História Andar B6... - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Satsuriku No Tenshi (Angels Of Death)
Personagens Personagens Originais, Rachel, Zack
Visualizações 264
Palavras 1.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Andar B4 - The Scarecrow Gravedigger


Fanfic / Fanfiction Andar B6... - Capítulo 4 - Andar B4 - The Scarecrow Gravedigger

Zack....

Zack...

É mesmo o Zack...

Como não me lembrei dele...?

- Jã faz um tempo Ray, demorei pra te reconhecer... - ele entra no cômodo e me fita com um sorriso sacana.

- Zack!! - corro até ele e dou um abraço apertado. - ...

- Nossa, o que é isso Pirralha? Devo chamar de "amor"? - ele ri, mas abraça de volta.

- Zack.... Por que estamos presos aqui de novo? - pergunto, dessa vez o olhando.

- E eu lá vou saber?! Eles me raptaram, colocaram uns liquidos em mim e acordei aqui sem lembrar de bosta nenhuma...- ele resmunga.

- Ah... Entendi...

 - você continua com a mesma cara de peixe morto....... Já ta me irritando!! - ele me empurra, fazendo-me solta-lo.

No mesmo instante, uma voz diz:

"O residente do Andar B6 saiu de seu andar e matou o Residente do Andar B5, por favor preparem-se, pois ele foi selecionado como outro sacrifício..." - disse a voz robotizada.

- Parece que estamos nessa juntos de novo Ray.... Como nos velhos tempos...- ele ri.

- Hai...

Saimos daquele andar e vamos para o Elevador.

- Você lembra de quem é o proximo andar? - ele pergunta Casualmente enquanto esperamos.

- Eddie....

- tsc... Pirralho maníaco filho da puta......... OE!! Ray... - olho para ele e no mesmo instante sinto seus lábios nos meus, era uma sensação boa.... Familiar....

Foi ai que lembrei... Da ultima vez que nos vimos..........

FlashBack On

Zack e eu finalmente haviamos conseguido... Apesar dos ferimentos, eu agora estava conciente nos braços de Zack, estavamos numa espécie de carro...... Carro de polícia....

Zack me segurava com firmeza, o policial ao nosso lado estava com uma arma nas mãos, pronto pra atirar se tentassemos algo.

- Ei garoto, essa menina deve ir pro hospital, solte-a - o policial falou.

-Não...

- O que você disse?!

-EU DISSE QUE NÃO!!! - Zack grita, me segurando com mais força ainda. - ....- percebi que ele estava me abraçando, tremendo...

- Z-Zack... - chamo-o, com a voz fraca.

- Ray! - Ele me olha preocupado

- Zack.... O q-que v-vai acontecer...? - pergunto.

- ......- ele não responde, apenas me abraça de novo.

Instantaneamente, lagrimas escorrem pelo meu rosto, soluços que até então estavam presos na minha garganta, fibalmente se libertam.

- R-Ray...- Zack me olha, surpreso.

A essa altura eu não conseguia mais falar... Eu apenas chorava... Era a primeira emoção genuina que eu tinha em muito tempo.........

- E-Ei menina, não chore, sei que está assustada mas vamos faze-lo lhe soltar e você vai voltar pros seus pai---

- NÃO!!! - grito - EU NÃO TENHO PAIS!!! ZACK É MINHA UNICA FAMÍLIA!!! NÃO QUERO QUE ELE ME SOLTE!! - Abraço Zack com força, o coração dele estava a mil naquele momento.

- Ray....- enquanto eu tremia, chorava e soluçava, ele acariciava meus cabelos - Boa garota........ Vai ficar tudo bem.... - era a primeira vez que ele era gentil comigo.

Quando chegamos ao prédio da polícia, Zack Saiu do carro e me deixou sentada no banco, se abaixou na minha frente e disse:


- eu vou te buscar, Ray... Vamos nos ver de novo em breve...- ele me beija, no inicio fico confusa, mas quando ele separa, vejo um sentimento estranho em seus olhos, que nunca tinha visto antes.

Ele entrou na delegacia, e eu nunxa mais o vi.......

FlashBack Off

Ele separou nossos lábios e me olhos fixamente.

- Só pra você não esquecer a quem pertence.......-as portas do elevador se abrem e saimos, entrando no cemitério.

