1. Spirit Fanfics >
  2. Amores não correspondidos >
  3. One

História Amores não correspondidos - Capítulo 1


Escrita por: Rufo26

Notas do Autor


Oi amores essa fic é bem pessoal, resolvi postá-la para o mês dos namorados.
Para todos aqueles que como eu tem um amor platônico espero que gostem e que nossa sina possa mudar.
Boa leitura.
Bjs de luz 😘 😘

Capítulo 1 - One



"Pode partir meu coração. Mil vezes se desejar. Sempre foi seu para machucar como quiser...
Amarei você até meu último suspiro.
Cada batida do meu coração é sua. Não quero morrer sem que saiba disso."
                      - A seleção


Guinevere sempre foi sozinha, não no quesito de amigos, mas quando se tratava de alguém para amar parecia que ela não havia nascido para o tão esperado amor.
Todo dia 12 de junho para ela era  um dia  normal como todos os outros, ela trabalha atendendo vários casais apaixonados e melosos ( mesmo detestando essa parte).
Mas naquele ano era diferente, suas amigas tinham seus amores, até a amiga com quem dividia uma casa havia encontrado um par e ela não. E o que ela fazia para espantar aquela melancolia era escrever, fazer seus personagens fictícios terem um final feliz a deixava sempre feliz. Era como se por algumas horas ela ficasse fora de órbita e ela gostava dessa sensação!
- Sandy o que vai fazer para o Thiago esse ano? - perguntou ela para sua amiga.
- Não sei mulher, tenho que pensar em alguma coisa romântica né?
- Claro! - disse ela com convicção - Se quiser eu posso te ajudar!
- Tá bom eu vou ver e te falo. - respondeu Sandy.
Enquanto elas conversavam um belo impala 67 entrou na rua. Guinevere sabia quem era e isso fez seu coração bater cada vez mais forte. Peter era quem chegava e ela sabia que ele poderia estar com suas inúmeras companhias já que ele era o que todos chamam de Don Juan.
- Ele está com uma garota! - falou Sandy.
- Eu não vou olhar.
Sandy percebeu que Guinevere havia se abalado, e como sempre se compadeceu com a dor da amiga.
- Não fica tristes não, quem sabe ele ainda vá olhar você com outros olhos.
- O que? Isso? Pff eu não ligo, ele é solteiro faz da vida dele o que quiser.
Por fora ela era inabalável, mas só ela e Deus sabiam como ficava seu coração. Era sempre assim ela sempre se apaixonava por quem não a queria, e quando ficavam juntos ela era a que mais amava, a que mais se dedicava, a que mais se importava e com Peter não seria diferente.
Ela chegou em casa, Nara e Juliete estavam vendo filme.
- Que cara é essa? - perguntou Nara
- Acho que eu preciso arranjar alguém!
- Já te falei isso, você está sozinha porquê que.
"Claro todos os dia eu recebo um pedido de namoro"
Pensou ela.

                * * *
Dia 12 de junho chegou e ela no mesmo dilema, ela foi trabalhar mesmo sabendo que aguentar aquele dia que para muitos era especial, sorrir para todos com o coração partido, ver todos alegres e ela com sua melancolia infinita.
Na volta para casa sabia que Nara não estaria em casa, pegou uma taça de vinho, pós em sua play list sua música favorita da Mille Cirus the climb enquanto pensava se um dia se livraria daquela sina de amores não correspondidos.

 

 


" Sempre haverá uma outra montanha
Eu sempre vou querer movê-la
Sempre será uma batalha difícil
Às vezes eu vou ter que perder
Não é sobre o quão rápido chegarei lá
Não é sobre o que está me esperando do outro lado
É a escalada"
 


Notas Finais


Gente quem conhece mille cirus sabe que essa musica derruba um mamute né.

Espero que gostem foi feita com carinho. 😊

Bjs de luz 😘 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...