História Amores durante um intercâmbio - Segunda temporada - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts Bangtan Boys
Visualizações 37
Palavras 1.221
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Balada


Fanfic / Fanfiction Amores durante um intercâmbio - Segunda temporada - Capítulo 16 - Balada

Jungkook- Vou achar um restaurante legal pra gente jantar. 

Eu- Em qual balada vamos? 

V- A melhor balada que já fui é aquela que fomos todos juntos.

Jungkook- Ah..-Sorriu- Aquela foi muito legal.- Sorriu me olhando. 

Sorri olhando para frente.

V- Então, mas pensando melhor..  

Jungkook- Nem vem, vai ser naquela mesmo.

V- Tá..

Eu- Em falar nisso, V, depois daquele dia você e a Rebeca voltaram?

V- Não. Depois daquilo eu comecei a gostar mais ainda de você mas como já era tarde demais, deixei pra lá. Foi aí que conheci a S/N que me fez muito feliz até me deixar. 

Jungkook estava com um sorriso irônico no rosto, acho que gostou da sinceridade do V.

Jungkook- E agora está a procura de um novo amor?

 V assentiu- Tipo isso. Na verdade na esperança de conhecer alguém interessante. 

Jungkook- Boa sorte, Hyung.

V- Valeu. Mas aí, você deixou a vida de muleque mesmo, né? 

Jungkook- Claro.. tô amarrado agora. -Me deu uma olhadinha. 

  V deu uma risadinha e olhou pro chão.

V- Dê valor, Maknae. 

Jungkook- Eu dou.

V- Até porque.. -Ele erguiu sua cabeça- Não é todos os dias que se encontra um pitelzinho desses.

Começamos a rir. 

Eu- Pitelzinho, feioso? Sério?

V- Ah. -Disse rindo. 

Um pouco depois chegamos e logo fizemos nossos pedidos. Tivemos um jantar bem agradável.

De volta ao carro; 

Jungkook- Partiu cinema?

Concordamos e ele um pouco antes de ligar o carro ligou o som. Estava tocando "Papar hearts". Os dois sem querer fizeram um dueto e eu não pude conter o sorriso até a música acabar. 

Eu- Sério, vocês mandam muito bem.

Por mais que cantar fosse o trabalho deles, eu não costumava os ouvir cantando frequentemente.

V- Obrigado.

Jungkook- Amor, você deveria ir mais lá ver a gente praticando. Seria bom ter você por perto.

Eu- Queria eu ter tempo pra ir. Mas ó, daqui a pouco a Taty começa o estágio dela na empresa e vocês terão ela por perto.

V- Sério que vamos ganhar uma assistente pessoal?

Eu- Aham. Bom, isso até o estágio dela terminar. 

Jungkook- Mas ela vai ser só de um de nós ou só do manager?.. como vai ser? 

Eu- Não sei direito mas acho que vai ser do grupo de vocês em si. 

V- Isso é muito massa. 

Eu- Peguem leve com a menina.

V- Sim senhora. 

Eu- Senhorita. Sou novinha ainda. 

V sorriu- Sim senhorita. 

Eu- Mas em.. tem notícias da S/N? Ela até hoje não me ligou. 

V- Nos preferimos não manter contato porque seria muito dolorido, mas até aonde eu sei tá tudo bem.

Jungkook- Gente?;

V- Diz.

Jungkook- Mas a Vic não estuda pra ser fotógrafa? 

V- Até aonde eu sei, sim.

Eu- Sim, ela estuda. Por quê?

Jungkook- Quais as chances dela receber uma proposta igual a S/N? Ela vai abandonar o sonho de morar aqui pra viver o sonho de ser uma fotógrafa profissional? 

V- Seria complicado.. 

Eu- Bom, acho que ela não abandonaria o sonho de morar aqui. Acho que tentaria juntar os dois. Tá que ela teria umas viagens a trabalho e tal mas acho que não deixaria de morar aqui não. 

V- Na minha mera opinião, quem prende ela aqui são vocês. 

Eu- Por que?

V- Basicamente porque esse é um sonho que vocês quatro estão vivendo juntas.  Fora que ela não tem mais nada com o Jimin.

Jungkook- Também existem outros países bons pra se viver. 

Eu- Tá mas e quanto a vocês? 

V- Amamos ela e sabemos que é recíproco e tal. Mas, acho que a gente não seria motivo pra ela ficar. Até porque ela também teve que abrir mão dos parentes dela no Brasil pra realizar esse sonho com vocês. 

