História Amor sem Escalas - Monsta X - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags Kpop, Monbebe, Monsta X, Monstax
Visualizações 25
Palavras 2.615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi nenis aqui vai mais um capitulos, espero que gostem, beijos :*

Capítulo 31 - Triângulo Amoroso Não!


Fanfic / Fanfiction Amor sem Escalas - Monsta X - Capítulo 31 - Triângulo Amoroso Não!

Hyungwon 

Depois de algum tempo dentro do carro, chegamos em frente a uma mansão, tinha milhares de carros na frente, entramos, tinha um povo muito doido, e eu mais doido ainda, por enquanto que eu estava no carro os meninos me deram um doce, e eu já cheguei chapadaço, depois de não sei quanto tempo passou, eu estava pulando perto da piscina até que o Youngguk e o Himchan pularam em mim, e caimos os 3 na piscina, depois disso algumas gurias da Twice pularam junto, depois de jogarmos água um nos outros, resolvi sair da piscina, estava todo molhado, Youngguk veio logo atrás com Himchan e disse que eu podia subir e tomar um banho em algum dos banheiros que estava de boa. Himchan e eu subimos até o terceiro andar, tentamos as primeiras portas, estavam trancadas, entramos em uma, Himchan entrou na minha frente, e eu fiquei caçando o interruptor, achei, e Himchan me chamou gritando do outro lado do quarto. 

- Hyungwon vem cá ver seu maknae. - me dirigi até ele. 

Não gostei nada do que eu vi, Changkyun estava apenas de box na cama, e Liza deitada no seu peito só de biquíni, eu esfreguei os olhos, olhei de novo, e não, não estava errado, eles estavam deitados na cama, juntos, semi nus. 

- Vamos para outro quarto, esse aqui está ocupado. 

