1. Spirit Fanfics >
  2. AmorOffline.com >
  3. Capítulo 6

História AmorOffline.com - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Oie gente! Mais um capitulo!^^ espero que gostem, me perdoem pelo cap meia boca, bjinhos e até o próx!

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction AmorOffline.com - Capítulo 6 - Capítulo 6

Capítulo 6

“Cliques, fotos, praia e...farsa”

O plano seria perfeito. Eu seria o namorado de Hinata que estudava fotografia, a buscaria durante toda a semana na escola, hoje era sábado e faríamos uma viagem para o interior de Karakura onde faríamos algumas fotos na praia durante o fim de semana, precisávamos de provas de um relacionamento e as fotos poderiam ajudar, faríamos parecer que foram tiradas em lugares e momentos diferentes e pedi pra Hinata pegar toda roupa que pudesse, desde blusa de frio até biquini.

Com as fotos Hinata provaria a qualquer um que seu namorado falso era real, mas somente isso não bastaria, então Sakura iria organizar uma festa onde eu e Hinata pudéssemos mostrar ao "público" nosso romance, não precisaria ser nada muito chamativo, até porquê a azulada era extremamente tímida, seria só o suficiente pro tal Naruto acreditar, ele seria o alvo da noite e assim também poderíamos fazê-lo acreditar e ficar com ciúmes da mesma.

Depois disso eu me tornaria um idiota, trataria Hinata mal e seria grosseiro, um imbecil completo, principalmente quando o loiro estivesse por perto, e assim esperávamos que ele tentasse protegê-la de mim e acabassem juntos.

7:37 da manhã. Karakura.

Estava acordado há algumas horas organizando a mala de viagem. Pegava as últimas peças de roupa necessárias. Mandei uma mensagem para Hinata para saber se ela e a amiga já estavam prontas e a mesma ainda não havia respondido.

Renji havia me cedido o Jipe para poder fazer a viagem, o mesmo havia ficado doente e por isso ficaria de repouso absoluto durante três dias, aproveitei que o mesmo não usaria o carro pra trabalhar e nem pra sair e o pedi emprestado.

Colocava as coisas dentro do carro quando senti o celular vibrar e olhei para ver o que era "Tudo pronto" olhei a mensagem, era de Sakura. Terminei de organizar tudo, enviei um "Estou a caminho" e entrei no carro para ir buscá-las.

******

Fazia um tempo que estávamos na estrada, Hinata estava na frente comigo para evitar um problema caso encontrássemos alguém de sua escola no caminho ou qualquer conhecido que sabia do namoro. Sakura estava no banco de trás tagarelando algo sobre músicas e coisa do tipo com a amiga.

-Não tem nenhuma música nessa joça não? -A rosada disse me despertando do transe da estrada.

-Não sei! Deve ter alguma coisa tocando na rádio! - Apertei alguns botões no painel do carro procurando algo.

O som ligou e logo ajustei para a rádio mais nítida entre os chiados, quando encontrei uma estação que pegasse estava passando “The lazy song, do Bruno Mars” a rosada ficou dançando no ritmo e tentando acompanhar a música de forma engraçada.

-Trouxe pra gente usar -Hinata disse mostrando uma câmera profissional, uma Nikon média, me mostrou enquanto aproveitava o intervalo da música no rádio.

-Ual!

-Serve? -Perguntou acanhada.

-E como! - Ri.

-Toma cuidado com essa câmera! Não tem seguro contra fósforos! - A rosada debochou rindo.

-Não liga pra ela!...Eu confio nos seus cuidados -A morena disse me entregando a mesma que coloquei no colo rapidamente para manter o foco na estrada.

-Obrigado!

-Tem uma praia logo ali! -A rosada apontou pro horizonte.

-Já já estaremos lá! -Acelerei o carro.

Assim que chegamos na praia procuramos algum banheiro para nos trocarmos, Sakura seria quem tiraria as fotos e se aproveitava pra se gabar de seus cliques.