Jungkook- Mô, pensa bem. Ela já realizou o sonho de morar aqui por um bom tempo. O que impediria ela de ir atrás de outros sonhos? 

Eu- Acho que nada. 

V- Ah feiosa, lógico que vocês. 

Eu- Lógico que não. Deve ter algo maior segurando ela. Isso fora que, estamos falando de probabilidades. 

Jungkook- Mas uma probabilidade muito provável né. 

Eu- É..

Jungkook- Vou ficar muito triste se isso realmente acontecer...

Eu- Nem fala. 

Jungkook- Chegamos. 

Saimos do carro e fomos em direção ao elevador.

Eu- Que viagem mais longa, tá louco. 

Eles riram.

V- Vou atrás de comprar umas coisas pra gente comer durante o filme. 

Jungkook- Beleza, enquanto isso a gente compra os ingressos.

Eu- Mô, enquanto você compra os interessados eu recarrego nosso cartão da sala de jogos. 

Jungkook- Ok.

Cada um de nós foi em um andar diferente resolver sua parte.

~ Chamada V/Jungkook/ Isa On~

Eu- Iae. 

Jungkook- Vocês estão aonde? 

V- Terminando de passar as coisas no caixa. Por? 

Eu- Acabei de recarregar nosso cartão. 

Jungkook- Ok. Que tal a gente ir jogar? Temos uns quinze minutos até o filme começar. 

Eu- Por mim ok. 

V- Tô indo pra sala de jogos então. 

Jungkook- Tá, já tô indo também. 

~  Chamada V/Jungkook/ Isa Off ~

Um tempinho depois eles chegaram e nós ficamos jogando até o filme começar. 

Na sala de cinema nós pegamos as cadeiras mais altas e eu me sentei entre os dois. Quando chegou mais ou menos na metade do filme eu escorei minha cabeça no ombro do Jungkook o que fez ele me abraçar. Dez minutos depois o Taehyung pediu para se escorar em mim e eu permiti. Quando fui me dar conta das coisas, eu estava deitada sobre o peito do Jungkook e V sobre o meu. 

Assim que o filme encerrou, fomos para o estacionamento.  Detalhe, os três com caras de sono. 

Jungkook- Iai.. vão querer ir lá? 

V- Fica a quanto tempo daqui mesmo? 

Jungkook- Mais ou menos meia hora. 

Eu- E que horas são? 

Jungkook- Onze e dez. 

Eu- Você quer ir? -Disse com Jungkook. 

Jungkook- Então, eu sei que se eu for eu vou me animar.. então sim.

Eu- V? 

V- Tô na mesma. 

Eu- Então bora. 

V- Mas Kook, você vai beber? 

Jungkook- Tô pensando seriamente em deixar o carro em casa e pedir um táxi ou um Uber pra eu poder. 

V- Então Let's go. 

Eu já estava me perguntando qual seria o assunto da vez, mas fui surpreendida pelo silêncio durante toda a viagem até em casa.  Jungkook guardou o seu carro e pedimos um Uber. 

Depois que chegamos na balada, teve aquela rodada inicial de lei e nós três fomos para a pista. V foi para um lado e Jungkook e eu para o outro. Nós estávamos dançando envolvidos com a música e o V com alguma garota, não pude ver direito. Mas como de costume, estava tudo bom demais pra ser verdade. Foi só o tempo do Jungkook ir ao banheiro e voltar para as coisas acontecerem.

Eu permaneci na pista de dança dançando igual uma louca esperando ele voltar. Ele estava demorando muito e o V de longe percebeu isso  e então se aproximou. 

V- Cadê o Kook? Tá tudo bem? 

Disse dançando perto o suficiente na tentativa de eu o ouvir devido ao som alto mas longe o suficiente para ser algo normal.

Eu- Ele foi no banheiro mas ainda não voltou.

V- Que? 

Ele não tinha ouvido, então cheguei mais perto. 

Eu- Ele tá no banheiro.

V- Ata.

Me espondeu e se afastou. Mas, porém, toda via, bem na hora que ele iria se afastar, alguém esbarrou nele o fazendo vir para cima de mim. Ele apoiou suas mãos em minha cintura pra não cair e sua cabeça parou em meu ombro. Quando ele tava se erguindo, Jungkook chegou por trás.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...