Me retirei do quarto, e seguimos a um dos últimos quartos do andar, ainda estava chocado com a visão que eu tive. Himchan entrou no banho primeiro, eu achei uma estante com muitas bebidas nela, comecei a devorar as garrafas, eu precisava beber, beber até aquela visão sair da minha mente. 

~~~~~~

Jooheon   

- Aiiii!! 

Levei um susto com o grito, olhei para baixo, tinha alguém dormindo no chão em baixo das cobertas. A pessoa empurrou as cobertas e era o Bambam! Que Susto! 

- Além de eu cuidar de você, e te trazer para casa, você ainda pisa em mim! - Bambam levantou emburrado. 

Ele estava sem cueca dei uma desviada de olhar, e logo me toquei que eu estava só de cueca e puxei o cobertor. 

- V-oc-você viu minhas roupas? - perguntei envergonhado. 

Ele pegou em uma poltrona que tinha no quarto do lado da outra cama de solteiro, e me jogou minhas roupas. Antes de eu vestir, cacei meu celular e minha carteira. 

- Você viu meu celular e a carteira? - perguntei, vestindo minha camiseta. 

- Sua carteira está aqui - ele me jogou a carteira - Seu celular, sinto muito, mas já era, você derrubou na rua na frente da Octagon, e um carro passou por cima, deixei ele na sala, mas não acho que você vá conseguir fazer alguma coisa com ele. 

Ele abriu o guarda-roupa e começou a procurar roupas, por enquanto que ele estava de costas, vesti minha calça, e abri minha carteira para ver se estava tudo certo. 

- Vem, vamos comer alguma coisa, o hyung acabou de passar café, sente o cheirinho, hmmmmmm. - Bambam falou fechando os olhos para prestar mais atenção no cheiro do café que estava impregnando aos poucos o quarto. 

Escutei umas batidas na porta, Jackson abriu a porta, e entrou no quarto. 

- E aí dorminhoco galanteador, como você está se sentindo hoje? Você lembra alguma coisa de ontem à noite? - Jackson perguntou dando umas palminhas no meu ombro. 

- To com uma puta dor de cabeça, e eu não me lembro nada depois de que eu vi a Amanda, e o Hyungwon alguém sabe dele? - perguntei passando às mãos nas têmporas, minha cabeça parecia que tinha sido atropelada junto com meu celular.  

- O Hyungwon me mandou um áudio de madrugada, e ele parecia estar para la de bagda, disse que estava em uma festa na casa de uma amiga do Youngguk, e que geral foi para essa mansão, Hyungwon disse que tem tantos cômodos que ele se perdeu dentro dela, se não tivéssemos compromisso hoje tínhamos ido junto. Mas né, obrigações primeiro, diversão depois! - Jackson disse fazendo sinal para eu seguir eles até a cozinha. 

Depois de Bambam e o Jackson, sai logo depois deles do quarto, chegamos na cozinha, Mark estava sentando tomando café, JB estava terminando de arrumar a mesa, Yugyeom, Jinyoung, Youngjae não estavam em casa. Me aproximei mais deles, meio sem jeito. 

- Conseguiu descansar Jooheon, fiquei sabendo que você ficou bem louco noite passada – perguntou JB enchendo uma tigela de arroz para Mark e alcançando para ele. 

- Sim, obrigada por cuidarem de mim, e me trazerem sã e salvo da festa. - fiz uma reverencia. 

Jackson se aproximou de mim, sorriu e deu uns tapinhas na minha costas.  

- Não precisa de toda essa formalidade, senta aí vamos comer, você precisa recuperar suas energias. - Jackson se sentou e JB alcançou uma tigela de arroz para ele. 

Eu me sentei do lado dele, e logo JB me alcançou uma tigela, eu fiz uma reverencia, e comecei a comer. Lembrei da Amanda e me virei para Jackson e Bambam, que estava sentado na minha frente e perguntei sobre Amanda. 

- Aquela moça que estava comigo, vocês sabem se ela voltou bem para casa dela? - perguntei enchendo a boca de arroz. 

- Na verdade não sabemos, nem conhecemos ela, você começou a passar mal, cuidamos de você no banheiro, e depois te trazemos para cá. Não vimos ela desde que levamos você ao banheiro. - respondeu Jackson, que logo voltou a sua refeição. 

Será que ela chegou bem em casa? E agora eu não tinha meu telefone para mandar mensagem nem ligar, mas antes de tudo precisava descobrir o que eu sentia por ela, será que era mais que amizade? 

Fiquei conversando com os meninos, terminamos o café, e Mark me deu uma carona para casa, chegando em casa, lembrei que não tinha nenhuma chave, torci par que a chave reserva estivesse escondida na planta do final do corredor, fui e procurei na planta, consegui achar, entrei em casa, a casa estava vazia, resolvi dormir mais um pouco, não podia avisar ninguém que estava em casa, e mais tarde sairia para comprar um celular novo, agora não podia fazer nada, minha cabeça estava me matando. Tomei um banho e depois deitei na cama, adormeci pensando nas coisas que aconteceram na noite passada e nós meus sentimentos pela Amanda. 

~~~~~~

Kihyun 

Tinha que trocar o toque do meu despertador eu estava enjoando de Red Flavor, e eu amava demais essa música para enjoar dela, levei alguns segundos para acordar, criei coragem para levantar, tomei um banho, e depois fui caçar as roupas que eu iria para o ensaio, entrei no quarto dos meninos, e Minhyuk estava dormindo na sua cama, quando será que ele voltou? Como ele estava desmaiado dormindo, e ele não tinha nenhum compromisso agora, resolvi deixar ele dormindo. 

