História Amor Verdadeiro - Ryan Carter - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Is It Love?
Tags Nenhuma Das Situações, Romance, Tratando-se Esta Obra
Visualizações 63
Palavras 3.510
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem-vindos a continuação da história de Julia Stewart e Ryan Carter...
Quem já conhece o jogo vera que vou usar algumas coisas e outras vou adaptar,
Espero que todos os leitores gostem bastante vou me esforçar para agradar á todos e aceito opiniões.

Desde de já obrigada, e aproveitem ...

Capítulo 6 - A rejeição


Fanfic / Fanfiction Amor Verdadeiro - Ryan Carter - Capítulo 6 - A rejeição

 

Julia...

Eu me pergunto o que eu estou fazendo no carro do senhor Carter, alguns minutos atrás estávamos em uma quase discussão, para falar a verdade em uma conversa bem intensa, sobre essa proposta que ele me fez. Até acho que ela e meio indecente pelo fato deu ter sentindo algo por ele, eu acho que ele também. Eu apenas queria entender o seus pensamentos, e agora estou aqui novamente com ele em seu carro, eu não consigo entender porque eu entrei no carro, agora pouco eu estava furiosa com ele, eu apenas queria esquecê-lo e só vejo que tudo desaparece que poder esse que ele tem sobre mim.  Estou tão próxima dele que sinto o seu perfume. Por alguns segundos eu fecho os meus olhos e apenas sinto o seu cheiro, eu ainda sinto seus lábios tocando ao meus eu tenho que esquecer mais eu não consigo. Quando eu volto dos meus devaneios eu olho para ele, Nossa como ele e intenso, eu olho cada dele do seu rosto eu sinto uma vontade enorme de beijar a sua boca, até mesmo mexendo em seu celular ele consegue ser sexy... Eu vejo que eu estou cada vez mais atraída por ele, seu olhar cruza com o meu ele percebeu que eu estava observando ele eu prefiro voltar a olhar a rua e vejo as pessoas correndo de um lado para o outro elas sempre estão com pressa;

Carter: Taylor, em quantos minutos chegaremos a casa da senhorita.

Eu voltou a minha atenção a eles acho que eu não escutei direito, como é possível eles que saibam aonde eu moro, se eu nem falei o meu enderenço, como Taylor sabe que falta 5 minutos para chegarmos.

Julia: Perdão, eu acho que eu não passei o meu enderenço ao senhores como é possível vocês saberem? Algum de vocês anda me seguindo por acaso?

Vejo que o senhor Taylor me observa do retrovisor, eu ergo uma sobrancelhas e continuo a encará-lo, ele se que fala algo então me volto ao senhor Carter, ele simples me olha eu não consigo desviar o olhar, eu simplesmente o observo que no canto da sua boca se forma um tímido sorriso. Meu olhar continua preso a sua boca como eu quero beijá-lo novamente, ele continua a me olhar eu vejo quanto ele me quer seus olhos não negam o quanto ele me deseja; o senhor Taylor diz algo.

Taylor: Realmente a senhorita não nos passou o seu enderenço, perdoe-me pela falta de descrição algumas vezes fazemos esse trajeto e sempre a vejo indo em direção a um prédio eu presumo que seu apartamento seja lá, não era a minha intenção ser indiscreto. Perdoe-me novamente.

Julia: Ah! Sem problemas Taylor, eu achei um pouco estranho. Desculpa-me

Alguns minutos depois;

Taylor: Chegamos.

O Taylor dá a volta no carro para abrir a porta para mim, enquanto o Taylor sair do carro eu sinto a mão do senhor Carter repousando sobre a minha, fico parada eu sinto sua respiração tão próxima da minha, ele sussurra nos meus ouvidos:

Carter: Eu quero que a senhorita pense muito sobre a minha proposta.

Que merda e essa, eu fico parada apenas observado ele eu percebo que sua boca está tão próximas que eu poderia beijá-lo, nós continuamos a olhar um para o outro, eu escuto apenas as nossas respirações pesada pelo desejo que nós consomem cada vez mais, antes que eu possa falar alguma coisa a minha porta se abrir, Droga Taylor porque você fez isso eu me recuso a sair desse carro.

Julia: Tenha uma boa noite Senhor Carter, obrigada pela carona.

Carter: Até breve Julia.

