História Amor Sagrado - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Sting Eucliffe
Tags Fairy Tail, Nalu, Stincy, Stinglu, Stingxlucy, Stinlu
Visualizações 39
Palavras 2.461
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Arrependimento


No último episódio de amor sagrado:

Lucy - Agora vamos é despachar isto para nunca mais ver a tua cara! Diz Lucy andando em direção ao rio sem olhar para trás, deixando um loiro sem razões para poder viver. Os olhos de Sting naquele dia brilharam de uma cor diferente, já não eram os seus magníficos olhos azuis, mas sim uns olhos acinzentados. Olhos que demostravam que o mesmo... já não queria viver mais.

___________________________________________________________________________

Lucy P.O.V

Ai que raiva!!! Lucy baka!!! Porque foste dizer aquelas coisas a ele!!! Não era para ter exagerado tanto... eu não queria magoar os seus sentimentos... e agora o que eu faço?! Será que ele vai conseguir me perdoar... quer dizer... eu também o perdoei na outra vez, portanto a obrigação dele é me perdoar...  certo? 

É melhor eu ficar á espera dele e pedir logo desculpa... é verdade que ele não deveria ter dito nada ao Natsu sobre nós mas aquilo que eu disse de não ter significado nada foi mentira... desde que ele começou a fazer parte da minha vida eu não consigo pensar nele... eu já nem consigo imaginar não o ter ao meu lado... e-espera, então o que o Natsu disse era verdade!!! A pessoa que na verdade eu amava era o-o S-Sting?! Como é que eu me apaixonei por ele tão rápido???!!! E-Eu a-amo o Sting!!! A-Ai não e agora!!! E-E s-se ele me odiar e não me quiser mais ver! Não isso não, tudo menos isso! Diz Lucy começando a ficar desesperada e voltando para trás rapidamente, pedindo aos deuses que o loiro a perdoa-se.

Lucy - Sting!!! Onde é que estás?! Sting?! Por favor perdoa-me eu não queria dizer aquelas coisas!!! Diz Lucy gritando para que Sting a possa ouvir.

Lucy ficando ainda mais desesperada vendo que não achava o loiro resolveu chamar dois dos seus espíritos para a ajudar a encontra-lo.

Lucy - Abre-te portão da empregada, Virgo!!! Abre-te portão dos Gémeos, Gemini!!! Diz Lucy invocando os seus espíritos celestiais fazendo com que duas luzes começassem a aparecer.

Virgo - Chamou-nos Hime-sama? Pergunta Virgo fazendo uma leve reverência.

Gemini - Piri Piri o que deseja Lucy-sama? Perguntam Gemi e Mini ao mesmo tempo voando ao lado dela.

Lucy - Preciso que encontrem o Sting rapidamente! Se o encontrarem avisem-me! E digam a ele para não sair do sítio onde ele está, o-ou então digam-lhe para vir com vocês até a mim! E digam-lhe que eu peço imensa desculpa e-e qu-que eu n-não queria dizer aquelas c-coisas e-

Virgo - Não digas mais Hime, já percebemos o que temos a fazer.

Gemini - Não te preocupes Lucy-sama piri piri nós iremos encontra-lo. Dizem Gemi e Mini transformando-se em um falcão.

Lucy - O-Obrigado pessoal, eu continuarei a procurar no rio, talvez ele possa ter ido para lá.

Então Gemini começa a levantar voo para procurar Sting pelos céus, mas já Virgo preocupada decide perguntar uma coisa antes de ir também á procura do loiro.

 Virgo - Hime-sama talvez seja melhor eu ficar consigo. 

Lucy - Não Virgo, eu fico bem não te preocupes! Por favor vai também á procura do Sting.

Virgo - Como desejar Hime-sama. Diz Virgo cavando um buraco no solo e começando á procura do Sting.