Fui à cozinha, deixei um bilhete na porta da geladeira, fiz comida, e deixei pronta para quando ele levantasse, mandei mensagem no grupo para saber se alguém sabia do Jooheon e do Hyungwon e do Changkyun, estavam todos sumidos, mas ninguém sabia, avisei Wonho que iria passar no hospital depois do meu ensaio fotográfico. Tomei meu café, arrumei meu cabelo, passei um pouco de maquiagem para tirar as olheiras, e sai. 

~~~~

Minhyuk

Escutei a porta de casa fechando-se, esfreguei meus olhos, estava morrendo de preguiça de levantar, mas eu tinha que levantar, me levantei, me lavei, e fui para cozinha ver o que tinha para comer. Na porta da geladeira tinha um bilhete do Kihyun: 

                      “Deixei comida para você na   geladeira, coma    e depois mande mensagem, precisamos conversar “ - Kihyun 

Terminei de comer, e voltei no quarto pegar meu celular, minha nossa, tinha tanta mensagem, olhei primeiro as mensagens no grupo, Shownu estava na casa das meninas, Hyungwon e Jooheon sairam para Octagon e não voltaram, Changkyun não deu sinal, e o Wonho estava no hospital com a Amanda??? Aparentemente ela teve um desmaio por fraqueza de não comer por estar nervosa demais, com certeza por causa do acontecimento com Sara, mas porque Shownu estava na casa das meninas? Resolvi mandar mensagem para Sara e ver como ela estava. 

Mensagem Sara 

MinMin – Bom dia, como a senhorita está? 

Sara - Oi Oppa, eu estou bem, só as coisas não estão muito bem aqui em casa, e nem a Amanda, ela está internada. 

MinMin – Eu fiquei sabendo, o Shownu está ai ainda? 

Sara – Sim, mas daqui a pouco vamos ir para o hospital. Ele vai com a gente. 

MinMin – Eu vou ir também encontro vocês lá. 

Sara – Ok, se vemos lá oppa �� 

 

Mandei mensagem para o Wonho, pedindo o hospital e o número do quarto, peguei minhas coisas e fui para lá.  

 

~~~~~~

Wonho 

Acordei, Amanda ainda estava dormindo, fiquei uns segundos observando ela, resolvi sair para procurar uma padaria ou algo assim, lembrei que seu celular estava no meu bolso, deixei no criado mudo ao lado da cama, e sai de fininho do quarto, encontrei a enfermeira, ela disse que o médico só viria ver ela, e ela poderia levar alta, eu fiz que sim com a cabeça, e pedi para ela não entrar no quarto incomodar ela, pois ela estava em sono profundo, ela concordou com a cabeça e disse que voltaria daqui umas duas horas com o médico, e seguiu o corredor a frente. 