Passamos pela água, os túmulos, e chegamos a Sala onde Zack havia destruido meu túmulo da ultima vez, mas dessa vez não fiquei triste, na verdade, fiquei muito aliviada.

Fizemos o mesmo camilnho que da outra vez, mas quando chegamos a Sala final, onde era o labirinto de túmulos...

- Nfufufufufu~ nfufufu~ - ouvimos as risadas de Eddie.

Olhei para trás, onde haviamos enterrado ele da ultima vez, e vi ele ali, sentado em cima da lápide.

As flores dentro do caixão estavam agora murchas, e ele estava maior, ainda vestia as mesmas roupas.

- Eddie...- sussurro.

- Rachel...- ele se aproxima de mim, com um olhar Terno, mas é interrompido pela foice de Zack que fica em seu caminho.

- Não toque No que me pertence,  Maníaco filho da puta....- Zack estava exasperado.

- Saia do caminho Isaac...- Disse Eddie. - Não vou deixar você estragar meu futuro com Rachel dessa vez!! - Eddie tira uma pá das costas e os dois começam a lutar, Zack dava golpes certeiros que poderiam atingir Eddie se ele demorasse mais um segundo pra desviar.

Instintivamente, para Ajudar Zack, sai correndo, assim chegariamos a Saida mais rapido e não precisariamos ferir Eddie...

Apesar de maniaco, gosto de Eddie, ele sabe o que é beleza......

Os dois me seguem, mas Antes que eu possa chegar ao elevador, Eddie me para e tira a propria mascara.

- Rachel....- ele me abraça - se você ainda quiser morrer, posso fazer isso pra você... Se não, podemos viver aqui... Juntos...

- É tentador Eddie....- sorrio- mas eu não posso... - o sorriso no rosto dele desaparece e ele olha para baixo.

- Por que...?

- Porque eu não quero ficar aqui....-respondo.

- E porque ela já é minha...- Zack me puxa para dentro do elevador, eu nem havia percebido sua chegada 

- VOCÊ NÃO PODE TIRAR RACHEL DE MIM!!! - Eddie tenta nos impedir, mas recebe uma foice atravessando suas costelas.

Logo que Zack, tira a foice, ele bate varias e varias vezes com a foice no corpo de Eddie, esquartejando-o enquanto ele ria.

- Esse ai até que foi rápido... - Zack, diz entrando no elevador.

"Não... Pegar vocês que foi rápido... " - a voz de Cathy ressoa pelo elevador, e as paredes caem, deixando apenas a carcaça de aço da gaiola.

Do lado de fora, Cathy e Eddie estão lado a lado, sorrindo.

- MAS O Q--- 

Zack ia protestar mas eu o paro 

- Eles armaram uma armadilha para nós...- respondo.

- O QUE?! 

- Exatamente oque você ouviu... - Eddie fala - As regras dizem que não podemos sair de nossos andares, mas não falam nada sobre as "zonas fantasma".

- Zonas fantasma? - pergunto.

- Isso mesmo~ Zona fantasma é o que existe entre os Andares, é onde nenhum de nós reside, então ambos podem vir... É uma pena que eu não possa instalar câmeras...- Cathy responde. - Ah... Zack~ senti tanta saudade~ - ela sorri corada.

- Cale a Boca Vadia Sádica e nos tire daqui!!! -Zack tenta quebrar as barras com a foice, mas não consegue.- QUE DUUUROOO!! -ele resmunga.

-São de aço, não tem como você quebrar...- falo.

- Sério?! Sabe que eu nem percebi?! - ele fala em tom Sarcástico.


- Okay Okay~ - diz Cathy - vamos começar... Para abrir a Jaula, tudo o que você tem que fazer é resolver as charadas e colocar a sequência de numeros correta no painel de botões, caso você erre, vocês serão soterrados  e se o tempo acavar, serão eletrocutados até a morte - ela aponta para cina, onde tem um balde enorne de terra.

- Parece tão divertido... - Eddie diz e Ele e Cathy fazem um Highfive.

- Mas como o moleque ainda ta vivo?!- pergunta Zack.

- Simples, boneco de substituição, seu trouxa! - responde Eddie.

- CALA A BOCA!!! - berra Zack

- Are Are~ que o jogo comece~ - Cathy dá a ordem e o cronometro começa a marcar o tempo.

To

Be

Continued...





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...