Eu tento sair do carro com elegância e segurança não quero que ele veja o quanto eu estou desestabilizada por ouvir tudo isso, e com o meu nome soa bem em sua voz. Eu entro no meu prédio quase que correndo, eu não me atrevo a olhar para trás. Assim que entro em casa o Tom vem em minha direção pobrezinho, eu não cuido mais tão bem dele eu sei que ele sente a minha falta.

Julia: Venha aqui minha bola de pelos.

Tom: Miauuuu. 

Eu tiro o meu scarpin e me jogo no sofá, pego o meu celular e ligo para Lisa, eu tenho tanta coisa para falar que eu nem sei como começar.

Julia Ligação: Oi, Lisa. Tá sentada?

Lisa Ligação: Não, calma vou sentar agora, pronto. Me diga tudo com detalhes é o Carter o Homem Misterioso né?

Julia Ligação: Então vou começar pelo início, hoje o dia não foi fácil com você sabe, depois que eu finalizei o trabalho que o Gabriel me passou Matt deixou em sua mesa e foi para casa. Eu fiquei dando umas últimas olhada no cardápio, quando eu terminei eu estava quase enviando para o Senhor Carter e o Leviels, chegar um E-mail do Carter solicitado a minha presença na sua sala com a cópia do cardápio acredita?

Lisa Ligação: SÉRIO?  NOSSA QUE DANADINHO ELE, continue minha Linda eu estou curiosa para saber o que vocês dois aprontaram.

Julia Ligação: Hahahahah (RISOS). Terminei de enviar o E-mail ao senhor Lieviels e tirei as cópias do cardápio para o senhor Carter e fui até a sua sala, quando eu entrei tentei parece que eu estava calma e mantive a segurança, não queria mostrar que eu estava nervosa. Ele olhou o cardápio disse que estava ok. E me fez uma próstata.

Lisa Ligação: Qual próstata uma bem quente convidou você até a sua casa? (Risos).

Julia Ligação: Lisa e sério, ele me convidou para trabalhar diretamente com ele. Ele me quer como a sua secretaria, eu não posso me imaginar sendo uma secretaria, eu não estudei para isso eu quero trabalhar com grandes projetos, eu não quero cuidar de agendas marcar reuniões cancelar reuniões essas coisas chatas. Em nenhum momento ele falou sobre o que houve com a gente na aquele elevador eu não sei o que fazer.  ( Eu, Suspiro tão forte que Lisa escuta do outro lado da linha).

Lisa Ligação: Mantenha a calma, ele te ofereceu para trabalhar com ele, por que ele quer você próximo dele entendeu? Eu acho que ele gosta de você. Você tem que aceitar a proposta converse com ele talvez ele passe alguns projetos a você.

Julia Ligação: Você tem razão, e isso que vou fazer.

Lisa Ligação:  Me diga a verdade o que você sente por ele?

Julia Ligação: Eu não sei o que eu sento por ele e meio confuso ainda, eu não sei se e só carnal ou sentimental.

Lisa Ligação: E verdade e cedo para você sabe. Você está disposta a mudar a sua profissão por ele?

Julia Ligação: Talvez...

Lisa Ligação: Pense bem será uma bom oportunidade de passar mais tempo com o Senhor Carter.

Julia Ligação: O senhor Intenso, ele me deu uma carona eu estava tão confusa eu queria explodir por que eu tinha planejado tantas coisas, eu achei que eu chegaria na sala dele é eu seduziria ele hahaha, não funcionou, ele fingiu que nunca me beijou, eu confesso que eu fiquei decepcionada e deprimida, até hesitei em aceitar a sua carona.

Lisa Ligação: Não desanime minha Linda, se você está afim dele lute por ele tome uma ducha bem gelada. E tenha uma ótima noite de sono, passe amanhã pensando. Não se preocupe. O que você aceita com o coração será o melhor para você eu vou apoio em qualquer das suas escolhas sempre.

Julia Ligação: Obrigada Lisa, eu realmente sou grata por te você como amiga. Esse final de semana vamos beber?!  Por minha conta, e o mínimo que posso fazer por você me escuta.

Lisa Ligação: Siiiiiiiiiiiiiiiiim, eu sou a sua amiga eu não me incomodo em escoltá-la pelo contrário eu adoro Hahahaha. Beijinhos.

Julia Ligação: Boa noite, obrigada Lisa, beijos.

Dia seguinte...

