História Amor Verdadeiro - Ryan Carter - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Is It Love?
Tags Nenhuma Das Situações, Romance, Tratando-se Esta Obra
Visualizações 75
Palavras 3.306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem-vindos a continuação da história de Julia Stewart e Ryan Carter...
Quem já conhece o jogo vera que vou usar algumas coisas e outras vou adaptar,
Espero que todos os leitores gostem bastante vou me esforçar para agradar á todos e aceito opiniões.

Desde de já obrigada, e aproveitem ...

Capítulo 5 - Vou ficar cara a cara com ele.


Fanfic / Fanfiction Amor Verdadeiro - Ryan Carter - Capítulo 5 - Vou ficar cara a cara com ele.

Reviravolta 

 

 

Julia,

Assim que voltei para a minha baia, percebo que o Matt está arrumando suas coisas para ir embora, mais já? Será se eu fique mais de 15 minutos na sala de descanso?  Eu percebo que eu não peguei o seu café, eu acabe esquecendo. Matt imediatamente vem na minha direção, lá vem aquelas perguntas sem noção dele.

Matt: Você realmente não parece bem, parece que está em outro lugar, tem certeza que você está bem princesa?? Vá para casa, caso você precise de algo me ligue, eu estarei disponível.

Julia: Eu estou bem não fique preocupado. Hoje Lisa e eu teremos uma noite de garotas, sabe como e, vamos fazer coisas de meninas, cozinhar, arrumar os cabelos (Risos) hahahaha, esse tipo de coisa.

 Matt: Fofocar sobre nós os homens (Risos), eu sei muito bem qual o tipo de papinhos vocês duas vão tem.

Julia: Pare! Às vezes você e tão chato, vá embora.

Matt: Vamos? 

Julia: Vou sou pegar as minhas coisa.

Eu o Matt estamos fora do edifício esperando a Lisa, lá vem ela toda linda como sempre, como é bom vê-la bem, pelos menos uma dia nós está no seu momento normal da vida.

Lisa: Oi Matt, Julia.

Lisa: Vocês estão péssimo, muito trabalho?

Matt: Sim, estamos como um projeto bem complexo, tirando isso tudo bem. 

Julia: É... é..eu estou bem.

Lisa: Então vamos Julia?

Julia: Lisa, tem algum problema se a gente fica no meu apt. Hoje eu não estou muito bem para sair, eu posso até cozinhar. 

Lisa: Claro que, se você me prepara algo bem gostoso será um prazer. 

Matt se aproxima de mim e me abraça seus braço são tão fortes eu sinto seus músculos sobre a sua camisa, ele e tão gentil e doce, ele realmente sabia o quanto eu precisava de um abraço eu não recurso ao seus abraços, eu poderia fica horas e horas aqui.

Julia: Tchau Matt, obrigada, Boa noite. 

Matt: Fique bem, Julia e Lisa.

Matt, dá um beijo em nossos rosto e vai em direção a sua moto. Eu e lisa caminhamos até o meu apt. ele fica a poucas quadra da Carter conversamos sobre o que iriamos comer.

Lisa: Que tal vinhos e uma bandeja de queijos para acompanhar? 

Julia: Sim, ótima ideia, vamos passar um pequeno mercado que fica próximo à minha casa, lá tem muita variedades de queijos e compramos alguns doces também.

Lisa: Ótimo minha linda, Então me fale o que houve mais cedo na Carter?

Julia: Gabriel me pediu para ir entregar uns relatórios ao Mark, assim que eu cheguei lá no andar 48°, falei com um secretaria, ela era totalmente diferente de você certamente ela tem que fazer um curso com você sobre simpatia, ela era muito esnobe. Então ela me largou em frente a uma enorme porta que estava escrita sala de reunião eu procurei ela para perguntar o porquê eu estava ali, se eu simplesmente iria entregar uns relatório ela já tinha indo embora, acredita?!. Você acredita também que eu conseguir cair e derrubar todos os relatório assim do nada, eu sou muito desastrada, eu estava querendo entrar despercebida e acabei chamado muita atenção.

Lisa: Eu queria ser uma mosquinha para ver essa cena, desculpa mais você e muito desastrada.

Julia: Uma das minhas qualidades, além de preparar algo bem gostoso que tal um Polenta com ratatouille umas das minhas especialidade, uma das melhores receitas da minha avó. 

