História Amores e amizades (NejiSaku) - Capítulo 15


Escrita por:


Capítulo 15 - Uhum...


— É sério?— Sakura perguntava abismada.— Mas, como?

— Pois é... Eu só acreditei quando vi...— Naruto afirmava, e Sasuke só olhava com a sua cara confuso. 

— Do que vocês estão falando?— Ele fez a pergunta que Kakashi também queria fazer.

— Você não sabe?— Sakura pergunta se virando pra eles.

— Ihhhh! Olha lá Sakura-chan! Eles não sabem!— Naruto ria, deixando os dois mais confusos.

— Mas, do que vocês estão falando?— Kakashi insistia. 

— É Naruto, do que estamos falando?— Sakura perguntou também, e Naruto os olha.

— Eu pensei que você soubesse Sakura-chan... Do que estamos falando?— Os dois se entreolham e riem igual hienas. 

— Como eu aguento...?— Sasuke diz fazendo Kakashi sorrir por debaixo da máscara. 

—  Olhas as horas...— Sakura olha no relógio do restaurante.— Eu tenho um compromisso ainda.

— Mas, já? Sakura-chan?— Naruto pergunta meio manhoso.

— Sim, eu tenho que ir, amanhã nos emcontramos, um beijo pra você,  um beijo pra você e um beijo pra você.— Sakura beija a testa de cada um, deixando os dois mais novos corados.—  Tchau.— Ela saí da mesa e começa a andar, ao sair do restaurante, ela vê que o sol já brincava no meio das estrelas. 

Ela foi para sua casa um pouco de pressa, a primeira coisa que ela fez a o chegar, ligou para Neji, e falou que eles saíram  com o Lee e a Tenten. Ele aceitou contra gosto, queria passar um tempo só com sua rosada, mas ficou feliz, mesmo assim.

Depois Sakura ligou para seus outros dois amigos, chamou Tenten para se arrumar em sua casa, queria falar com a menina. Ela estava inquieta, ficou sentada no sofá cruzando as pernas. Quando ela ouviu a campainha, correu para porta, dando de cara, com os olhos da morena, ela abre caminho e a mesma entra.

— Você me parecia com pressa no telefone, aconteceu algo?— Tenten perguntou, fazendo Sakura fechar a porta.— Ah... É claro! Aconteceu algo!

— Não aconteceu nada, eu só quero que você fique bem bonita para o Lee.— Ela diz pegando a Tenten pelo braço e a puxando para seu quarto que ficava no segundo andar. 

— Então... Aconteceu algo depois que eu e o Lee fomos?— Tenten muda de assunto, rapidamente, fazendo Sakura sorrir.

— Não, nada... Apenas o Neji-kun me consolou e falou que está tudo bem.— Ela disse inocentemente, tirando um sorriso malicioso do rosto da morena. Tenten pigarreia.

— "Kun"? É?— Só agora Sakura tinha percebido o que falou, e colocou a mão na boca.

— Na-Não! Não! Não! E não! Aaah! Não me confunda, malvada!— Sakura faz com não com a mão várias vezes.

— Estava na cara que isso aconteceri... Ah, depois vocês foram pra casa?— A simples pergunta fez Sakura corar, aquela pergunta não foi apenas para saber se eles foram assistir um filme, e Sakura sabia muito bem.

— Nã-Não! Eu fui ficar com meu time!— Ela se apressa a dizer.

— Aham... Mas então, eu trouxe o que vou vestir, mas e você? O que vai vestir para o Neji?— A provocação não fez efeito. 

— Um vestido vermelho.— Ela diz abrindo seu guarda-roupa.— Nada demais. 

— Ah...— Tenten murmura.

As duas se arrumavam, conversando coisas frívolas, algumas indiretas, diretas, tanto do Tenten como da Sakura, pareciam como cão e gato quando se pegam no meio da rua, só que amigavelmente. Terminaram depois de uma hora, de guerra, elas  conseguiram. Estavam realmentes belas, simplesmente, naturais, mas, belas. Não precisavam  de maquiagem super carregadas, apenas um gloss em seus lábios, e alguns detalhes. Elas esperavam inquietas, os meninos, que decidiram ir buscá-las. 