É 05:30 da manhã eu acordei antes do meu despertador, para falar a verdade eu nem dormir, não conseguir dormir nada meus pensamentos e voz do senhor Carter não me deixaram dormir, eu não parei de pensar no que ele disse: Carter: Eu quero que a senhorita pense muito sobre a minha proposta será um prazer trabalhar comigo, soou como um duplo sentindo. Eu saio da cama e vejo no espelhos que mesmo que eu jogue um quilo de maquiagem não irei esconder essas olheiras que eu adquirir graças ao senhor Intenso. Eu não consegui para de pensar no Carter e na sua proposta Lisa está certa eu tenho que aceita, essa será a única chance de tê-lo mais perto de mim, e o que o meu coração mais quer ele. Eu tenho que tomar uma ducha fria para começar o dia.

Depois que eu saio do banho faço um café bem forte. Tom com e o meu amigo inseparável está em baixo da mesa me observando, eu decidir aceita a proposta e acho que estou até aliviada pela minha decisão. Eu estou feliz eu acho. Ligo no meu Notebook e coloco uma música baixinha e cedo não quero acordar os vizinho e vou me arrumar. Adoro a acompanhar o meu cantor favorito Calum Scott a voz dele e linda, quando eu percebo estou cantando, Tom me observa meio confuso.

Julia: You Are the Reason SENHOR CARTER. ♮♬♪♫ você é a razão, realmente ele e a verdadeira razão pela qual eu irei mudar a minha vida.

Julia: É disso que eu preciso para acordar um bom café é uma boa música, agora eu tenho certeza Tom, EU VOU ACEITA APOPOSTA , ninguém vai me fazer mudar a minha decisão.

Quando olho estou pronta até que eu conseguir fazer um milagre hoje com a minha maquiagem, nem dá para perceber que eu não dormir nada. Eu pego minha bolsa e vou na direção da porta, pego o Tom dou beijinho nele e vou para CARTER. Paro na frente do enorme edifício da Carter, respiro fundo e entro vou falar com a Lisa ela deve estar super. curiosa.

Lisa: Bom dia, parece que você teve uma boa noite, sua carinha está ótima.

Julia: Bom dia. É mais ou menos, o que uma boa make não faz.

Lisa: Então alguma novidade?

Julia: Sim, eu vou aceita a proposta. Vamos sair hoje por minha conta?

Lisa: Claro temos que comemorar vou convidar os meninos.

Julia: Ótimo, vamos almoçar juntas hoje?

Lisa: Claro...

Eu dou lindo Sorriso a minha amiga é vou na direção do elevador, antes de aperto o botão para o meu andar alguém colocar a mão para segurar o elevador. Eu aperto o botão para abrir as portas. Quando eu o vejo entrar, eu sinto um arrepio sobre o meu corpo, eu sinto que meu corpo está queimando eu estou vermelha eu estou no elevador novamente com o Carter, eu olho para ele. Como ele fica sexys com esses terno fino, como ele consegue ser tão lindo, eu prefiro sair da defensiva e prefiro atacá-lo com o meu poder de sedução com a Lisa me falou, eu só preciso de coragem.

Carter: Bom dia senhorita, espero que o elevador não quebre novamente.

Julia: Bom dia, eu também.

Eu estou vermelha eu sinto que fiquei corada na hora, eu queria falar alguma coisa mais eu não sei; O que eu mais quero e chegar no meu andar. O senhor Carter está próximo o que ele vai fazer agora ele chegar bem e perto e sussurra:

Carter: A senhorita poderia apertar os nossos andar.

Julia: Eu sinto muito, desculpa.

    Parabéns, eu sou muito lerda ele vai achar que além de lerda eu sou idiota. Eu olho para ver em qual andar estamos, ufa falta dois andares para o meu. O elevador para e as portas se abriram; eu olho para ele dou um sorriso é digo.

Julia: Até as 19:00 senhor Carter.

Carter: Senhoria.

      Ele acena eu continuou o meu caminho até a minha mesa, eu me sinto tão bem que nem a vaca da Cassidy estragaria o meu dia, não pretendo encontrá-la hoje por favor.  Pelo visto o Matt não chegou ainda ele tem um caso sério com o despertador. Alguns tempo Matt chegar, ele sempre e radiante e sempre melhora os meus dias.

Matt: Bom dia princesa, tudo bem?

Julia: Bom dia Matt, eu estou e você?

Matt: Sim, eu tenho um convite para te fazer, sexta à noite você tem alguma coisa para fazer?

Julia: Não.

Matt: Vem conhecer academia que eu do aulas para crianças carente do Brooklyn. Eu posso até ensinar a você caso queria se defender de caras babacas, topa?