Julia: Eu acho que o Mark e o homem misterioso, Ah! Eu conhece o senhor Carter, ele simpático.

Lisa me olha com a boca aberta e os olhos arregalados, provavelmente ela está supressa, até eu fiquei quem imaginaria que eu ia o conhecer hoje. 

Lisa: Oque??? Como assim você o conheceu, me diga como ele é? Tem certeza que e o Senhor Leviels? 

Julia: O senhor Carter, ele é e totalmente deferente do que eu imaginava ele tem um olhar de predador e intimidador sua voz e intensa, sua presença e tão sexy é ele deve ter no máximo 30 anos, eu fiquei até sem jeito depois da minha leve queda na sua frente, eu estou constrangida até agora. 

Lisa: Nossa, ele deve ter achado graça da sua cara...

Julia: Obrigada, Lisa pelo apoio.

Lisa: Então como você descobriu que o Homem misterioso e o senhor Mark Leviels?

Julia: Assim que eu entrei na sala de reunião eu sentir o mesmo perfume do Homem Misterioso, e logo em seguida o Mark ele me falou que aceitou a proposta, aqui está o cardápio eu vou fazer as alterações amanhã e devolver para eles logo em seguida. E ele sempre tentava me evita, eu acho que é ele.

Lisa: Ele te falou algo sobre o beijo no elevador? Como você pode ter tanta certeza?? Esse motivo foi fraco Julia, talvez ele aceitou por que viu que você era a nunca que poderia ajuda-lo nesse momento, quem sabe não é o senhor CARTER.

Quando a Lisa me diz isso, eu sinto um frio na minha barriga, por um momento seu olhar me vem à cabeça, eu me lembro de cada minuto na aquela sala, ele me olhava de um forma que eu me sentir completamente NUA. Eu sinto que eu estou vermelha.

Julia: Não. Por um momento eu pensei que poderia ser o senhor Carter, mais acho que ele não é o cara que sair beijando suas funcionaria no elevador. 

 

Lisa: Vou pensa em uma forma de ajudar a descobrir, não vejo a hora de experimentar as suas comida. (RISOS)

Lisa é eu passamos no pequeno mercado compramos os queijos e uns chocolates, a noite das meninas foi um sucesso, Lisa eu preparamos uma Linda bandeja de queijos que foi acompanhado de um bom vinho suave. Ficamos lá sentadas no sofá por horas até Lisa pular e quase cai do sofá ao ver que passava das 02:00 da manhã, no dia seguinte vamos trabalhar, decidimos então a fazer novas noites de minas porém vamos escolher sextas ou sábado. Eu a convidei para passar a noite, mais ela não quis, então chamei um taxi para ela voltar em segurança, eu tomei uma ducha e não conseguir para de pensa no senhor Carter, porque eu sinto uma forte atração por ele, hoje a gente mal se falou, eu conseguir ver o seu DESEJO.

Julia: Eu vou descobrir se ele e o homem misteriosa amanhã. 

Dia seguinte...

Aqui estou na frente do meu espelho escolhendo a “ROUPA”, eu realmente tenho que arrasar hoje, eu decidir descobrir quem é o verdadeiro Homem misterioso, infelizmente não faço a mínima ideia de como vou fazer isso. Eu acabei ficando mais tempo do que eu imaginava procurando algo, pelo visto hoje vou chegar bem atrasada, eu escolho uma saia Lápis Vermelhe com uma blusa de seda simples e scarpin preto, faço uma leve maquiagem não dá para exagerar não quero parecer uma palhaça.

Julia: DROGA, ESTOU ATRASADA...

Eu saio de casa correndo, eu pego um táxi e chego rapidinho na Carter, passo pelo recepção e vejo a Lisa, lá está ela toda maquiada e com a roupa impecável como ela conseguiu chegar a tempo, ela e incrível, ela ver que eu estou atrasada e só acena com um tchauzinho, eu faço o mesmo e chamo o elevador torcendo para ele vim logo. Assim que eu chego na minha mesa vejo que o Matt já chegou, ele não está na mesa ele deve te indo pegar um café. Assim que eu sento eu vejo a porta do Gabriel abrindo lá vem ele na minha direção.

Gabriel: Bom dia! Julia, tudo bem? Noite difícil com o cardápio da festa? esse e o verdadeiro motivo pelo seu atraso né? 