Eu fui até a padaria mais perto comprei algumas guloseimas e algo salgado, e cafés. Voltei ao quarto ela não estava, será que ela saiu dar uma volta? Coloquei a comida na mesinha que tinha no quarto, resolvi ir no banheiro, desde noite passada não tinha ido ainda, fui tão empolgado para padaria que até esqueci de ir no banheiro antes. 

~~~~~~

Amanda 

Acordei Wonho não estava no quarto, resolvi tomar um banho, precisava lavar meu cabelo, se não daqui a pouco daria para fritar um ovo na minha cabeça, tirei aquelas camisolas horríveis de hospital, entrei no chuveiro, tomei um banho delicioso, estava secando meu cabelo, escutei o barulho da porta, me assustei e bati no box, e derrubei minha toalha, quando me viro, era o Wonho entrando no banheiro, ele levantou o rosto e olhou para mim, seus olhos cresceram, ficamos alguns segundos assim, até que ele saiu rápido do banheiro e fechou a porta. Minhas pernas cambalearam, e eu quase caí no chão, aconteceu outra vez, ele me viu pelada, quais pecados eu cometi para acontecer essas coisas comigo? 

Demorei alguns minutos, não sabia o que fazer, se eu saia do banheiro, se eu esperava me juntar as paredes, mofar até final dos tempos. Escutei umas batidas na porta. 

- Amanda, eu trouxe comida e café, está esfriando. 

Respirei mais uns segundos, bati meu cabelo, e resolvi sair logo, uma hora teria que olhar na cara dele. 

Sai do quarto ele estava sentado na mesa, já tinha organizado toda a comida, estava tomando café e comendo um sanduiche, me sentei na outra cadeira, pigarriei, ele me alcançou um copo de café e um sanduiche, comemos em silencio, até que ele quebrou o silencio. 

- Desculpe, eu fiz outra vez... Parece que sempre acontece algo para você ficar nua na minha frente, e eu ver – ele deu uma gargalhada, mas quando me viu seria, pediu desculpa de novo e voltou ao silencio. 

- Tudo bem, não é como você não tivesse me visto quase inteira nua antes, não digo que eu não fiquei com vergonha, mas não é um problema tão grande assim, pode ficar tranquilo, não é como se nunca ninguém tivesse visto meu corpo antes – soltei um riso, mas o clima ainda estava tenso. 

- Tem uma coisa que eu queria fazer desde aquele dia que você foi a minha casa. 

- O que ? - Olhei para ele. 

Ele levantou da sua cadeira, levantou meu queixo e deu um selinho demorado, que passou para um beijo de língua, foi calmo e tranquilo, mas muito gostoso, escutamos um pigarro e se separamos, Minhyuk estava na porta. Wonho se sentou na cadeira de novo, como se nada tivesse acontecido. Minhyuk entrou, fechou a porta, e veio até nos, pegou um bolinho e começou a mastigar e soltar uns risinhos, ele se afastou e sentou na poltrona. 

- Daqui a pouco a Sara vem para cá com suas amigas e o Shownu. - disse Minhyuk colocando o resto do bolinho na boca. 

- Nossa esqueci completamente delas, queria mandar mensagem pedindo para trazer roupas para mim, mas não achei meu celular. - falei levantando indo perto do Minhyuk. 

Ele pigarreou e apontou para o criado mudo, eu olhei era meu celular, mas ontem ele não estava ali. 

- Uee, mas como? Ele não estava ali ontem. - falei indo em direção ao criado mudo. 

- Fui eu, ele estava tempo todo comigo, acabei esquecendo de devolver me desculpa. - disse Wonho vindo em minha direção ainda mastigando alguma comida. 

- Ahh tudo bem, vou mandar mensagem para elas agora. - Peguei meu celular e se sentei na cama. 

Meninas não me responderam, então fiquei conversando com os meninos. Depois de uns longos minutos, Mey entrou pela porta e veio correndo me abraçar. 

- Ainda bem que está tudo bem com você, você me deixou preocupado, primeiro a Sara, depois da Deysi e daí você, assim meu coração não aguenta. - Mey disse soltando do abraço. 

- Como assim a Deysi, o que aconteceu? - eu perguntei preocupada. 

Ela olhou para trás, e fez sinal que conversaríamos depois. Entrou no quarto Deysi e o Shownu, mesmo com a cara com máscara e uma toca tampando o cabelo, reconheceria de longe, mas o estranho foi que Deysi estava grudada no braço dele, estava segurando bem firme no moletom. Ela se aproximou e me abraçou, foi um abraço frio e estranho. Logo depois dela entrou Sara, toda tímida e com receio. Ela veio até mim. 

- Me desculpa, pela briga idiota, e por ter sumido, você estar no hospital e culpa. - ela disse e abaixou a cabeça. 

Eu abri os braços e pedi um abraço, ela veio e me abraçou, tudo iria ficar bem depois daquele abraço. Deysi e Shownu sairam e esperariam nos bancos em frente ao quarto, naõ sei porque mais tudo bem. Logo depois que a Sara falou comigo, foi até o lado de Minhyuk e deu um abraço bem apertado nele como se conhecessem a tempos, e um beijo que eu juro que foi no canto da boca, ou talvez só foi impressão minha, ficamos conversando. 

Medico veio me examinou e disse que eu podia receber alta, ele foi atrás dos papeis, e todo mundo falou que iria esperar em frente a porta do quarto, ela me entregou a bolsa com minhas coisas e saiu, logo depois saiu Sara e Minhyuk juntos bem animados para meu gosto, depois que eles saíram, Wonho veio em minha direção. 

- Precisa de ajuda em algo? - Wonho disse dando um olhar de cachorrinho abandonado. 

- Só se você quiser ajudar a me trocar? - eu disse se levantando da cama. 

- Não não, eu vou sair e não te incomodar.  

Não deu um segundo ele não estava mais no quarto, levantei-me da cama me alonguei um pouco, comecei a caçar minha calcinha na bolsa, tirei a camisola, como eu tinha tomado banho a pouco tempo, estava sem calcinha, e eu estava sentindo uma sensação horrível por causa disso, coloquei minha calcinha, quando me viro dou de cara com o Kihyun, ele derrubou o pacote de bolo de uma mão, e o ursinho da outra mão, ele estava com os olhos arregalados, e passava seus olhos de cima em baixo para mim, repetidamente. 


Notas Finais


Então, pode ser que eu demore mais para postar os capitulos a partir daqui, a produção ta um pouquinho lenta, esse e o ultimo escrito, não terminei o proximo ainda, entao aproveitem bem, a unnie ama vocês :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...