— Eu vou esguelar aqueles dois!— Tenten esbraveja, já fazia alguns minutos que eles estavam atrasados.

— Calma Tenten-san!— Sakura tenta acalmar a menina.— Fique calma.— Depois dela falar, ouve-se o barulho da campainha.— Se acalme que vou atender.— Ela foi até a porta e só colocou o rosto pra fora.— Meninos...

— Desculpe a demora.— Neji pede corando um pouco.

— A Tenten só está um pouco nervosa,  nada demais.— Ela diz sorrindo.

— Sakura!! Quem está aí?! Espero que não seja aqueles dois!— Ela grunhi, fazendo Sakura segura a risada ao ver a cara dos meninos de assustados. 

— Eu cuido disso.— Ela fecha a porta, do lado de fora, os meninos ouviam barulho de coisas quebrando e gritos. Logo a porta abre-se mostrando, duas belas meninas, com sorrisos forçados.— Aqui.— Ela empurra  a Tenten para o Lee.— Podemos ir? 

— Claro.— Neji diz sorrindo para ela, que cora ao perceber o quanto bonito estava.

Tenten e Lee foram mais a frente, conversando, trocando sorrisos... Logo atrás, o casal não asumido, apenas continuavam quietos, quando encontravam-se os olhos, coravam e voltavam a fixa na frente. 

— Chegamos.— Lee diz, parando em frente a um restaurante. Sakura o olhou, e pensou se realmente foi Neji que tinha escolhido.

— Vamos.— Neji abrindo a porta para Sakura, que entrou um pouco constrangida, sabia que ele queria fazer tudo perfeito, mas ela não queria o perfeito, mas sim o Neji. Ele afastou a cadeira para ela sentar, se portava como um verdadeiro cavalheiro.— Está gostando?

— Sim, está tudo muito ótimo.— Ela sorri fraco para o menino a sua frente.

— Quando vão nos contar?— Lee pergunta, tirando os dois do transe que entraram se fitando.

— Vocês já sabem mesmo.— Neji olha o outro casal.

— Mas, vocês têm que falar, como bons amigos que são.— Tenten retruca fazendo Neji bufar e Sakuea rir.

— Eu e a Sakura estamos juntos.— Ele diz pegando na mão da rosada.

— Ah, já sabíamos.— Os dois dizem juntos, fazendo Sakura rir, e o Hyuga criar uma carranca.

— Vocês...— Ele não terminou, pois sentiu os lábios de sua amada em sua mão, ele a  olhou, e ela beijava sua mão.

— Nós também sabíamos de vocês.— Sakura sorriu cinicamente para o casal, que coraram instantaneamente, simultaneamente.

— O-O que?!— Lee perguntava com uma cara desesperada.

— Senhores, o que vão pedir?— Um garçom chega, fixando seus olhos nas meninas, então Neji pigarreia, trazendo a atenção pra si, ele pede o que queria, e os outros também. Logo ele saí com os pedidos anotados.

— O que foi?— Sakura pergunta olhando para a cara do menino a sua frente. 

— Não vão nos dizer, que estam com ciúmes?— Tenten pergunta, arqueando uma sombrancelha, a pergunta foi para os dois.

— Não.— Os dois dizem juntos, virando a cabeça para direções diferentes, as meninas riem em conjunto. 

— Eu não acredito, é sério?— Sakura pergunta tocando novamente na mão do Hyuga que a olha.— Já não conversamos sobre isso?

— Tiveram tanto tempo assim?— Tenten zomba, recebendo uma carranca agora de Sakura.

— Vocês tiveram a mais tempo, né?— A rosada retribui, fazendo Tenten fazer bico, e voltar a olhar para Lee. 

— Te amo.— Ele sussurra no ouvido de Sakura, fazendo a menina se arrepiar inteira.

— Olha Lee, são tão fofos.— Tenten provoca, vendo o efeito das bochechas coradas da parte da Haruno.

— Não enche Tenten.— Neji  repreendia.

— "Não enche Tenten".— Tenten o gozava, fazendo ele arquear uma de suas sombrancelhas, com uma expressão conhecida por a Mitsashi.— Parei, parei, parei...

