindo ali juntinhos.


Depois de algumas horas já e de noite e Jonatas acorda e vê que está com a cabeça nas pernas da Ailuj, então ele fica olhando pra ela e coloca a mão na bochecha dela, mas quando ele faz isso ele consegue ver uma memória da Ailuj e ela estava com uma armadura de prata, com uma espada e escudo e com os olhos cheios de ódio e raiva, então ele tira a mão da bochecha e ela acorda.


Ailuj: Jonatas... Oque você viu? (Fala com os olhos cheios de água).


Jonatas: Você com uma armadura de prata (Fala se levantando e sentando do lado dela).


Ailuj: Pq você... (Ela coloca as mãos na cara e começa a chorar).


Jonatas: Pq está chorando?


Ela não responde então ele da um abraço nela e ela aceita o abraço, ele não solta ela enquanto ela não para de chora.


Jonatas: Está melhor? (Fala enxugando as lágrimas no rosto dela).


Ailuj: Agora sim, vamos entrar?


Jonatas: Claro, depois você me conta pq chorou?


Ailuj: Um dia sim...


Jonatas ajuda Ailuj se levanta e os dois entra para casa.


Ailuj: Eu posso tomar banho?


Jonatas: O banheiro fica ali (Fala apontando para a porta do banheiro).


Ailuj: Tive uma ideia, você vai fazer minha roupa para dormir! (Da um sorriso).


Jonatas: E-eu mas eu não sei fazer isso.


Ailuj: Você vai aprender agora, você tem algum pano que nos podemos usar?


Jonatas: Tenho! (Jonatas vai no quarto e busca um pano de tecido de sua mãe e volta) Aqui! (fala entregando pra ela).


Ailuj: Pode ficar, agora imagina o jeito que você quer a roupa e a cor também.


Jonatas: Eu acho que não consigo fazer isso não.


Ailuj: Como vai saber se não tentar, vai você vai conseguir!


Jonatas faz sim com a cabeça e fecha os olhos e então o tecido começa a se transforma em uma camisola de cor preta com algumas partes brancas e uma calcinha preta.


Ailuj: Aeeee, você conseguiu! (Sai correndo e da um abraço nele).


Jonatas: S-sim (retribuí o abraço dela e entrega para ela a camisola e a calcinha) quer ajuda para ligar o chuveiro?


Ailuj: Sim, seja lá o que for isso.
Jonatas e Ailuj vão para o banheiro e ele ensina ela a ligar ele e mexer na banheira também.


Ailuj: Pode me ajudar a tomar banho na banheira? (Fala envergonhada).


Jonatas: T-ta bem.


Jonatas se vira para a parede e Ailuj tira a roupa e entra na banheira e vira de costas para Jonatas.


Ailuj: Pronto, pode virar!


Jonatas: Ta bem! (pega o sabão e começa a passar nas costas da Ailuj).


Ailuj: Jonatas quando seus pais faleceram você ficou sozinho ou alguém cuidou de você?


Jonatas: Eu fiquei sozinho ninguém cuidava de mim, minha mãe me ensinou como me cuidar anter de falecer.


Ailuj: Quantos anos você tinha quando eles faleceram?


Jonatas: 14 anos.


Ailuj: Que pena, eu tinha 16... (Fala olhando para água).


Jonatas: E você?


Ailuj:Eu o que?


Jonatas: Você tem seus pais, eles cuidam de vocês?


Ailuj: Eu sempre fui sozinha, eles eram ocupados demais para cuidar de mim.

Jonatas: Parece que somos um pouco parecidos... (Da um sorriso).


Ailuj: Sim...


Jonatas: Terminei, vou fazer o jantar!


Ailuj: Tá bem!


Jonatas sai do banheiro e vai para a cozinha fazer o jantar e Ailuj termina de tomar banho e se seca vestido a camisola e a calcinha que Jonatas fez.


Ailuj: Como estou? (Fala fazendo uma posse engraçada).


Jonatas: Engraçada, Hahahaha.


Ailuj: Hahahaha, oq você tá fazendo?


Jonatas: Macarrão com carne.


Ailuj: E gostoso?


Jonatas: Sim e ótimo!


Ailuj: Eu quero provar!


Jonatas: Vem cá, vou te ensinar a fazer.


Ailuj: Não não, eu não sei fazer isso não.


