História Amores durante um intercâmbio - Segunda temporada - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts Bangtan Boys
Visualizações 20
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 35 - Ótimo começo


Fanfic / Fanfiction Amores durante um intercâmbio - Segunda temporada - Capítulo 35 - Ótimo começo

Me sentei e chorei ainda mais. Estava tudo bom demais pra ser verdade. Me levantei e fui até o banheiro fazer minha higienes, estava decidida e sedenta de ver o Jimin. 

Eu- Bom dia. -Disse passando pela cozinha indo direto até a porta de saída. 

Taty- Ow, aonde vai?

Parei na porta- Ver o Jimin.

Mika- Mas nós não temos que trabalhar? Vai se atrasar. 

Eu- Não se eu for correndo. Preciso ver ele. 

Vic- Você tá bem? 

Eu- Vou ficar. 

Tranquei a porta e entrei no elevador, precisava ligar pro Taehyung e saber se estava tudo bem.

~ Chamada On ~

- Bom dia neném. 

Eu- Oi, bom dia. Ta tudo bem por aí? 

- Tá sim. Por que essa voz de preocupação? Aconteceu alguma coisa? 

Eu- Não, é que eu sonhei com o Jimin, só isso. 

- Algo ruim? 

Sai do elevador e fui pra frente do prédio. 

Eu- Não, longe disso. Sonhei que ele estava acordando. 

- Nossa.. -Ele sorriu abafado- Podia se tornar realidade. Que barulho de carro é esse? 

Eu- Espera aí. Táxi! -Fiz sinal pra um e ele parou- Tô indo aí, Tae. -Falei o endereço com o motorista e ele deu partida. 

- Você ta bem? Não vai se atrasar pro trabalho? 

Eu- Não, tô com tempo ainda. 

- Se arrumou mais rápido que o normal hoje. 

Eu- Com toda certeza vai valer a pena.

- Por que não pede pro manager falar com sua chefe pra ela te dar férias? Estamos passando por algo difícil. 

Eu- É melhor não, lá eu consigo me distrair um pouco.  

- Entendo. 

Eu- Vocês vão trabalhar hoje? 

- No que podemos trabalhar, estamos fazendo. Mas não podemos fazer muito sem o Jimin, não faria sentido. 

Eu- Entendi.. então estão livres do trabalho?

- Sim. Manager nos liberou. O Namjoon e o Suga estão trabalhando hoje em umas coisas, Hoseok deve estar treinando alguma coreografia ou coisa assim porque sei que ele tá no estúdio. Já o Jin e o Jungkook eu não faço ideia de onde estão. 

Eu- Quem vai ficar com o Jimin durante a tarde? 

- Bom, no início era pra Lisa estar aqui, mas devido as coisas que aconteceram é melhor não. Então acho que o Jin vai vir.  

Eu- Entendi. Então ta bom, daqui a pouco chego aí. 

- Fica bem. 

Eu- Você também.

~ Chamada Off ~

O hospital não era tão distante, mas o caminho me deixou mais tranquila. Pude esfriar a cabeça. 

Ao chegar no hospital fui direto para o quarto do Jimin. 

Eu- Bom dia. -Disse entrando e fechando a porta em seguida. 

V- Bom dia. - Nos abraçamos -Me dá aqui.. -Ele pegou minha bolsa e a colocou em uma mesa por ali.

Me aproximei do Jimin. 

V- Vou ir lá buscar café e dar um tempo pra vocês, tá bom? -Ele fez um carinho na minha cabeça. 

Eu- Tudo bem.. obrigada. 

Ele saiu nos deixando a sós. 

Eu tinha muito o que falar pro Jimin, mas nada saia. Puxei uma cadeira e me sentei ao seu lado, segurei sua mão e a fiz carinho por um longo tempo. Eu sabia que ele sentia o que estava tentando passar para ele. 

Um tempo se passou e o V entrou na sala com dois copos de café da mão. 

- Tudo bem? -Disse fechando a porta com o pé. 