Isso é um interrogatório só pode, por que ele está aqui me fazendo tanta pergunta, acho que sua noite não foi muito boa.

Julia: Bom dia, Gabriel, tudo sim é realmente esse é o motivo.

Gabriel: Então o cardápio está pronto certo?

Julia: Infelizmente não, eu tenho que fazer umas pequenas alterações.

Gabriel: Ok, e o projeto que eu passei a você é o Matt espero que esteja pronto hoje.

Julia: Ainda estamos no prazo, você quer diminuir mais ainda? 

Gabriel: Se você tem tempo suficiente para cuidar de um cardápio eu realmente acho que vocês tem MUITO TEMPO sobrando.

Ele deve estar com raiva eu não entendo o que aconteceu, que bicho o mordeu hoje, ele não assim, principalmente depois que ele se declarou para mim, Ele está estranho.

Julia: Está tudo bem, Gabriel?

Gabriel: Sim, faça o seu trabalho é vá atrás do Matt quero o projeto hoje a noite no máximo.

Gabriel me deixou lá, sem entender nada, que estranho eu vou atrás do meu amigo precisamos voltar ao serviço imediatamente, antes que o Gabriel cause a 3° guerra mundial, eu achei que eu ia conseguir tem tempo para descobrir quem era o Homem, eu estou ferrada tenho tanta coisa para hoje.

Matt: Peguei um café para você.

Julia: Que bom, que você está aqui eu não sei mais o que fazer, Gabriel está estranho ele falou que quer o projeto hoje, é agora? eu tenho que atualizar um cardápio para ser entregue hoje, eu preciso muito da sua ajuda Matt.

 Matt: Ele tá assim desde que o Mark veio aqui.

Julia: O Mark esteve aqui mais cedo?

Matt: Sim, ele ficou um tempão parado parece que ele queria falar com alguém, será que era com você Julia?

Julia: E, ele aceitou a minha proposta eu estou com o cardápio dele aqui eu preciso atualizar, é tenho que entregar á ele hoje a noite. Está vendo o tamanho do meu problema.

Matt: Vamos começa agora.

É quase 12:30 quando Matt, murmura algo que não consigo entender, eu estou tão focada quem nem presto tanta atenção, no que ele falou, graças a ele os dois projetos serão entregue no prazo eu estou quase no fim.

Matt: Eu vou comprar um lanche para gente e já volto. Você vai querer o que? 

Julia: Por favor, um super hambúrguer com muito bacon é batata, e um suco de laranja.

Matt: Tá bom, a Rainha deseja algo mais?

Enquanto Matt vai comprar uns Hamburguês com batata frias, eu fico lá finalizando o cardápio, eu dou uma conferida eu vejo que o cardápio ficando divino graças ao meu talento.

Lisa Mensagem: Julia, encontrei o Matt, indo comprar um lanche para vocês, minha linda é ele me explicou você vai terminar tudo no prazo eu confiou em você, eu acho que vocês estão trabalhando demais, espero que você possa sair em breve comigo.

Julia Mensagem: Lisa, eu tenho que levar o cardápio hoje para o Mark Leviels, estou ansiosa vou tentar algo não sei o que eu devo fazer? espero sentir o mesmo perfume do dia do Elevador, eu devo atacar ele?? É uma péssima ideia, é desespero eu sei. 

Lisa Mensagem: E melhor você tentar seduzi-lo discretamente mostrando que você sabe que ele e o Homem misterioso, sem mostrar que você gosta dele, ele vai acabar percebendo que você tem interesse nele.

Julia Mensagem: Obrigada Lisa, eu te adoro, estou faminta o Matt está voltando com lanche daqueles gorduroso. 

Lisa Mensagem: Bom apetite minha linda, Depois vamos tem que ir ao parque para mantém a forma.

Matt, voltou com os lanche paramos para comer, ficamos uns 5 minutos conversando, é logo voltamos a trabalhar. O meu colega Matt é super inteligente eu realmente acho que ele e demais, graças a ele é quase 19:30 e quase terminamos tudo só falta eu dá mais uma olhadinha no cardápio, assim que eu olho vejo que está tudo ok graças a ajudar do Matt ele me salvou. Assim que os dois projetos estão finalizados, Matt vai até a sala do Gabriel é deixa o projeto em sua mesa, me dá um beijinho no rosto me deseja sorte é vai embora. Aqui estou eu no meu setor sozinha, o escritório está silencioso e meio sustador eu volto a foca no cardápio que está finalizado eu tenho que envia por E-mail, para os Senhores Carter é senhor Leviels. Assim que eu estou começado a digitar o E-mail para eles, eu vejo que na minha caixa de mensagem chegou E-mail.