Vestimos primeiro roupas de frio, havia uma pedra alta em uma parte da praia que seria perfeita pra fingir ser uma montanha. Comprei duas canecas numa lojinha em frente à praia e tiramos fotos "bebendo" chocolate quente nas montanhas. Mais uma troca de roupas e agora estávamos em um jantar, logo em seguida em um restaurante, karaokê.

******

12:46 da tarde

Estava exausto e morrendo de calor, todas aquelas trocas de roupas e cliques deixam qualquer um zonzo, agora entenda a exaustão do trabalho de um modelo, nem com Yoruichi havia sido tão exaustivo.

Nós estávamos em uma lanchonete para almoçar, olhava na câmera as fotos que Sakura havia tirado. Estava com roupas mais leves e mais descansado apesar de ainda sentir que precisava mesmo de uma cama pra dormir.

Sakura e Hinata estavam no balcão conversando enquanto eu analisava foto a foto.

-O que acham de um banho de mar? -Me aproximei das duas com a câmera na mão.

-Pra foto? -Sakura perguntou sem entender.

-Não! chega de fotos por hoje! – Respirei cansado- Acho que podemos descansar um pouco agora, e pensei que nadar um pouco seria bom.

-Hah! Isso! Eu topo! - A rosada concordou animada.

-E você Hinata? - Questionei a azulada que parecia perdida em pensamentos.

-Pode ser! -Sorriu com os lábios.

Comemos alguns salgados como almoço e nos trocamos pra banhar, eu não aguentava mais de calor e esperar a digestão foi quase um sacrifício, mas valeu a pena, aproveitei o tempo de espera pra fotografar um pouco, olhar pela lente da câmera foi como ver outro mundo, depois das fotos e do tempo decorrido guardei a câmera e mergulhei.

Só não esperava sentir aquilo, me lembrei de uma das minhas tentativas de suicídio logo que a primeira onda quebrou me fazendo mergulhar, talvez eu tenha ido fundo demais ou só não tenha prendido a respiração como deveria. Precisei de um tempo, até que me dei conta que foi ali, naquele mesmo lugar que havia acontecido, como não me lembrava de vir aqui? Estava tão imerso nisso que não vi outra onda vir e me afundar de novo antes de chegar à superfície. O medo me dominou e senti meu corpo pesar, quase como uma bigorna jogada na água, o desespero me tomou, me movimentei com desespero, assim que consegui sair da água às pressas me sentei na areia, confuso e com medo enquanto tossia engasgado.

-Você tá bem? - Sakura apareceu vestindo um short curto e uma blusa solta por cima do biquini me olhando preocupada.

-Hm?...tô! -Respondi ainda atordoado.

-A água tá boa? - Perguntou tirando as peças que cobriam o biquini e seguindo pra água sem esperar a resposta.

Permaneci ali com aquela sensação de peso, sentia uma culpa de algo que não sabia ter feito e foi difícil segurar as lágrimas que queriam descer, tentei mudar os pensamentos para algo que não fosse aquele momento afim de não chorar, não poderia deixar que as garotas me vissem naquele estado, então comecei a caminhar pela beira da praia olhando pro horizonte.

O horizonte beijava o céu e o céu beijava o mar, as ondas vinham, se quebravam, o mar estava calmo e meu interior turbulento. Porque eu havia feito isso afinal? Não deveria desejar a morte eu sei, mas as vezes sentia que era inevitável, como algo que me puxava.

-Posso caminhar com você? -Hinata perguntou se aproximando.

-Não vai nadar? - Perguntei vendo que a mesma apenas usava roupas leves.

-Não, prefiro só olhar! - Disse enquanto a brisa batia em seu rosto balançando seus cabelos.

-Eu também...amo olhar o mar! - Disse enquanto ainda andava.

-E se nada for como planejamos? - Perguntou com certa preocupação na voz -Tenho medo de que ele não goste de mim...e eu esteja alimentando e nutrindo algo que deveria esquecer -Fitou o chão- Não quero ser rejeitada e me machucar entende...

