História And out Come the Wolves - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones)
Personagens Jaime Lannister, Lyanna Stark
Tags Baratheon, Cersei, Jaiana, Jaime, Jon, Lannister, Lyaime, Lyanna, Renly, Rhaegar, Robert, Ship, Snow, Stannis, Targaryen, Tyrion
Visualizações 35
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Lyanna Baratheon


— Está na hora! – ouviu o marido dizer por trás da porta.

Ainda não haviam partido do rochedo, Robert parecia amar aquele lugar, não tendo pressa alguma para voltar para sua própria casa, Stannis havia partido há uma semana, não aguentara as constantes festas e bebedeiras praticadas por todos que viviam ali. Lyanna o entendia perfeitamente, se dependesse dela já teria fugido dali a muito tempo.

Toda aquelas pessoas fingindo uma felicidade que não sentiam, fazia com que seu estômago revirasse, além disso, não podia suportar olhar para Jaime.

Jaime sabia toda verdade, em um momento de fraqueza chamara por ele, nunca deveria ter feito isso, pois agora o homem teria esperanças, esperanças que a loba de forma alguma queria dar, não poderia nunca o deixar saber o quanto a afetava, e tudo que sentia quando ela tocava, pois o futuro deles era impossível. Garantira isso no dia em que se casara com o Baratheon, agora não teria sua vida de volta, até que o homem morresse essa era a promessa.

— Lyanna! – novamente ouviu o grito de seu marido, estava irritado novamente, Lya não queria o irritar, não queria que nada do que aconteceu aquela noite se repetisse alguma vez na vida.

Lentamente caminhou até a porta e a abriu, Robert a esperava e lançou-lhe um olhar de aprovação e desejo.

— Está muito bonita – elogiou.

Sabia que causaria esse efeito, desejava mesmo fazê-lo, escolhera o melhor de seus vestidos e prendera seu longo cabelo em uma trança que deixou cair por sobre o ombro, desejava estar bela, pois hoje era o terrível dia, o dia em que Jaime conheceria sua noiva, Provavelmente ela já estava com ele, se atrasara de propósito para evitar o máximo ver a mulher a quem pertenceria o homem, por quem indesejavelmente nutria um sentimento.

Robert ofereceu o braço e ela o aceitou, não fazia nada que pudesse desagradá-lo, e fingia de forma muito astuta ser a esposa perfeita, embora em seu íntimo às vezes imaginasse o trespassando pela espada, porém seus sentimentos por Robert eram muito confusos, quando o marido bebia era um bruto, violento e mulherengo, quando estava sóbrio era um príncipe das canções, chegara a se desculpar com ela pelo ocorrido na noite em que perdera o bebê, dissera que nunca mais iria acontecer, que fora um erro e que havia se descontrolado. Lyanna aceitou suas desculpas, porém não o perdoou, nunca perdoaria.

Caminharam silenciosamente até o Grande salão, antes de realmente chegar até lá, ouviu a música e as conversas que vinham de lá, adentraram o salão, e algumas pessoas puseram os olhos sobre eles, procurou por olhos conhecidos enquanto vislumbrava um recinto cheio de pessoas que nunca havia visto.

Inconscientemente apertou o braço de Robert mais forte, ele entendeu o gesto e sorriu tranquilizando-a.

— Veja seu irmão está ali – disse apontando para onde estava Brandon.

Rapidamente foi arrastada para perto dele, agradeceu silenciosamente aos céus.

— Lya!- Bran gritou efusivamente quando a viu, a seu lado estava Cersei, parecia amuada, e bebia uma taça de vinho como quem bebe água.

— Bran – ela cumprimentou antes de se sentar ao seu lado, Robert também se sentou, fazendo sinal para uma serva para que trouxessem uma caneca para ele.

Cersei pareceu finalmente notar a presença deles.

— Está uma noite muito agradável – comentou com um sorriso forçado.

— Uma grande comemoração – Robert respondeu – Não vi os noivos ainda... Como é mesmo o nome da mulher? - perguntou com interesse – a futura esposa.

Foi Cersei quem respondeu.

— Ashara- cuspiu o nome como se fosse veneno- ainda não acertaram os detalhes... Jaime ainda não aceitou.

Lyanna não pode deixar de notar seu tom e o quanto a mulher estava chateada, por um segundo um lampejo dos boatos sobre o amor entre os dois, veio á sua mente, mas logo se dissipou, o homem que a loba conhecia nunca seria capaz disso, não o conhecia há tanto tempo, todavia mesmo com sua arrogância evidente, parecia ser um bom homem.

— Ashara... –Robert murmurou então sua face se iluminou – Dayne? Uau...Ashara Dayne? Dizem que não existe mulher mais bonita em todos os Sete reinos, dizem que tem uma beleza equiparavel com os antigos valirianos.

Alheio as os rostos de Cersei e Lyanna, o homem continuou tagarelando, sobre a mulher ser alta, e ter olhos violetas, parou de falar apenas quando a cerveja finalmente chegou.

A Leoa desculpou-se dizendo estar sentindo um mal estar súbito, então a loba aproveitou a deixa e se levantou saindo da mesa, seguiu a cunhada chegando perto dela.

— Você não precisa vir comigo – a loira disse ríspida.

— Não queria ficar lá também – respondeu ignorando o tom que ela havia usado. - Deve estar se sentindo estranha – continuou amavelmente -  Jaime é um irmão tão próximo de você e agora se casará com uma completa estranha.

Cersei lhe lançou um olhar irônico enquanto dizia.

— Você nem imagina o quanto somos próximos, você não faz ideia.

Caminharam silenciosamente lado a lado, cada uma imersa em seus próprios sofrimentos, mal olhando uma para outra, sentia um clima de hostilidade vindo da mulher, embora não entendesse o porquê, já que nunca fizera nada que pudesse a desagradar.

Parou abruptamente quando percebeu quem vinha caminhando em sua direção.

Estavam muito próximos um do outro, o homem loiro ainda não havia notado suas presenças, mas a mulher ao seu lado fixou os olhos curiosos nelas, olhos violeta, como seu marido havia dito.

Jaime seguiu o olhar dela encontrando as duas.

— Ora, mas quem eu vejo! – se havia ficado desconcertado de ser pego andando as sós com a sua prometida, não deixou transparecer.

Aproximaram –se ambos sorrindo e o herdeiro do rochedo fez as apresentações necessárias.

— Essa é Ashara Dayne – disse trazendo a para perto das duas outras mulheres- e essa é minha irmã Cersei Stark, casada com Brandon Stark, de Winterfell – a gêmea  forçou-se a sorrir, um sorriso áspero, notou a morena – e  essa é Lyanna Baratheon, esposa de Robert Baratheon.

Lyanna também sorriu, tentou o melhor que pode ser simpática com aquela garota, que não possuía culpa nenhuma, de tudo que acontecera em suas vidas antes dela chegar.

Ashara era a lembrança viva de que qualquer sentimento que nutrisse por Jaime Lannister deveria ser  sufocado e esquecido, antes que fosse tarde demais.


Notas Finais


espero postar mais em breve ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...