História Anata no inisharu - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Romance, Yaoi
Visualizações 4
Palavras 613
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção Adolescente, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Fazer novas amizades é muito difícil

Capítulo 3 - Uma amiga, um sorriso


Fanfic / Fanfiction Anata no inisharu - Capítulo 3 - Uma amiga, um sorriso

      O melhor lugar que eu já vi.

O sinal bateu e eu ainda não tinha acabado de escrever, sobraram só eu e a Tatsuki, então ela falou "vamos Akame se não a gente vai perder o lanche inteiro, se quiser eu posso te emprestar meu caderno depois pra você concluir a tarefa" e então eu parei de escrever e me levantei falando "se é assim então vamos logo" eu peguei minha lancheira e ela sorriu e falou "vem eu vou te apresentar meus amigos."

Quatro corredores a frente da nossa sala estavam algumas pessoas esperando e aquele menino estava lá também assim que eu olhei pra ele eu desliguei e ficou um silêncio inexplicável, até que a Tatsuki falou "gente essa daqui é a Akame ela é nova aqui, então pedi pra ela lanchar com a gente e depois eu vou apresentar a escola para ela" eu disse "oi" e eles logo se apresentaram, não sabia que iria ser tão fácil assim estava ciente que hoje iria ser horrível mas está sendo diferente, eu não vou questionar muito pois pode dar algo errado, então só seguimos para o lanche.

Depois de termos comprado lanche a Tatsuki falou "bom agora vamos" e eu bem curiosa perguntei "mas para onde?" Ela respondeu "vem e você descobrirá" eu não parava de pensar para onde iríamos merendar entramos em um elevador e ela apertou um dos andares e não deixou eu ver, então só esperei.

Assim que o elevador abriu eu não conseguia representar o que sentia então a Tatsuki perguntou "que tal?? Aqui é o nosso lugar especial um lugar que a gente criou, ele estava abandonado e como ninguém vem pra cá a gente resolveu criar isso que a gente chama de nosso" eu só sorri e continuei seguindo eles, assim que eu saí do elevador estava escrito na parede "propriedade segura dos Bayders" eu olhei para parede a minha esquerda e tinha um arco-íris com vários tons de azul preto e roxo, eu olhei para minha direita e tinhas algumas luzes de neon laranja, eu olhei para o chão e tinha um tapete vermelho com bordas verdes, no final do corredor tinha algumas cadeiras com placas, nelas estão os nomes Tatsuki, Hiroshi, Nalyme, Hidoramy, Doysho e uma com a placa vazia. A Tatsuki me deu um Giz preto e falou "essa é sua placa, aqui escreva seu nome" e então eu escrevi meu nome.

Eu só pensava em como estava feliz com os amigos novos que tinha feito então a gente começou a lanchar, e a Nalyme bateu com a colher na mesa 4 vezes e eles gritaram "é hora da música" a Tatsuki falou "Akame olhe e aprendaa" então eles fizeram uma batida meio parecida com 123 1234 123 1234 123 1234 um pouco rápida e a Tatsuki começou a cantar uma música que pelo visto eles inventaram, assim que acabou a música eles falaram agora é minha vez, Doysho levantou a mão e começou a contar parou no número 18 aí ele falou às 18:00 eu mando uma mensagem diferente para vocês e eu sem entender perguntei, "como assim uma mensagem diferente?" a Tatsuki respondeu "Ele vai ter que assumir alguma coisa que ele nunca contou pra ninguém, é assim que a brincadeira funciona, todos os dias alguém tem que levantar a mão e contar quantos dias se passaram sem ele ter contado algo na brincadeira assim que acabar de contar o seu número vai ser o horário que você tem que falar um segredo, mas só pode contar para a gente e ninguém pode falar para ninguém, essas são as regras. Eu achei uma brincadeira legal, assim que o sinal bateu a gente voltou para sala.



Notas Finais


Bom aí se vai mais um capítulo espero que gostem :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...