1. Spirit Fanfics >
  2. Amores Roubados >
  3. E-mails

História Amores Roubados - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 3 - E-mails


Yuri Yamazaki

 

“Todos temos poder para matar em nossas mãos, mas a maioria das pessoas tem medo de usá-lo. Os que não têm medo controlam a vida.”

Corta!

_Então ficou bom? – Precisava saber se meu desempenho havia atingido o esperado, olhei a minha volta e aparentemente eles estavam satisfeitos. Sai de cena e fui até o diretor que acompanhava cada detalhe das gravações. Ele apertou minha mão e deu “tapinhas” no meu ombro.

_ Não poderíamos ter escolhido pessoa melhor, não dá para acreditar que essa é sua primeira vez atuando Yamazaki!

Sorri um pouco sem graça, apesar de tudo ainda sou tímido quando se trata de elogios.

_ Obrigado Ricky! Estou dando o meu melhor! - Ele riu e fez aquele sinal de joeinha.

Despedi-me de todos, fui até o camarim onde uma das staffs organizava o que eu deveria vesti, a agradeci, troquei de roupa e sai. Fora do set observei o céu, estava nublado, já havia dispensado meu agente, que na verdade é mais meu amigo do que qualquer outro é o cara que posso contar a qualquer momento. É ele quem providência o transporte e tudo que preciso, ou seja, eu estava sem carro e nem se quer tinha um guarda-chuva, não havia me preparado para uma noite chuvosa, então pensei em ir ao café que fica próximo ao estúdio, iria até lá como de costume e ficaria no local mais reservado, que se encontrava no segundo andar do estabelecimento. Pensei que assim poderia ler um pouco para me distrair enquanto tomava aquele delicioso café, gosto de manter certas rotinas.                                                                

  Já dentro do café, pedi um expresso, é claro com a maior descrição possível, usava um boné escuro, casaco da mesma cor, e utiliza o capuz para melhorar "o disfarça" há muito tempo não passo despercebido nos lugares, eu gosto do reconhecimento, no entanto, muitas vezes sinto falta da minha privacidade. Estabeleci-me em uma mesa no canto da parede, com pouca iluminação isso era crucial. Peguei meu celular deslizei os dedos sob a tela algumas vezes e notei que existia algo na caixa do meu e-mail, cliquei no lugar especifico e me deparei com esse trecho vindo de um remetente desconhecido:

Eu sou o lugar onde tu és adorado todos os dias, tenho o coração que o amará por toda a vida, e tenho a mente que recorda de você a cada instante, me pergunto por que ainda insiste em não acreditar. Seu corpo me pertence, você não poder dizer não, você já é meu há muito tempo.”

Fiquei inquieto com a situação, mas realmente não pode descobrir quem havia me enviado aquele e-mail e eu não tinha tempo para me preocupar com coisas assim,  às últimas semanas estão passando em um ritmo frenético, os últimos episódios da série que estou gravando tem sido o assunto mais comentado do momento, o público ama um "serial killer”, estranho não é?  Mas significa que me amam, fiz várias pessoas criarem empatia por um assassino, vixi. Scott está sendo um personagem difícil de lidar, é frio, sarcástico (algumas vezes até cômico) e cruel demais, às vezes sinto dificuldade em algumas cenas, porém isso é mais um motivo para que eu dê o melhor de mim. Recebi o nome de "Doce serial Killer" deve ser porque a música de abertura da série tem isso na letra. Depois de ler o tal e-mail um tanto quanto misterioso, chequei o restante e vi que já haviam mais informações sobre meu próximo trabalho como ator. Serei o protagonista de uma série de fantasia junto a uma atriz convidada, a qual eu ainda não conhecia, a mesma foi escolhida de forma diferente, pois a empresa deseja revelar novos talentos. O nome da mais nova produção é: Blue Blood! Admito que estou bastante curioso para conhecer o enredo , onde se passa a trama e todo o resto, mas estou ainda mais curioso para conhecer a atriz, Thiago já sabe de quem se trata , não sei o porquê , mas ele insiste em me esconder , para piorar ele afirma que ela é muito bonita, assim não tem como não ficar apreensivo e louco para a próxima semana. O CEO da TM Entertainment Heitor Abrantes convocou a todos para uma reunião, iremos discutir sobre o roteiro, a divulgação e todos os tramites, e enfim irei conhecer quem será minha parceira. Enquanto bebia meu café, observei a chuva lá fora, ela não sessaria tão cedo, me vi na necessidade de ligar para o Thiago, e foi o que eu fiz. Em alguns minutos recebe uma mensagem de texto, ele já estava a postos na frente do café. Sai cuidadosamente para não ser reconhecido. Na calçada olhava de um lado para o outro e não via meu carro, a chuva molhava meu corpo, e o frio já se fazia presente. Quando avistei o carro do outro lado da rua caminhei rapidamente até ele, e sem que eu esperasse fui atingido por algo, me equilibrei por sorte não cheguei a cair, olhei para o chão e vi um óculos, retirei o capuz que me impossibilitava de ver bem. Fitei uma moça com um casaco largo e uma calça chamativa, ela se levantou e de imediato pegou os óculos , seu rosto foi encoberto pelo cabelo escuro que estava completamente encharcado , deambulei em sua direção, mas escutei a buzina do carro e olhei de lado, lá estava meu agente acenando com o guarda-chuva na mão parecia mais um retardado. Então quando voltei à atenção novamente para a moça, ela saiu correndo – Que loucura é essa? - Ela desapareceu do meu campo de visão tão rápido, era como se fosse um fantasma, ou um vulto que some no ar, intrigante eu diria.


Notas Finais


Então é isso


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...