Eu- Tudo sim. 

Ele me entregou um copo. 

Eu- Obrigada. 

Coloquei a cadeira que tinha pego no lugar e me sentei numa poltrona ao lado do V. 

- Seu rosto está meio inchado.. o que houve? 

Eu- Chorei a noite inteira. Dormi que nem percebi. 

- Chorou essa manhã? 

Assenti. 

- Isso logo vai passar. 

Assenti- Eu sei.. só quero que passe logo. 

- Eu entendo, eu também...

Ficamos mais um tempinho conversando sobre coisas aleatórias até que eu me levantei.

Eu- Preciso ir, já to atrasada.

Ele se levantou e me abraçou - Fica bem, bom trabalho.

Eu- Valeu. -Sorri e me direcionei até a porta.

- Se não estiver aguentando ficar lá é só me ligar, tá bom?

Assenti- Obrigado.

Fui para frente do hospital e pedi um Uber já que não via nenhum táxi passando por ali. Dentro do carro eu recebi uma ligação da Mika, ela queria saber aonde eu estava e se estava bem. Eu disse que sim e que estava indo trabalhar. Mika disse pra eu avisar a nossa chefe que ela chegaria atrasada por motivos maiores, ela também queria ver o Jimin. 

Ao chegar na cafeteria logo fui atrás da nossa chefe explicar a situação, ela foi muito compreensiva e disse que se a gente quisesse, era pra pegar férias. Eu agradeci e disse que não precisava, só que às vezes iríamos chegar atrasadas. Ela entendeu e disse que qualquer coisa era pra a avisar, ela iria compreender. 

Após conversar com ela dei início ao meu expediente atrás do balcão. 

Eu- Aff.. -Sussurei ao ver a Katy entrar, era um ótimo começo de expediente.

Ela se aproximou do balcão.

Eu- Bom dia, no que posso lhe ajudar? 

Katy- Me vê um capuccino já que meu namorado você não me devolve. -Disse de uma forma abusada.

Avisei a cozinha de seu capuccino, eles começaram a preparar. 

Katy- Espero que esteja o fazendo muito feliz já que tirou a minha felicidade. 

Eu- Primeiro que eu nunca te tirei nada, ele estava comigo porque ele queria. Segundo que até aonde eu sei ele está solteiro, faça bom proveito. 

Ela abriu um enorme sorriso ainda abusada. 

Katy- Tá falando sério? 

Eu- Sim. Apesar de saber que nenhum cara nesse mundo merece alguém tão estúpida como você. -Sorri inclinando a cabeça um pouco pra direita - Mas ok, vai lá e tenta a sorte.- Recebi da cozinha e lhe entreguei seu café- Tenha um bom dia. 

Katy- Vou levar isso como um desafio. -Sorriu piscando o olho direito e saiu dali.

Mika chegou na mesma hora que Katy estava saindo, elas acabaram se esbarrando na porta. 

Mika- Sai menina, euem. -Disse a fitando de cima a baixo.

Katy- Cadê a educação? 

Mika- Só pra quem merece. -Esbarrou com força no ombro da Katy e entrou - Boom dia!! -Disse quase num grito pra provocar a Katy.

Katy a olhou com cara de nojo e foi embora. 

Eu- Você é um ícone! -Disse dando um toque de mãos com ela. 

Mika- Eu sei. -Sorriu- Vou dar um oi pra chefe e bater cartão. Ela ficou brava comigo? 

Eu- Jamais. Fala lá com ela.

Eu continuei por ali atendendo os clientes e a Mika se aproximou. 

Mika- Iai.. o que tem pra fazer? 

Eu- Acho que nada. Só aquelas mesas ali mas já foram servidas. 

Mika- Gosto. -Se sentou em um banco do meu lado- Vou ficar aqui atendendo com você no balcão. 

Eu- De boas. 

Mika- Iai.. tá tudo certo?

Eu- Na medida do possível. E você com esse término com o Yoongi? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...