História Amores durante um intercâmbio - Segunda temporada - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts Bangtan Boys
Visualizações 11
Palavras 772
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 30 - Vou contar


Fanfic / Fanfiction Amores durante um intercâmbio - Segunda temporada - Capítulo 30 - Vou contar

Eu- Os exames? 

Jungkook- Sim. -Ele entregou os exames na mão do V- Toma. Troca essa roupa, não vamos precisar mais. 

V- Tá bom. 

Jungkook- Enfia os exames debaixo da sua blusa, dentro da cueca ou o que for, só não deixa ninguém ver isso. 

V- Ok.

Jungkook- Eu vou dar um jeito nisso -Olhou pro doutor no chão e depois pro V- Leva a Isabella pra casa, ela vai precisar descansar. 

Eu- O que quer dizer com "dar um jeito nisso"? 

Jungkook- Matar ele que eu não vou né. 

Eu- Sei lá, você é doido. 

Jungkook- Também não é pra tanto. -Olhou pro V- Leva ela. 

V assentiu e Jungkook saiu dali. 

V- Vou trocar essa roupa e já volto, não sai daqui. 

Ele foi rápido e voltou rápido já me tirando dali.

V- Você tá se sentindo bem? 

Estávamos caminhando pelo hospital, indo pra saída dele. 

Eu- Tô. Só com sono na verdade. 

V- Tô achando melhor você se consultar antes de irmos. 

Eu- Não, não precisa. Eu fico com sono quando abalada ou fraca. Chama a Mika. 

V- Vamos lá pra casa, ta?

Assenti.

Eu me sentei em um banco ao lado de fora do hospital. Tava me sentindo tão fraca que parecia que a qualquer momento iria desmaiar. V se afastou um pouco de mim para fazer umas ligações, ficando mesmo distante de olho em mim. Minha visão estava meio turva, nada e muita coisa ao mesmo tempo se passava pela minha cabeça.

Eu- Tae.. - Disse em um tom alto para ele ouvir. 

Ele me fitou, disse umas coisas no celular e se aproximou. 

V- O que foi? - Se sentou do meu lado.

Eu- Acho que vou desmaiar. 

V- O que tá sentindo? 

Eu- Visão turva, to bem fraca e tonta. Minha cabeça doe.. 

V- Mais alguma coisa? 

Eu- Vontade vomitar. 

V- Aonde o chute que ele deu na porta te atingiu mais?

Eu- O impacto da porta contra minha cabeça foi forte..

V- Você vai ficar bem. Olha, o carro chegou. 

Ele me ajudou ir até o carro, depois disso eu não me lembro de mais nada. 

                             - - 

Acordei sozinha na cama do Taehyung, olhei pra janela meio aberta, era noite. Em cima do criado mudo tinha uma bandeija com uns remedios. Me levantei, me sentia melhor. Reparei no que estaga vestindo, era uma blusa social do Taehyung relativamente grande, calcinha e sutiã. Ao começar a andar pela casa pude perceber tudo em ordem, não ouvia sequer uma voz. Me aproximei mais dos cômodos entreabertos comecei a ouvir sussuros, logo mais achei eles na sala de estar. Todos estavam ali, com exceção de Jimin é claro, e Victória. 

Suga- A bela adormecida acordou. -Ele parecia concentrado no computador ao lado do Jungkook, somente sentiu minha presença. 

Jin- Isa.- Fui de encontro a ele e lhe abracei. 

Hope- Como você tá? 

Eu- Melhor. 

Mika- Daqui a pouco vou te dar outro analgésico. 

Taty- Amiga, senta aí. 

Eu- Preciso trocar de roupa.. 

Jin- Larga de ser besta.. parece apenas que você tá de biquíni. 

V- Senta aí feiosa.. 

Me sentei ao lado do Jin e do Hope. 

Nam- Tem certeza que tá melhor? 

Assenti. 

Eu- O que aconteceu? Só me lembro de entrar no carro. 

V- Você dormiu. Ou desmaiou, como preferir. Chagamos aqui e eles já estavam nos esperando. -Ele se referia aos meninos- Eles me ajudaram a te trazer com cuidado pra cá. Depois disso a Mika e a Taty que assumiram. 

Mika- Depois de um tempinho você foi acordando aos poucos, te ajudamos no banho e você ficou dopada dos remédios. 

Eu- Que horas são? 

Nam- Uma e meia da manhã. 

Eu- Dormi muito..

Nam- Por uma boa causa.

Suga- Acho que vai gostar de saber que o doutor foi preso. 

Eu- Como? Por que o Jungkook não foi também? 

Jungkook sem tirar os olhos do computador- Legítima defesa. 

V- Quando chegamos em frente a porta vimos sua sombra encostada nela. Ai nós começamos a gravar pra ter como provar o acontecido pra polícia. 

Eu- Por isso você falou que já tinha ouvido demais? 

V assentiu. 

Eu- Sua voz ficou muito grossa. 

V- Era a raiva falando. 

Jungkook- Inclusive -Ele ainda olhava pro computador - Desculpa a pancada. 

Eu- Não, tudo bem.

Jungkook- Feito.

Suga- Calma ae... Feito também. 

Eu- O que estão fazendo?

Suga- Instalamos câmeras escondidas no quarto do Jimin pra ficar de olho em quem entra ou sai. 

Jin- Estão de olho nos medicamentos dele também. 

Jungkook- Não contei pra eles ainda. -Disse comigo. 

Eu- Desculpa, o que?

Jungkook- Não te culpo, muita coisa pra pensar. To falando da pasta da Victória. 

Eu- Ah sim, você conta ou eu conto? 

Jungkook- Vou contar..

Eu- Tá..





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...