Jonatas: Você está me ajudando a usar meus poderes o mínimo que eu posso fazer e te ajudar a fazer comida.


Ailuj: Tá bem então!


Ailuj vai para perto do Jonatas e presta atenção como e para fazer o macarrão, então eles começam a fazer.


Ailuj: E assim que e pra colocar o macarrão?


Jonatas: Não e com ele pra cima.


Ailuj: Assim?(Coloca de outro jeito).


Jonatas: Sim!


Ailuj coloca o macarrão e fica olhando ele ficar mole que nem uma minhoca.


Jonatas: Agora desliga o fogo e vira o macarrão naquela panela cheia de buraquinho na pia.


Ailuj:O que e pia... Ata lembrei... (Coloca o macarrão na panela cheia de buraquinho) Pronto! (Da um sorriso).


Jonatas: Você foi muito bem, agora pega os pratos e coloca eles na mesa.


Ailuj: Tá bem.


Ailuj vai até onde tem os pratos e pega dois pratos, mais acaba deixando um cair e acaba cortando o braço.


Ailuj: Aiiii (Fala colocando o prato na mesa).


Jonatas: O que aconteceu Ailuj? (Fala desligado a panela com a carne e indo até ela).


Ailuj: Eu me cortei com o prato quebrado.


Jonatas: Vamos no banheiro vou limpar seu corte.
*Era o prato da minha mãe... Deixa pra lá*


Eles vão no banheiro e Jonatas limpa o corte no braço da Ailuj com um pouco de água, e leva ela para a sala, e foi buscar um remédio para passar no corte.


Ailuj: Não gasta isso, eu me recupero rápido de ferimentos... (Fala se levantando).


Jonatas: Pode ficar sentadinha aí, você vai passar sim!


Ailuj faz um bico e se senta de novo, e Jonatas começa a passar o remédio no corte.

Ailuj: Aiiiiii, ardeu!


Jonatas: Hahahaha.


Ailuj: Você ri né, você e muito ruim senhor Jonatas.


Jonatas: Doida fica quieta, pronto terminei de passar, e nem foi tão ruim assim!


Ailuj: Diga isso pra você (Fala olhando para o corte).


Jonatas: Vamos para a cozinha, e hora de prova seu macarrão.


Ailuj: Espero que depois disso tenha ficado bom pelo menos.


Jonatas: Hahahaha.


Eles vão para cozinha e Jonatas pega outro prato e coloca o macarrão com a carne por cima, e Ailuj pega os pedacinhos de vidro do prato e coloca eles em cima da mesa, então eles começam a juntar um no outro e o prato fica inteiro de novo.


Ailuj: Não posso quebrar o prato de uma rainha... (Da um sorriso pra ele).


Jonatas: Jamais... (Da um sorriso).


Os dois vão para a mesa e começam a comer o macarrão.


Ailuj: E muito gostoso! (Fala colocando o garfo na boca).


Jonatas: Seu macarrão ficou ótimo!



Ailuj: Obg, sua carne também!


Jonatas: Obg.


Eles terminam de comer e Jonatas lava os pratos e Ailuj seca eles e coloca eles na prateleira e vão para sala.


Jonatas: Como vamos fazer para dormir, só tem uma cama.


Ailuj: Não me importo de dormimos na mesma cama.


Jonatas: T-tem certeza?


Ailuj: Sim, vai tomar seu banho logo.


Jonatas: Vou tomar, vou so pegar uma roupa.


Jonatas vai para o quarto e pega uma bermuda e uma blusa e uma cueca e vai para o banheiro, e Ailuj vai para o quarto e fica andando nele e acha um livro, então ela senta na cama e fica olhando o livro, então Jonatas chega no quarto e senta na cama do lado da Ailuj.


Ailuj: E um livro?


Jonatas: Sim, onde você morava tinha?


Ailuj: Sim, era como eu sabia das coisas... Você pode ler para mim? (Fala chegando perto dele).


Jonatas: C-claro!


Jonatas começa a ler o livro e Ailuj acaba caindo no sono no ombro dele, ele deita ela na cama, cobre ela e deita do lado dela, e fica olhando para o rosto dela.


Jonatas: Você está me encantado...


Tira um fio de cabelo branco da cara dela e segura a mão dela, e acaba dormindo.


CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...