1. Spirit Fanfics >
  2. Amor Selvagem: O Confronto Final >
  3. Prologo

História Amor Selvagem: O Confronto Final - Capítulo 1


Escrita por: gellmertz

Notas do Autor


E está começando...

Capítulo 1 - Prologo


Tinha se passado cerca de 1 mês e ate agora eu sentia apenas algo se mexendo em minha barriga, mas ela não tinha crescido nenhum centímetros. Estava eu, o Maicon, o Yuri, o Henry e a Bea caminhando na floresta. Depois da morte do Jossi e o Maicon foi aceito como Príncipe novamente da alcateia dele, mas ele não quis deixar nenhum lobo preso a ele, deu liberdade a todos, que não foram embora, cada um queria ficar próximo ao Maicon caso ele precisasse de ajuda. Mas o nosso problema sempre foi o Jossi, e espero que não apareça nada igual a ele em nossas vidas. A Amanda tinha saído em tal de missão secreta que ela não podia contar. Segundo ela precisava visitar uma amiga, chamada Sabrina, que ficava numa cidade do interior. Ela e o Henry tinham criado uma amizade incrível, assim como eu e a Bea tínhamos. Ela disse que mais cedo do que esperávamos nós iriamos nos encontrar novamente.

— Então Henry. – comecei a falar – O que você pretende fazer referente ao assunto inacabável.

— Bom – ele oscilou – No momento certo isso vai se resolver. E creio que não está muito longe de tudo começar.

— Eu entendo. – falei.

— Você acha que vocês vão conseguir sozinhos? – perguntou Maicon.

— Pelo sim ou pelo não, tentaremos. – ele falou.

Houve uma ventania enorme como se não fosse algo natural, todos foram arremessados para longe de mim, não tão longe, cerca de uns três metros. Inicialmente ei pensei que eu estivesse provocando isso. Até que apareceu uma luz no chão que foi aumentando constantemente.

— Pietro, sai dai. – Maicon gritou.

Eu não conseguia me mover, até que a luz explodiu iluminando tudo. Um zumbido enorme soou em meu ouvido e a claridade foi diminuindo, até sobrar uma coisa na minha frente, bem aos meus pés. Era uma espécie de arco e flecha. Mas não era daqueles arco enormes e com flechas enormes. Sabe aqueles arcos quem tem uma espécie de gatilho, e que só com uma mão você era capaz de segurar? Então, era desse tipo.

Eu me abaixei e peguei-o em minhas mãos. Ao olhar o objeto, Henry arregalou os olhos, se levantou e correu em minha direção.

— Você! – ele falou abismado.

— O que tem eu? – perguntei sem entender.

— Essa é uma das 3 armas que desapareceram de Arquinia. De um total de seis, três estão desaparecidas. Uma esta comigo, a outra com Gabriel e a terceira com Mike, agora você acaba de receber a quarta, o que me significa que a batalha final esta próxima.

— Você quer dizer que eu sou um dos seis escolhidos para lutar contra aquele anjo-demônio da maldição de Gabriel? – eu perguntei de boca aberta.

— Sim. Agora falta somente descobrir quem são os outros dois. – falou Henry.

— O que significa que chegou a hora de retribuir o que o Gabriel fez pela gente. – falou Maicon se aproximando.

Para quem não sabe, o Gabriel é amaldiçoado por uma seita antiga que quer o sangue dele para despertar um anjo-demônio, e séculos seis guerreiros se sacrificaram para proteger a aldeia onde todos viviam pacificamente. Seis armas desses guerreiros foram deixadas para mais seis guerreiros em um futuro que chegou, para continuarem de onde eles pararam e destruir o anjo-demônio. Mas segundo o que Henry me contou, das seis armas, três estavam desaparecidas, e agora uma das três escolheu o seu dono. Eu.

— Então o que estamos esperando? – falei – Vamos salvar a humanidade.

— Juntos? – Maicon perguntou.

— Juntos. – Eu e Henry respondemos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...