Lucy sem mais demoras começou a correr em direção do rio, ela já nem se lembrava da missão, ela agora dava mais importância em encontrar o loiro pelo o qual estava apaixonada. Ela corria o mais depressa que podia, corria e corria, até mesmo tropeçou numa pedra e caiu de caras no chão mas mesmo assim ela continuou a correr até achar o rio que Sting falara. O rio era bastante bonito, a água era tão cristalina que até se podia ver o fundo do mesmo. Vários animais estavam a usufruir daquela pura água, flores azuis, brancas e amarelas rodeavam a beira do rio. 

Lucy - Sting! Sting estás aqui?! Por favor responde-me se tiveres aqui! E-Eu não queria ter dito  aquelas coisas, e-eu fui muito cruel contigo! E-Eu percebo que não me queiras ver mais, m-mas por favor volta para o meu lado! E-Eu apercebi-me que te amo Sting! Eu amo-te! Lucy dissera aquelas palavras com tanta força que precisou de alguns segundos para recuperar o ar dos seus pulmões. Ela começara a ouvir passos lentos, pensava que era Sting mas na verdade quando ela se apercebeu quem era, o coração dela começou a falhar algumas batidas(no mau sentido), aquela pessoa a poucos metros dela era nem mais nem menos que o mago negro Zeref, as flores á volta do rio começaram a morrer e a água do rio  ficou negra como o petróleo.

Zeref - Lucy Heartfilia, é um prazer conhecer-te pessoalmente, finalmente nos encontramos. O moreno irradiava uma aura demoníaca fazendo com que Lucy se afastara um pouco.

Lucy - Z-Zeref, o-o que queres de mim?! Pergunta Lucy tremendo de medo.

Zeref - Nada de mais apenas te quero fora do meu caminho e para isso preciso que morras. Mas dar-te-ei uma chance de defenderes-te, dou-te 10 minutos para tentares derrotar-me.

Lucy não sabia o que fazer ou o que dizer, ela estava bastante aterrorizada, ela sabia perfeitamente que ela não tinha quaisquer das hipóteses contra Zeref, sabia que aquilo não passava de um jogo para ele. Ela pensou em usar a lácrima de comunicação para pedir ajuda, mas para isso ela tinha de o distrair.

Lucy -  Abre-te portal do leão, Loki!!! Uma luz dourada começou a aparecer do chão, fazendo com que um rapaz com os cabelos alaranjados aparece-se.

Loki - Chamaste-me Lucy? E que magia é esta que eu sin- mas o que raios!!! Lucy temos de sair imediatamente daqui! Diz Loki apercebendo-se da situação e metendo-se á frente da sua amiga.

Lucy - E-Eu sei Loki, mas não temos outra opção... 

Loki - O que queres dizer com isso, só temos de correr o mais rápido que pudermos! 

Lucy - Fala baixo! Loki tu sabes que nós nunca conseguiríamos fugir dele, nós temos de o distrair para que eu possa comunicar aos outros a nossa localização, só assim teremos chance de o derrotar!

Loki - Não gosto nada desse plano... mas tudo bem, como vamos fazer isso então? Não é como se ele fosse-nos dar essa abertura.

Lucy - Na verdade ele disse que nós tínhamos 10 minutos para o tentar derrotar, temos de ser rápidos, Loki quando eu disser tu usas o teu regulos impact nele enquanto eu uso o urano metria pelas costas dele, e depois usas o teu poder para tentar o cegar durante alguns segundos.

Loki - Mas Lucy tu não irás aguantar! Tu já tens 3 portões abertos ao mesmo tempo, se usares o urano metria não te vais conseguir mover nem usar magia durante bastante tempo!

 Lucy - Loki não temos tempo para pensar nisso agora! Temos de agir rapidamente! Ao meu sinal, está bem? Pergunta Lucy determinada.

Loki - Tsk, está bem! 

Zeref - Então não me digam que nem aproveitam a chance que vos estou a dar. Diz Zeref com uma cara aborrecida. 

Lucy - Se queres uma luta... então vais tê-la Zeref! Loki cobre-me! 