-É impossível -Disse e a mesma me encarou surpresa- Na vida e no amor a gente precisa levar tombos pra aprender a levantar- Olhava o horizonte- Não sou a pessoa ideal para falar sobre isso, mas se você nunca tentar! Jamais vai saber se o amor que alimenta no peito. - A encarei - É o amor que ele alimenta também. -A azulada me encarava pensativa.

-Achei vocês! -Sakura surgiu correndo- Tem uma policial tentando multar o seu carro! -Disse recuperando o fôlego.

-Não! Não! Não- Corri dali o mais rápido possível pra chegar no carro onde uma policial olhava a placa.

-O carro é seu? - Perguntou sem expressão.

-Emprestado senhora! Mas por favor não me multa! Eu tiro ele daqui agora! -Falei me aproximando do carro pra poder entrar e movê-lo, mas acabei sendo impedido pela mesma.

-Este veículo tem pelo menos três multas de excesso de velocidade e uma por ultrapassagem no sinal vermelho! Tem de ser guinchado. -Disse rápido enquanto preenchia uma folha- Onde está o proprietário?

-Está doente no momento.

-Doente? - Arqueou as sobrancelhas incrédula.

-Não estou mentindo, eu peguei o carro emprestado pra poder fazer umas fotos com minha namorada -Falei apontando para Hinata que vinha andando com Sakura.

-E sequer perguntou se o carro estava em dia? Sabe que essa via é monitorada vinte e quatro horas né? - Apontou para pista atrás de si.

-Olha, me desculpa! Eu sei que tô errado e mais ainda meu amigo que me emprestou o carro desse jeito! Mas não há uma maneira de não guinchar? -Perguntei tenso.

-Você parece um rapaz correto -Disse amigável - Mas não posso te deixar sair daqui com o carro sem pagar as multas - Respirou fundo - Vou ter que chamar o guincho.

- O que houve? -A azulada perguntou sem entender.

-A policial vai guinchar o carro...-Disse sentando num banco de pedra ali, cansado.

-Desculpa, ou ouvi direito? O carro vai ser guinchado? -Sakura perguntou incrédula - Por quê?

-Excesso de multas! -Disse a policial se aproximando.

Estava acabado, Renji iria me comer vivo, ele precisava desse carro e eu não sabia como iria explicar pra ele o que houve, se bem que não ter pago as multas foi um erro, mas ele ajudou seu pai com uma reforma nos últimos meses e talvez isso tenha tirado a prioridade dos cuidados do carro.

-Ram! Ram! Posso falar com a senhora um instante?...Em particular? - Sakura pergunta a policial que a encara feio, mas cede a curiosidade e vai com a rosada pra mais distante onde as duas conversavam algo.

-O que acha que estão falando? - Perguntei a azulada enquanto a policial me encarava de longe.

-Não faço a mínima ideia do que seja -Respondeu assistindo à situação que era no mínimo intrigante.

Sakura e a policial ficaram alguns minutos conversando até que vi a mesma rasgar a folha de apreensão e sair dali nos dando um tchau de longe enquanto Sakura voltava com um sorriso vitorioso no rosto.

-O que fez? - Perguntei curioso pra mesma que mantinha o sorriso sapeca.

-Ela desistiu de guinchar o carro? - Hinata perguntou sem entender a situação assim como eu.

-Ai crianças! A mamãe aqui é um gênio né? - Se gabou- Eu disse a ela que o nosso querido morango, Ichigo! Tava planejando um pedido de casamento e que já tinha feito reserva num hotel aqui perto. Que no carro tinha tudo preparado pra surpresa e blá blá blá! – Fez gestos com as mãos - Podemos ir?

-Nossa! -Fiquei boquiaberto.

-É... ela é esperta! - Hinata riu enquanto entrava com a amiga no carro.

-Realmente.... uma gênia! - Ri aliviado entrando em seguida.


Notas Finais


Foi isso gente!^^ desculpem a má qualidade do cap novamente! No próximo espero que seja melhor kkkk bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...