 

Ryan Carter para Julia Stewart: 

Boa noite, Senhorita!

Gostaria de saber como está o andamento do projeto que foi passado para você sobe supervisão do Mark Leviels, espero que esteja pronto.

Assim que você terminar pode enviar por E-mail para o Mark, o meu eu vou querer impresso.... Estou aguardo  em minha sala senhorita.

Atenciosamente;

Ryan Carter

CEO

 

Eu olho no relógio 19:40, eu não estou acreditado que eu vou fica sozinha com o Senhor Carter na sala dele, eu vou fazer tudo que ele me mandou o mais rápido possível, o tempo em que eu estou enviando o E-mail ao senhor Leviels, a marquinha de impressão está imprimindo o cardápio:

 

Julia Stewart para Mark Leviels:

Boa noite,

Senhor Mark Leviels.

Segue anexo do cardápio, espero que o senhor goste do meu trabalho, obrigada pela oportunidade e desculpa se eu lhe causei algum transtorno.

Atenciosamente;

Julia Stewart.

Assistente de Marketing.

Alguns minutos depois chegar umE-mail do senhor Mark agradecendo o meu trabalho. 

Mark Leviels para Julia Stewart: 

Boa noite, Senhorita.

Obrigado, pelo o seu trabalho ficou o cardápio ficou perfeito, eu sabia que poderia contar com você.

Atenciosamente;

Mark Leviels.

Diretor de Marketing.

 

Eu estou completamente nervosa quando eu chego no hall do andar 48°, eu não entendo essa sensação, eu bato 2 vezes em uma porta que estava escrito CEO RYAN CARTER. Vou ficar cara a cara com ele, vai da tudo certo Julia, eu escuto uma voz pedido para mim entrar:

Ryan Carter: Entre por favor.

Julia: Com licença, Senhor Carter.

 

Assim que eu entro na sua sala vejo o quanto ela e enorme e que ela tem uma imagem linda da cidade durante a noite, eu não deixo de notar o quanto é chique a sua sala a uma mesa de ferro sua cadeira e de couro parece ser bem confortável, além de outras coisas que tem aqui.

Ryan Carter: Sente-se, senhorita.

Eu simplesmente obedeço. Quando eu sento na cadeira eu estou mais próxima do senhor Carter, eu não posso acreditar NÃO, NÃO, aquele perfume então ele e o homem misterioso. Eu estou com os documentos em minhas mãos meio tremulas, eu estou tão nervosa, eu me sinto na jaula de um animal que pode me atacar a qualquer momento, EU NEM SEI O QUE EU DEVO FALAR AGORA, Será que ele lembrar que nos beijamos no elevador, ele pode lembrar ou não, ou ele fingir muito bem. 

Ryan Carter: Tudo bem, senhorita? Você parece que está tensa, seu dia deve ter sido difícil. 

Julia: Não, não está tudo bem senhor.

Eu não consigo completar uma frase sem gaguejar eu acabo me sentindo tão boba, eu tô vermelha.  eu sinto aquele olhar sobre mim, eu não posso para de sentir aquele desejo, eu descobrir, acho que ele não está muito afim de falar nada sobre o elevador vou continuar calada.

Ryan Carter: Posso ver o cardápio? 

Julia: Sim...

Eu estendo os relatório eu sinto que sua mão tocou na minha, no mesmo segundo nossos olhares se encontraram, sinto um forte arrepio sobre o meu corpo um desejo de ter aquelas mão sobre o meu corpo novamente, como eu desejo esse homem.

Enquanto ele fingir que está interessado no cardápio eu sinto que ele não para de mim olhar.

Ryan Carter: Vejo que ficou ótimo senhorita. Eu que tenho uma ótima proposta para fazer quero que venha trabalhar comigo, eu preciso de uma secretaria assistente, você e perfeita para o cargo. Eu não aceito um não Senhorita.

Julia: Eu não tenho experiência, com isso eu não posso aceitar senhor Carter.

Ryan Carter: Eu não aceito um Não, como resposta.  

