História Anata no inisharu - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Borboleta, Fantasia, Mistério, Romance, Shoujo, Super Poderes, Violencia, Yaoi
Visualizações 34
Palavras 497
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção Adolescente, Harem, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


E a história continua.

Capítulo 2 - Sorriso gentil


Fanfic / Fanfiction Anata no inisharu - Capítulo 2 - Sorriso gentil

 

Assim que eu chego na escola me deparo com uma grande porta azul, assim que olho para cima eu vejo um letreiro luminoso com o nome da escola, logo que abro as portas vejo vários corredores e bem a abaixo de mim tem um tapete, escrito: bem vindo. Assim que passo os corredores eu vejo placas com as informações da turma e classe, eu abro minha mão e nela tenho um papel com o número da minha turma, vou procurando em todos os corredores até que no último eu acho.

Na porta da minha sala tem uma pequena janela antes de entrar eu olho por ela e vejo que só tem um lugar vago e é do lado de um garoto e atrás de uma menina.

Akame--droga me viram.

 rapidamente eu abro a porta e falo:

 Akame--bom dia, desculpe o atraso prometo não acontecer de novo.

 dou uma breve pausa e penso que meu mundo vai acabar diante dos meus olhos, a professora levanta e fala 

Professora--bom você deve ser a senhorita Akame, bem você pode se apresentar se quiser.

Akame--ah claro

 e logo em seguida começo a me apresentar 

Akame--Bom dia, me chamo Akame e tenho 13 anos, fui transferida de escola a pouco tempo e eu espero que consiga me enturmar aqui, bom é isso...

 a professora me dá algumas ordens .

Professora--bom Akame sente-se e abra o livro na página 9...

 Assim que percebi que estava desligada do que ela falava resolvi prestar atenção e me sentar, abri o livro na página nove e olhei para o meu lado, era aquele garoto ele estava desenhando no canto da folha não consegui ver o que era mas parecia estar bonito, na minha frente tem uma menina que estava com um papel na mão eu não sabia o que era mas parecia ser para mim, ela joga o papel na minha mesa, a professora perguntou se eu podia ler o parágrafo da página 9 e eu respondi que podia, então guardei o papel no meu estojo e comecei a ler. 

Era um parágrafo estranho sobre um poeta, nela dizia que ele gostava de desenhar e escrever mas não tinha liberdade para isso, seu pai e sua mãe obrigavam ele a trabalhar e no seu tempo livre ele desenhava e escrevia, a primeira poesia que ele escreveu era sobre como ele queria fugir de casa e ir para outro lugar, um lugar longe que não tenha que trabalhar por obrigação mas sim estudar, escrever e desenhar bastante. 

Logo que acabei de ler peguei o papel do meu estojo nele dizia:

 _oi meu nome é Tatsuki, tenho a mesma idade que a sua se você puder lanchar comigo e alguns amigos eu ficaria muito feliz, e se quiser a gente pode lhe mostrar a escola e outras coisas_ 

 eu rasguei um pedaço de papel e escrevi:

 _claro eu adoraria_ 

Eu joguei na mesa dela e assim que ela leu ela sussurrou:

Tatsuki--ok assim que bater o sinal vc me acompanha beleza?

 Akame--ta bom.


Notas Finais


Oi oi oi espero que tenham gostado bye :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...