História Amores complicados de Kaori (Kakashi-Gaara) - Capítulo 64


Escrita por: e YasumiNaho

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Iruka Umino, Kakashi Hatake, Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Rock Lee, Sakura Haruno, Shukaku, Temari, Tobirama Senju, Tsunade Senju, Yamato
Tags Comedia Romantica, Gaara, Gai, Iruka, Kakashi, Naruto, Romance
Visualizações 141
Palavras 716
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O capítulo a seguir se passa durante o hiato de Naruto Clássico e Shippuden.

Capítulo 64 - Deixe-me Salvá-la!


Fanfic / Fanfiction Amores complicados de Kaori (Kakashi-Gaara) - Capítulo 64 - Deixe-me Salvá-la!

 

-Esperava mais de você, tudo isso por um coração partido? - diz Tsunade.

-Não lembro de ter visto você na aldeia depois que seu namorado morreu na guerra, aliás, quase tiveram que arrastá-la de volta pra ser Hokage. Então acho que você consegue me entender muito bem.

-Afiada como sempre! Você está certa, eu lhe entendo, a vontade de sumir no mundo é imensa e justamente por lhe entender que eu dei a oportunidade de você se entregar pacificamente, sem que houvesse nenhuma punição. Na verdade foram duas chances, primeiro com Iruka e agora com Kakashi e você recusou as duas.

-Eu já estou acostumada a ficar presa. - Kaori dá de ombros. - Pelo menos aqui eu posso ver as grades que me prendem.

-Desculpe por como tudo aconteceu. - Kaori se emociona com o pedido de desculpas de Tsunade. - Eu sempre acreditei no seu potencial e pelo que li do relatório da ANBU, você conseguiu melhorar ainda mais, talvez você estivesse certa, estávamos atrasando você. Estou orgulhosa com o seu progresso. - ela diz e se vira para deixar Kaori, que por um breve momento sente um imenso arrependimento por tudo.

-Hokage-sama! - chama Kaori por entre as grades. - A Akatsuki veio atrás de mim, eu conto o que houve, mas em troca quero lhe pedir algo. Em nome da nossa amizade, por favor, ordene que eu não possa receber mais visitas.

-Como queira, mandarei alguém da inteligência pegar o seu relato. Me avise caso mude de ideia sobre receber seus amigos.

O dia seguinte chega e o guarda lhe entrega um pacote. Kaori abre e encontra um livro, dentro dele estava um bilhete.

“Tivemos ordens de não visitá-la, soubemos que foi um pedido seu, por favor, reconsidere, estamos com saudades. Agora Akira quer lhe matar ainda mais por estar evitando ela. Amo você, maninha. Umino Iruka. Ps: Aproveite o tempo livre e coloque a leitura em dia.”

Kaori se deita abraçada ao livro e chora. Sabia que se os visse naquela situação o sofrimento seria maior para todos, então ignora o bilhete, não o responte e continua com a restrição as visitas.

Mais dois dias se passaram e novamente o guarda lhe entrega um novo pacote, era um outro livro e mais uma vez com um bilhete.

“Como você é teimosa! Kaori, queremos vê-la, sentimos muita saudade, não nos negue isso. Akira está prestes a iniciar uma missão de resgate, por favor reconsidere. Kakashi está arrasado, você não sabe toda a história, todos estamos sofrendo muito por você. Com amor, do seu irmão. Umino Iruka. Ps: Se quiser ser resgatada nós daremos um jeito.”

Kaori pede ao guarda um pincel e tinta para escrever-lhe uma resposta.

“Por favor, não insistam, vê-los só me trariam mais sofrimento. Tirem essas loucuras da cabeça, não quero vocês encrencados por minha causa. Iruka, nunca mais toque no nome do Kakashi ou até os pacotes que você me envia pararei de receber, não me importo se ele esteja arrasado ou não, ele colocou Konoha em primeiro lugar, poderia ter me deixado livre, se realmente me amasse, poderia ter fugido comigo, mas não, ele preferiu me prender, não tenho pena ou remorso. Obrigada pelos livros, são ótimos. Também te amo, sua peste. NK.”

Alguns dias passam e Kaori escuta os passos do guarda se aproximando, ela estava deitada de costas para a grade, lendo seu livro.

-Você tem visita. - diz ele abrindo a cela.

-Mas eu falei que não queria receber ninguém! - Kaori fala indignada, largando o livro e se sentando, ela vê Gaara de pé a sua frente e fica sem entender o que estava acontecendo. O guarda sai deixando-os a sós. - Gaara, o que você faz aqui?

-Fiquei sabendo o que houve com você e que havia sido trazida para cá, então falei ao Conselho de Suna que você seria útil em meu treinamento, devido ao seu Kekkei Genkai e convenci-os a fazer um pedido de transferência para a Aldeia da Areia.

-Mas como isso é possível?

-A Hokage não quis se indispor com o Conselho e disse que estaria disposta a assinar a transferência, mas unicamente se você concordasse com isso. Então… - ele estende a mão para ela. - deixe-me salvá-la dessa vez, Kaori.

FIM DA PARTE 2

 


Notas Finais


No próximo capítulo: Kaori terá chance de um novo recomeço.
*Ai lindinhos, nem sei o que dizer... Só sei que agora sim que os amores da Kaori começam a ficar realmente complicados.
Trilha pro capítulo de hoje: Save Me (Hanson)
https://www.youtube.com/watch?v=Bu8fxY18ms8
Bjokas! Obrigada por acompanharem a história! =)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...