História An angel or demon - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Aventura, Colegial, Demonios, Luta, Magia, Romance, Sobrenatural
Visualizações 13
Palavras 789
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


ZENTI DESCULPA A DEMORA
Espero que gostem deste capítulo :)

Desculpe qualquer erro ortográfico


BOA LEITURA :3

(°¬°)

Capítulo 7 - Praça do Selo


Fanfic / Fanfiction An angel or demon - Capítulo 7 - Praça do Selo

Angie on 

Eu e Samuel estávamos sentados em um banco da praça esperando os outros chegarem.


Angie : Acho que chegamos um pouco cedo não acha?

Sam: É acho que sim...


Sam me abraça de lado e eu apoio minha cabeça em seu ombro.

Aquela praça tinha uma energia estranha, eu podia sentir... Eu também podia sentir uma energia diferente vindo de Samuel, sei lá aquilo era estranho pois nunca senti algo assim vindo de humanos...

Alguns minutos depois Jyn, Mary e Lucy chegam.


Jyn: Onw que bunitinhos os dois juntos!

Mary : Shippo

Angie: Então tá né...

Sam: E o Robbie?

Lucy : Daqui a pouco chega

Angie : Então... O que fazemos agora?

Sam : Poderíamos dar uma volta, a praça é enorme


Então todos nós começamos a andar, e Sam fez questão de andar de mãos dadas comigo.


Sam: Aqui é cheio de árvores, é fácil se perder pra quem não conhece o lugar, tome cuidado Angie

Angie : Eu sei me cuidar, fique tranquilo.


Alguns minutos andando chegamos no local onde fica o tal Selo, e era um círculo enorme cheio de símbolos mesmo. Cada vez mais perto do selo, mais eu podia sentir uma energia ruim.

Todos começaram a andar sobre o selo, até que... Talvez tenha cido coisa de minha cabeça, mas eu juro que vi os olhos da Lucy completamente pretos.. Como os de um demônio...

Eu me assustei na hora, comecei a andar em outra direção, só depois percebi que tinha me afastado demais dos outros, eu estava em uma espécie de floresta!?

Olho para os lados e não vejo ninguém. De repente alguém me segurar por trás e tampar minha boca com uma das mãos. Uma voz muito familiar sussurra em meu ouvido :


-não grite.. eu não sou um estranho.. não vou te machucar minha anjinha-


Ele me solta, eu me viro e vejo que era o Robbie.


Angie : Quer parar com isso Robbie, você me assustou

Robbie : Eu vi você de mãos dadas com aquele humano, só resolvi dar o troco

Angie : Você não desiste não é mesmo?

Robbie : Espera.. Ainda não terminei


Robbie me puxa pelo braço e põe as mãos em minha cintura. Ele começa a me beijar, era um beijo calmo e delicado.. Bem diferente do Robbie, ele separa nossos lábios...


Robbie : Lembra disso? -diz fitando meus lábios -

Angie : Sim, lembro da época em que você era uma pessoa melhor

Robbie : Eu ainda posso ser.. É só você me dar mais uma chance..

Angie : Se você acha que vai voltar pro céu, vai se iludindo porque não tem como

Robbie : Mas nós podemos viver um juntos aqui na terra...

Angie : Você já sabe minha resposta

Robbie : Não quer pensar um pouco?


Antes que eu pudesse responder Samuel e as meninas aparecem, logo vejo Lucy com uma expressão de raiva, mas ela não estava com os olhos pretos.


Sam: Angie, eu falei pra não se perder, estávamos te procurando!

Robbie : Pelo menos ela não estava sozinha

Angie : Desculpe Sam, eu acabei não percebendo que tinha me afastado muito

Sam : Tudo bem... Querem fazer o que agora?

Mary : Tem uma barraquinha de cachorro quente aqui perto, eu e a Jyn trouxemos dinheiro, se quiserem podemos pagar um pra vocês...

Lucy: Pode ser então.


Caminhamos um pouquinho e logo chegamos na Barraquinha de cachorro quente, cada um pediu seu cachorro quente e Jyn e Mary pagaram. Depois de todos comermos nossos cachorros quentes, ficamos conversando e dando voltas na praça até tarde.


Jyn : Puta que pariu já são 23:00, se eu chegar em casa depois da meia noite minha mãe me mata.

Mary : Ah eu também, é melhor irmos indo.

Jyn : Boa noite galera, eu e a Mary já vamos indo

Todos : Tchau!

Sam: Angie, acho melhor irmos indo também

Angie : Vamos indo então


Olho para trás e vejo Robbie se pegando com a Lucy atrás de uma árvore..


Angie : Não precisamos nos despedir deles, estão ocupados, vamos embora

Sam: Okay


Chegando em casa... 


Sam : Será que minha mãe já tá dormindo?

Angie : Não sei, parece que não tem ninguém em casa.


Celular do Samuel toca, o mesmo atende


Sam: Alô!?


Tia H: Alô, oi filho, já chegaram?


Sam : Sim, onde você está?


Tia H: Sua vó acabou caindo e quebrou a perna.. Eu era a única que podia levar ela pro hospital, essa noite vou ter que dormir na casa dela ok?


Sam: Tudo bem, mas ela tá bem?


Tia H: Sim, eu ajudando ela vai ficar tudo bem..Se comportem tá?!


Sam : Sim mãe, tchau.


Tia H: Tchau


*desliga o celular 


Sam : Ela está na casa da minha vó, ajudando, ela acabou quebrando a perna, mas ela tá bem.

Angie : Quando ela volta?

Sam : Não sei, ela disse que vai dormir lá essa noite.

Angie : Hm.


Quebra de tempo 


Tomei banho, vesti uma camisola, fui para o meu quarto e me deitei na cama. Me enrolei nas cobertas até pegar num sono... 



~continua? 




Notas Finais


Eae estão gostando?

Eu vou tentar postar o mais rápido possível, é que eu ME VICIEI EM SAILOR MOON E NÃO PARO DE ASSISTIR AAA

BEIJINEOS DA CASS :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...