A comida chegou, e eles comeram normalmente, mas lógico, Tenten pediu uma garrafa de saquê, e começou o inferno. Tiveram que sair do restaurante por causa do constrangimento alheio. Sakura cuidou que eles ficassem seguros em casa, sabia que Neji não era te tolerar essas coisas. E se sentia culpada, por ter estragado a noite que era deles.

Depois de deixar Tenten em casa, começou a andar ao lado do Hyuga, que estava em um silêncio, que era bem estranho para a rosada.

— Me desculpe...— Ela pede, trazendo o olhar do mais velho pra si.

— Por quê?

— Eu acabei estragando a noite, que era pra ser de nós dois.— Ela abaixa a cabeça.

— Você não estragou nada, eles estragaram.

— Mas...

— Sakura, você nunca estragará nada em minha vida.— Ele diz a parando. 

— Hum?— Ela o olha, e vê os olhos antes opacos com uma luz, pequena, mas existia.

— Você é quem consertou tudo.— Ele pega o queixo dela, levantando-o mais.— E eu te amo por isso.— Ele junta os lábios, em um beijo intenso mas, calmo. 

As línguas já se enroscavam uma na outra, perfeitamente, aquele  beijo, parecia esperado pelo os dois lados. Sakura sorriu no meio do beijo.

— Quando eu acordar amanhã, verei que foi tudo um sonho, né?— Ela pergunta ainda com os lábios grudados nos dele.

— Então não durma.— Ele diz abraçando a cintura da menina.

— Estamos no meio da rua, de madrugada.— Ela diz separando o beijo.

— Você é muito má...

— E você um bebê, vem vamos.— Ela puxa o corpo molengo do menino, que estava manhoso. 

Ela chegou em sua casa, abriu a porta, deixando Neji passar. Falou para ele se sentir em casa que ela tomaria um banho, mandou ele escolher um filme para eles assistirem. 

— Comédia... Suspense... Animado... Ficção... Terror!— Ele pega um das caixinhas, onde tinham os cd's de terror.

Ele procurou algum que não tivesse assistido, então pegou um que achou interessante. Ouvindo ela descer.

— Pronto?— Ela pergunta relaxada.

— Ah, sim.— Ele afirma, meio corado, ao ver  roupa que a menina usava, era uma camisa grande que ia um pouco abaixo da cintura e uma bermuda colada  que ia um pouco em cima do joelho.

— Pode ir tomar banho, arrumei algumas roupas, e tem toalhas limpas no banheiro.— Ela diz indo pra cozinha.

— Onde!?

— Subindo, terceira porta a esquerda!— Ela grita da cozinha começando a mexer nas panelas.

Sakura estava fazendo alguns quitutes, e Neji tomava um banho, queria saber o porquê, da menina ter roupas masculinas. Terminou o banho, que foi rápido, se ajeitou na roupa, que caiu como uma luva.

A rosada já tinha terminado, colocando as comidas na mesa de centro, esperando inquieta. 

Ele havia descido a alguns segundos, mas gostava da cena que estava vendo, a menina estava com a perna cruzada, e o dedo batendo incansavelmente contra sua perna, logo ele corta essa preocupação. 

— Sakura?— Ela o olha como se tivesse visto um fantasma.— Tudo bem?

— Sim. Só queria ver se a roupa cabia, vem vamos ver o filme.— Ela dá umas batidinhas do seu lado, o fazendo ir até lá e sentar grudada com ela.— Você não avisou que estaria aqui...

— Não ligo.— Ele coloca seu braço confortávelmente no ombro da menina, a trazendo mais pra si. Ele pega o controle e liga a tv.— Te amo...

— Também...— Ela diz olhando para a tv.— Vê se não dorme.— Ela não ouve resposta.— Neji? Neji? Nejiii!— Ela grita, logo vendo-o rir com gosto, arrancando uma carranca antes vista na cara do garoto.

— Não fica assim comigo...

— Você é um i...— Ele não deixa-a terminar pois grudou os lábios.—...Diota...

— E você a minha vida...





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...