Loki então corre em direção a Zeref já com as suas mãos repletas de luz, o espírito celestial no momento em que chegou perto dele tentou desferir vários socos, mas Zeref simplesmente esquivava-se facilmente dos golpes do espírito, como se não fosse nada. Ao mesmo tempo Zeref ria-se da tentativa desprezível dos seus inimigos de o derrotar, enquanto isso a maga celestial já recitava o seu feitiço atrás de Zeref. O mago negro não notando isso, continuou a desviar-se dos golpes do espirito celestial, já o mesmo apenas esperava o sinal da sua mestra para conseguirem pedir ajuda.

Lucy - Clame aos Céus, Abra os céus...
Todas as estrelas, e imensidão...
Mostra-me a tua aparência...
Com todo o seu brilho...
Oh Tetrabiblos, eu sou o governante das estrelas...
Meu aspecto é a perfeição...
Abra-te portão selvagem .
88 Estrelas dos céu...
Brilhem!
Urano Metria! Loki Agora!

Loki - Regulos impact!

___________________________________________________________________________

Ao mesmo tempo... 

___________________________________________________________________________

Sting P.O.V

Isto é o que se dá ao apaixonar-se por alguém... ama-mos aquela pessoa como nunca ama-mos ninguém, e o que recebemos em troca? Um amor não correspondido... ainda por cima ela odeia-me, nem sei se consigo falar ou olhar para ela... se calhar se ela não fosse minha parceira eu ainda podia ser feliz, mas não...  tinha de ser ela, tinha de ser logo uma pessoa que já estava apaixonada por um dragon slayer que não fosse eu, logo ela... porquê... porquê que eu não podia ser ele. Ela tem razão... se eu morresse ninguém iria sentir a minha falta... nem homem ela me considera... se eu fosse mais inteligente e mais forte talvez ainda tivesse uma chance... se eu fosse como o Natsu.

Lágrimas escorriam pelos os olhos acinzentados de Sting, aquela rejeição tinha o deixado completamente fora de si. Pensamentos negativos rondavam a cabeça do loiro sempre que podiam, ele dizia para ele mesmo as palavras que a sua princesa lhe tinha dito. O coração completamente quebrado continuava a doer como nunca, o corpo tremia tanto que o mesmo não o conseguia mais controlar. A sua visão ficava cada vez mais desfocada quanto mais chorava, os olhos cada vez mais escuros diziam que o mesmo estava prestes a fazer uma loucura. Ele não conseguia aguentar mais aquela dor insuportável, ele queria acabar com aquilo naquele momento... mas... algo lhe dizia para não o fazer... algo lhe dizia para continuar a viver... algo lhe dizia para continuar a lutar pelo o amor da sua loira. Foi então que Sting se lembrara do sonho que tivera na noite anterior e a sua promessa. Ele prometera a Lucy e a si que seria o melhor pai do mundo, o loiro lembrava-se cada detalhe do seu sonho... era como se alguém o estivesse avisando para não desistir daquele sonho, para não desistir da sua família... 

??? - Mestre Sting? Finalmente pude encontrá-lo.

Sting ao notar que alguém estava a falar com ele limpou rapidamente as lágrimas e levantou a cabeça, ele conhecia aquela pessoa, só que já não se lembrava do nome dela.

Sting - Quem és tu?

Virgo - Chamo-me Virgo e sou um dos espíritos celestiais de Lucy-sama.

Sting - E o que queres! Diz a ela que não me chateei mais! Já entendi que ela não quer nada comigo! Não preciso da pena dela para nada! Diz Sting com raiva e levantando-se do tronco que estava sentado.

Virgo - Mestre acho que você levou as palavras de Hime-sama demasiado a sério.

Sting - E como não levaria! Ela simplesmente me rejeitou na pior forma possível, e qual é essa de me chamares Mestre?! 

Virgo - Eu estou a chamar-lhe de Mestre porque quando a Hime-sama e o mestre se casarem o mestre terá também um contrato connosco. 

Sting - C-Casar! E-Eu acabei d-de dizer que e-ela rejeitou-me! Diz Sting irritado mas corando ao mesmo tempo.