Julia: Sim, claro.

Gabriel: Bom dia, Julia poderia me acompanha até a minha a sala por favor.

Julia: Bom dia, sim.

Matt faz um sinal perguntando se eu sei o motivo da conversa, eu não faço a mínima ideia do que seja, ou melhor será que o senhor Carter lhe informou sobre essa proposta de trabalhar com ele.

Gabriel: Sente-se, Recebi um E-mail, que o Carter lhe fez uma proposta para trabalhar com ele, meus parabéns Julia, você vai aceitar?

Eu sinto um leve sarcásticos em sua voz ele deve estar com ciúmes? Ou raiva tanto faz não me importo.

Julia: Sim, eu vou aceita a proposta.

Gabriel: Fico feliz que você tenha aceitado, eu gosto de vez os meus assistente crescendo profissionalmente.

Julia: Obrigada.

Eu levanto para sair o Gabriel vem em minha direção me segura pelo braço.

Gabriel: Você sente algo pelo Carter?  

Julia: Por favor, solte o meu braço, eu não deve satisfação da minha vida pessoal, e mesmo se eu sentisse por ele não seria da sua conta.

Gabriel está vermelho, ele soltou o meu braço eu deixou ele sozinho na sua sala e vou direto para sala de descanso o Matt vem logo atrás ele viu que eu não sair com uma cara muito boa.

Matt: Está tudo bem?

Julia: Está sim. É. é vim pegar um café.

Matt: Tem certeza, o que aconteceu ele fez ou falou algo?

Julia: Nada não se preocupe. Eu tenho algo a te contar, o Senhor Carter me ofereceu para trabalhar diretamente com ele com sua assistente, eu aceite vou falar com ele hoje a noite.

Matt parece meio pálido eu vejo que ele força um sorriso.

Matt: Sério que bom, eu estou feliz por você é uma pena que não vamos continuar a trabalhar juntos, vou sentir sua falta de verdade Julia.

Julia: Quanto drama eu vou continuar na mesma empresa podemos marcar para ir Union pool.

Matt: Não vai ser a mesma coisa... Vou sentir muito a sua falta.

Ele me olhar com um olhar de cachorro abandonado, pelo visto vou fazer muita falta para ele.

Julia: Ei, você pode me vista sempre que quiser.

Matt: Obrigado, você e demais sabia:?!

Julia: Vamos voltar a trabalhar?

Matt: É ...

O dia não passar eu estou na minha mesa esperando dá 19:00 é nada. Pelo menos não encontrei o Gabriel o resto do dia. Eu passei o almoço tentando esquecer o senhor Intenso mais e impossível. Lisa está super e animada pela minha nova função o Matt passou o almoço calado nem parecia o meu Matt animado.

Matt: Julia, estou indo. Boa sorte com o senhor Carter, a Lisa me convidou para encontrar você as 21:00 na Union pool, talvez eu apareça por lá.

Julia: Vai por favor, eu quero que você esteja lá vai ser legal.

Matt: Beleza.

Ele foi embora eu estou sozinha no meu setor, vejo que a luz da sala do Gabriel está ligada ele ainda deve estar lá, minha caneta cair eu abaixo para pegar, quando eu olho a porta do Gabriel se abrir e a Cassidy sair da sala arrumando sua roupa e em seguida o Gabriel sair, eu tento fica escondida não quero que eles me vejam. Pelo visto ele já me esqueceu, ótimo.

Alguns minutos depois vejo outras pessoas indo embora de outros setores, eu tenho que ir agora até o andar 48° eu estou super animada, acho que tudo vai dá certo. Eu pego o elevador sorridente nossa como eu estou animada, não vejo a hora de encontrar o senhor Intenso. Bato vezes na sua porta e espero ele me pedir para entrar.

Carter: Entre.

Ele está sentando na sua cadeira, seus olhos estão focados no meu, eu não consigo ler a sua expressão seu olhar e neutro, ele não deixa transparecer nada, ele e quase indecifrável.

Julia: Boa noite Senhor.

Carter: Tudo bem?

Julia: Sim, E vou direto ao assunto eu aceito a sua proposta, mais além de ser sua secretária eu quero que você me passe alguns dos seus projetos.

Carter: Mais alguma coisa senhorita?

Ele realmente quer que eu trabalhe com ele estou feliz que ele tenha aceitado as minhas condições. Acho que posso perguntá-lo sobre o que aconteceu no elevador.