Ryan Carter: Você não tem muita opção senhorita, eu vejo algo em você um diferencia e eu quero para mim.

Julia: Como o senhor e persuasivo, não acha? 

Ele sorrir e vem na minha direção, ele está na minha frente encostado na sua mesa;

O que ele quis dizer “EU QUERO PARA MIM”, será que ele me quer?? um calor sobe sobre o meu corpo, ele me deixa em chamas em questão de segundos, nossos joelhos estão próximos eu sinto uma corrente elétrica sobre o meu corpo, eu tenho que fazer algo eu não consigo abandonar os seus olhos azul, eu não consigo entender o que passar por ele.

Ryan Carter:  Eu quero que você trabalhe direitamente para mim, entendeu? Você cuidaram da minha agendar e participar de algumas entrevista quando eu não conseguir ir, ENTÃO?

Julia: E uma boa oportunidade senhor mais...

Ryan Carter: Está ficando tarde senhorita, eu tenho um compromisso as 20:30. Sua resposta é um sim certo?

Como eu posso aceita isso gente? Eu passei anos estudando para Marketing era o meu sonho, ele quer que eu simplesmente vire uma secretaria que eu passe o meu tempo administrando a sua agenda eu não posso aceitar assim sem pensar, eu tenho que falar com a Lisa primeiro dizer que ele e o Homem misterioso e que ele não tem nenhum interesse em mim e que eu tenho que pensar muito nessa proposta.

Julia: Eu preciso de um tempo senhor Carter, infelizmente eu não posso dá uma resposta hoje.

Ryan Carter: Justo senhorita amanhã as 19:00 venha na minha sala com uma resposta espero que seja um SIM, eu não vou aceita um Não como resposta, tenha uma boa noite.

Julia: É... obrigada. Boa noite senhor.

Eu saio daquela sala me sentindo péssima, quando eu olho para trás vejo Carter indo em direção da sua cadeira, eu não entendo por que ele não falou nada sobre o beijo, pra que ele me ofereceu essa proposta será que ele gosta de mim e me quer mais perto? Ou eu estou errada sobre ele não sei de mais nada estou tão confusa essa história desse HOMEM MISTERIOSO me deixou mal não foi isso que eu estava imaginando. Eu me sinto tão mal eu achei que hoje seria de diferente, por que eu perca tempo pensando em coisa que nunca vai acontecer ele, nunca vai ter interesse por mim, talvez ele queria esquecer aquele erro no elevador aqui estou indo embora arrasada. 

Assim que eu chego na frente do Edifício sinto uma leve brisa de Nova Iorque vejo as pessoas correndo de um lado para o outro sem parar isso é tão triste acabo me sentindo tão solitário com isso. Tem um carrão parado em frente ao edifício eu fico lá parada com as mão sobre o meu rosto, eu queria sumir. Respiro fundo e olho um pouco para os arranha-céu e vejo que daqui não dá para ver nenhuma estrela ... Preciso ligar para Lisa, antes que eu pegue o meu celular, um homem de terno se aproxima, eu tenho a impressão que já ou vi por aqui antes quem e ele? 

???: Boa noite, senhorita. Tudo bem?

Antes que eu diga algo ao senhor que me olhar com uma certa preocupação, eu vejo o senhor Carter ele está vindo na minha direção, que merda ele não percebeu que eu não quero vê-lo hoje.

Ryan Carter: A senhorita ainda está aqui,, está se sentindo bem?

ACHO QUE PELO FATO DE ESTÁ QUASE DEITADA NO CARRO ELES ME PERGUNTARAM ISSO. 

Julia: Eu tudo bem, eu estou indo embora. 

Viro e começo a andar em direção ao meu apt. eu sinto sua mão quente e grandes em minha pele ele segurou o meu braço.

Ryan Carter: Venha comigo senhorita eu te deixarei em casa, Por favor não diga Não.

Eu aceno e entro no carro, o senhor que tinha me feito uma pergunta posteriormente é o motorista do senhor Carter  ele sorriu gentilmente quando abriu a porta para mim entrar. Eu entrei meio desconfortável e seguimos ao meu apt.


Notas Finais


Pessoal espero que vocês aproveitem a leitura;
podem comentar a vontade caso queira deixa sugestões sobre a historia, espero que não fique muito cansativo, desculpe a demora a semana foi muito intensa .

Obrigada á todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...