Virgo - Mais uma vez repito Mestre... a Hime-sama disse aquilo sem intenção.

Sting - Sem intenção dizes tu... para mim... aquilo tudo o que ela disse me magoou a sério.

Virgo - Mestre acredite em mim, foi a própria Hime-sama que me disse para encontrá-lo e para lhe pedir desculpas.

Sting - Se ela tivesse mesmo arrependida era ela quem deveria estar aqui! Grita Sting furioso.

Virgo - Sim eu sei, mas não se esqueça que Hime-sama não sabia onde o senhor estava e ela como estava desesperada para encontrá-lo pediu a mim e a mais um espírito para o encontrar e levá-lo até ela para que a mesma possa lhe pedir desculpa.

Sting - E para quê! Já disse, eu já não quero saber dela! Ela humilhou-me e rejeitou-me! Porque raios eu aceitaria as desculpas dela!

Virgo - Porque sei que lá no fundo o Mestre ainda a ama, e eu penso que o Mestre não irá desistir assim tão facilmente, estou correta? Quando Virgo dissera aquilo Sting começou a lembrar-se do sonho que tivera naquela noite, ele tinha uma família com a sua princesa, ele queria aquilo, ele queria ser um bom pai, ele queria ser um bom marido.

Sting - ... Não... eu nunca irei desistir dela... mas talvez seja melhor dar um tempo, nós também ainda somos novos... temos toda a eternidade para ficarmos juntos. 

Virgo - Tem a certeza que quer dar um tempo?... E se alguém- 

Sting - Se alguém tentar cortejar com ela, essa pessoa morrerá logo no dia a seguir. Diz Sting dando um sorriso para a Virgo, fazendo com que a mesma tenho um calafrio pois para ela aquilo era mais um sorriso de psicopata. 

Virgo - Certo... tudo bem Mestre, agora levarei o senhor até a Hime. 

Sting - Certo... Virgo? Tu achas que dar um tempo é a decisão correta? Diz Sting começando a andar com Virgo para encontrar a Lucy.

Virgo - Sinceramente Mestre, acho que essa decisão vai afetar imenso a Hime... 

Sting - Achas que sim... mas assim eu dava-lhe mais tempo para aclarar os seus sentimentos... 

Virgo - Como eu já disse a Hime já sabe de quem gosta... 

Sting - Do Natsu... 

Virgo - Não, ela ama o mestre, ela apenas agiu daquela forma porque ela ainda não se tinha apercebido que ela o amava, e digo-lhe isto... tanto eu como gemini nos apercebemos que a Hime se preocupa imenso com o senhor.

Sting - ... Muito bem... já me decidi completamente! Vou ganhar o coração da minha princesa nem que me leve a vida toda! Diz Sting decidido e determinado em conquistar a sua princesa.

Virgo - Ainda bem que chegou a uma boa conclusão Mestre, a Hime ficará bastan- nesse momento Virgo começa a desaparecer, a mesma fica confusa pois ela sentia que a magia da sua mestra estava completamente esgotada.

Virgo - Mestre Sting encontre a Hime rapidamente!. Diz virgo antes de desaparecer completamente.

Sting - Virgo?! O que se passa?! O que aconteceu com a Minha Lucy?! Grita Sting com uma grande ira no seu coração, a mulher que ele amava estava em perigo e isso o deixava furioso. Asas brancas começaram a aparecer nas suas costas, os caninos dele estavam mais afiados do que antes, havia cada vez mais escamas brancas a aparecerem no seu corpo.

Sting -  LUCY!!!! E com este último grito o loiro começou a voar em direção á sua princesa. O mesmo começou a sentir como cada vez mais a magia da sua mulher ia desaparecendo, mas ao pé da magia dela existia uma magia bastante forte, uma como nunca ele tinha sentido mas ele sabia bem a quem pertencia esta magia.

Sting - ZEREF EU VOU TE MATAR!!!

 


Notas Finais


Oi minma pedimos desculpas pela demora e esperemos que tenham gostado deste capítulo!
Até á próxima!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...