Julia: Não, é quero dizer, por que você me beijou no elevador?

Carter: Realmente você hoje está bem direta. Eu quero deixa claro a você que eu fiz a proposta porque vim um potencial em você, nada mais que isso. Eu não deveria ter a beijado, eu sinto muito senhorita, isso não irá se repetir novamente é espero que você esqueça.

Ele acaba de cravar uma faca no meu coração eu o sinto quebrar em milhões de pedaços, eu não esperava por isso, eu não entendo, eu sentir o quando ele me queria o quanto os nossos corpos se desejavam, eu não quero acredita que ele me falou isso, eu quero gritar chorar. Eu tento me mantém firme até o final dessa conversa.  

Carter: Em questão do seu salário vou duplica e o suficiente?

Julia: Sim, ok... mais alguma coisa senhor?

Eu tenho que sumir daqui agora. Eu não quero que ele veja ás minhas lágrimas.

Carter: Até amanhã.

Eu saio daquela sala tremendo os meus olhos encher de lágrimas eu não pretendo deixar ele me ver chorando, eu me sinto sufocada por tudo que eu tenho a dizer, minha garganta está queimando eu tento contém o meu choro, eu só queria uma explicação mais plausível algo que realmente me convencesse que ele não sente nada pôr mim. Eu tento não chorar quando eu ligo para a minha amiga.

Julia Ligação: Oi Lisa, você está aonde?

Lisa Ligação: Oiiii Julia, eu não consigo escutar você direito. Já estou na Union pool com o Matt é o Gabriel estamos esperando por você para comemorar venham logo beijos.  

Antes que eu possa dizer algo Lisa desliga o telefone, mais que merda, tento controla minhas lágrimas mais não tá fácil, eu sinto elas escorrendo nas minhas bochechas, eu me sinto tão mal, que eu não tenho a mínima vontade de ir até eles. E melhor eu ir do que continuar em casa chorando. Eu limpo as minhas lágrimas e me arrumo e vou a boate, eu tenho que beber algo forte.

Quando eu entro na boate vejo Matt e lisa Dançando o Gabriel está sozinho na mesa com um copo em sua mão, eu descido passar no bar para pegar um drink, Assim que o barman me traz um cervejas digo a ele que eu prefiro pegar algo mais forte e peço a aquela tequila que queima, só assim para passar essa dor que eu sinto no meu peito, eu tomo uma eu peço mais umas duas, três, assim que eu termino de tomar a minha terceira tequila eu me sinto meio tonta e vou até a mesa aonde está apenas o Gabriel, droga...  

Gabriel: Ela chegou a nova secretária do Carter, parabéns. A noite com ele foi animada senhorita?

Ele está agindo igual a uma babaca, vou responder na sua altura.

Julia: Não tanto quanto a sua noite com a senhorita Cassidy.

O Gabriel segura o meu braço tão forte eu tento puxar o meu braço mais eu não consigo ele e muito forte e a segunda vez que ele faz isso, droga... Quando eu percebo o Matt vem em nossa direção e empurra o Gabriel que logo me solta.

Matt: Que merda você está fazendo? Solta ela agora.

Gabriel: Mais um querendo salvar a donzela em perigo.  

Lisa: Gente calma, vamos ser expulso. Matt o Gabriel está completamente bêbado.

Lisa: Julia você está bem ele não te machucou né?

Julia: Eu estou bem não se preocupe.

Gabriel: Tá louco Matt? Não se envolver eu tenho algumas coisas para resolver com a Julia.

Matt segura o Gabriel pela camisa e o joga no sofá, Gabriel levanta e vem na sua direção Lisa tenta para a briga mais é inútil. Dois grandes segurança vem na nossa direção, pega o Matt e o Gabriel e os jogas foram da boates, todos que estava na boate parou para ver o show, eu não consigo mais ver a Lisa eu saio da boate e vejo que abriga dos dois continuar.

Matt: Nunca mais chegue perto da Julia.

Eu esperava sair de casa para tem uma noite de diversão eu queria apenas beber e dançar, só queria esquecer os meus problemas. infelizmente  a minha  noite começou péssima e vai terminar horrível. Obrigada Gabriel por arruinar a minha noite, obrigada senhor Carter por arruinar a minha vida minha.


Notas Finais


Pessoal espero que vocês aproveitem a leitura;
podem comentar a vontade caso queira deixa sugestões sobre a historia, espero que não fique chata a história.

Obrigada á todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...