História Amores - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 0
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Só vai

Capítulo 13 - Torane e Momoko


Seed te abraça e o Torane levemente olha com ciúmes,retribuo e sorrio para ele.

Momoko: bom, não esperava por isso mas,sempre que precisar é só me procurar tá?
Seed: sim, muito obrigado...qual o seu nome mesmo?
Momoko: ah é,eu não disse né. Sou a Momoko Hashikari,mas pode me chamar de Momo
Seed: tudo bem Momo, obrigado por me perdoar
Torane: tchau...vamos logo Momo
Momoko: tudo bem.
Beijo a testa do seed, abraço o multi e volto com o pessoal
Torane: você realmente precisava beijar a testa dele?
Momoko: claro,ele parecia ainda meio triste,achei que talvez o beijo o fizesse esquecer
Torane: então ta...
Você volta com eles
Shiro: lembrei que tenho que ver o Kouji, tchau gente(ele vai embora)
Momoko: tchau shiro. Torane,por que ficou incomodado por eu ter dado um beijo no seed?
Torane: n-nada...
Ele olha pro lado
Momoko: Torane,diga logo
Torane: eu...fiquei com ciúmes
Começo a rir.
Momoko: sério isso? Ficou com ciúmes dele por quê? Ele provavelmente não iria me querer
Torane: sei disso mas...mesmo assim, você também ficaria se visse eu beijando outra garota
Momoko: você fala como se eu tivesse beijado ele na boca,só beijei a testa dele,um beijinho só, porque só um pode fazer isso.
Beijo ele e o abraço.
Momoko: entendeu?
Torane: entendi...desculpe
Momoko: sem problema.
Beijo o pescoço dele e dou algumas mordidas
Ele te carrega no colo
Torane: agora é você que esta me mordendo?Momoko: é,por quê? Não posso? Vou morder o seed então
Torane: não vai não, porque você é só minha
Momoko: bom ouvir isso.
Mordo mais deixando marcas

Ele me leva para o quarto e me deita na cama ficando sobre mim e retribui as mordidas que eu fiz com chupões e mordidas mais fortes deixando marcas que ficariam extremamente visíveis no dia seguinte,ele aumentou os chupões me fazendo arfar constantemente,torane foi tirando minha blusa aos poucos assim como meu sutiã os jogando para longe,ele desce os chupões diretamente para um dos meus mamilos os dando algumas mordidas e chupadas enquanto beslicava e apertava o outro,alternando entre eles me fazendo gemer baixo.

Ele continua estimulando meus mamilos e vai tirando minha saia junto a minha calcinha os jogando para longe descendo todos os chupões e beijos para a minha virilha me fazendo gemer um pouco mais,logo ele abre as minhas pernas e começa a fazer sucções e lambidas que me faziam delirar,como ele me dominava tão rápido? Nosso namoro começou rápido mas mesmo assim,ele tem uma enorme facilidade de me seduzir.

Torane enfia a língua dentro da minha vagina a movimentando com habilidade me fazendo gemer mais alto e comecei a apertar com força os lençóis da cama sentindo meu ápice chegar,talvez ele tenha sentido o mesmo e parou de me estimular me fazendo soltar um gemido em reprovação.

Torane: ainda não,irei te punir bem por ter dito que iria querer o seed para morder e até fazer mais alguma coisa com ele.

Resolvi fazer algo com ele só que não sabia que me arrependeria tanto por isso depois,pensei que provocá-lo faria com que essa vez fosse mais prazerosa ainda.

Momoko: é,acho que o seed me faria sentir tanto prazer que eu iria delirar tanto a ponto de desmaiar.

Ele me olhou como se fosse me matar,vi uma mistura de ódio e luxúria que me deu um arrepio de medo.

Torane: farei você se arrepender por ter dito isso Momoko Hashikari.

Ele me pegou bruscamente e me tirou da cama me prensando com força na parede me levantando e me penetrando com muita força me deixando sem escolha a não ser gritar de dor, enquanto isso ele me mordia com forças deixando marcas muito avermelhadas me beijando ferozmente em seguida dando algumas mordidas no meu lábio inferior o ferindo.

Logo começou a se movimentar cada vez mais forte e mais fundo me fazendo gritar cada vez mais até ele gozar dentro de mim sem parar com os movimentos ferozes e brutos.

Ele me tira do colo dele e me vira de costas penetrando com toda a força possível me fazendo bater a cara na parede,lágrimas escorriam dos meus olhos pela dor,mas junto a elas o prazer estava sem limites,eu gritava e gemia sem parar e muito alto, enquanto torane dizia várias palavras obscenas e eu respondia da mesma forma.

Torane: aah Momoko! Você é tão apertadinha,te arrombar será uma maravilha urg!

Momoko: aaa-AAaaah! Torane! Você é tão grande...ah! Isso! Mais fundo! Mais!

Ele continuou e gozou de novo dentro de mim assim como eu.

Ele tira o pênis de dentro de mim,me joga na cama e volta a me penetrar com muita força metralhando minha próstata,estava gritando sem parar junto a ele que vivia me dizendo milhares de coisas obscenas logo gozando de novo dentro de mim.

Momoko: torane chega.... não estou aguentando mais...por favor...

Torane: ainda não...ainda... não.

Ele me pega e me senta no colo dele extremamente forte me fazendo abraçá-lo por impulso e volto a gemer sem parar até que nos dois gozarmos juntos depois de algum tempo caindo na cama muito ofegantes.

Torane: tomara que...tenha aprendido a lição...

Momoko: s-sim....apren-di...

A gente se ajeita e dorme nu mesmo,o dia seguinte seria muito difícil para mim.


Notas Finais


Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...