História Andarilho Do Amor - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Cora (Mills), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Sr. Gold (Rumplestiltskin), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Onceuponatime, Outlawqueen, Regina Mills, Robin Hood, Romance
Visualizações 102
Palavras 2.288
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Perdoem-me como sempre pelo atraso, eu espero que vocês aproveitem bastante pois como havia falado pra todos vocês eu estou de mudança pra casa nova (odeio mudar de casa, mas quando se é preciso não tem pra onde correr) enfim prometi a vocês que traria capítulo novo até antes da mudança e cá estou como prometido, depois sabe-se Deus quando terei internet de novo porém quando voltar nesse meio tempo prometo trazer mais de um capítulo pronto. Chega de papo e vamos ler que é muito bom...
PS.: Escutem a música indicada na fic, é maravilhosa!! ♥♥
Amo vocês, revelem os erros.

Capítulo 7 - Salve-me Agora


Fanfic / Fanfiction Andarilho Do Amor - Capítulo 7 - Salve-me Agora

Flash Back On

 

O impacto da espada atravessando e saindo de seus corpos rapidamente foi o último som escutado por ambos mesmo sendo tido atingindo-os pelas costas pelo inimigo, embora essa tragédia tenha acontecido de surpresa eles ainda sim eram fies ao sentimento chamado amor que ao longo de meses estavam a florescer a cada dia. Tudo fora tirado de suas expectativas de sobrevivência, sobreviver perante ao inferno de ser subjugado pelo próximo somente atrás de poder e conquistas baratas, tudo deveria ser justo ou seja lutar pelo ideias que queremos e não simplesmente roubar, trapacear ou em outrora tomar a drástica decisão de seguir pela raiva e não pela razão.

 

Talvez se Daniel estivesse pensado nisso, Príncipe Arthur ainda teria sua Rosa ao seu lado para todo o sempre, ambos estariam vivos para contar a seus filhos o quão o amor sempre prevalecerá se houver sinceridade e honestidade em seus sentimentos. Ambos se entre olharam em busca de conforto era o único jeito de aceitar a morte precoce dos jovens que ali estavam eles não queriam morrer tinham o desejo de viver para continuar percorrer seus caminhos só que juntos, porém não lhes foi permitido.

 

 

O destino tende a ser duro, às vezes por acaso podemos encontrar a saída de nossos problemas e muitas nem terão tanta sorte assim...

 

Agora eles nunca mais se veriam ou assim pensavam, contudo a vida pode nos pregar tantas peças que mal podemos ter certeza de que realmente vamos seguir vivos e com saúde em outras vidas, outro mundo, século.

 

Uma parte deles havia se perdido em meio a uma batalha inigualável: a morte.

 

Flash Back Off

 

 

Capítulo Anterior

 

Enfim continuou a andar e mais a frente deu de cara com quem ela menos esperava encontrar: uma onça pintada um pouco magra pelas características relevantes que a mais nova acabara de analisar, de pele amarela com umas manchas pretas em formato redondo de garras muito bem afiadas pelo que deu para ver, porém o que a assustou foi que ela havia acabado de caçar pelas patas sujas de sangue, não deveria ficar preocupada, porém, aquela onça não estava sozinha havia outras duas ao redor pelo menos a mais nova seria prato cheio para as outras.

 

Ela não sabia o que fazer se fugia ou se corria em direção a vasta mata, porém tinha certeza de uma coisa...

 

 Não sabia se sairia viva ou morta.

 

Regina estava a espreitar a onça como se ao menos conseguisse se livrar da mesma, porém não achava saída alguma. Sua melhor defesa era fugir, contudo o medo de morrer prevaleceu sobre, a mesma tinha medo de não conseguir rever seus parentes da aldeia fazer tudo que queria e ainda ter tempo pela frente. Conforme a mais nova andava pra trás a onça começa a andar em sua direção com todo o cuidado possível parecendo que estava a observar o melhor jeito de como pegar sua presa e assim fora feita, até que um ato inesperado aconteceu o rapaz desacordado havia se levantado e estava indo ao encontro da mais nova quando a viu em perigo e tentou a todo custo achar alguma maneira de salvá-la e foi o que ele fez. Olhou ao seu redor ainda meio atordoado a procura de algo que fizesse parar o animal que cada vez mais se encontrava mais próximo de Regina, sem sucesso. Até que por reflexo o mesmo acabara encontrando uma flecha bem abaixo de seus pés fazendo o pensar em como chegar ao redor do animal sem que percebesse. Tinha que pensar e rápido, tempo era uma palavra fora de contexto no momento. Agilidade e rapidez os ajudariam a sair dali vivo.

 

Andru Donalds – Save Me Now

 

Here I am

(Aqui estou eu)

In a place that I

(Em um lugar em que)

Have never been

(Nunca estive antes)

Out of love

(Completamente sem amor)

And afraid that you

(E com medo de que você)

Won't let me in (no)

(Não me deixe entrar (Não))

 

****

 

Em Washington...

 

Zelena

 

Pelas minhas contas acho que estou grávida, mas tenho certeza que é daquele idiota do Marcus, porém como aparecerei de barriga sendo que o idiota do Robin está sumido? Ainda por aquelas bandas do Brasil? Só tenho uma saída pra isso preciso da ajuda de Rumple ele vai saber me direcionar no caminho certo para tirar Marcus da jogada, quero ele longe da minha vida se não dará mais confusão quando ele ver minha barriga crescendo suspeitará que esse filho (se é que estou grávida) é dele e não do idiota Robin.

 

Terei certeza e vai ser agora.

 

Narrador

 

Havia uma farmácia não muito longe da casa da ruiva, pegou sua chave do carro e foi o mais rápido possível comprar o teste de gravidez. Chegando lá foi direto no corredor do teste, solicitando ajuda imediata da balconista para que explicasse a ela como funcionava o teste.

 

- Moça! – Disse a ruiva, e prontamente a balconista veio ao seu encontro.

-Boa noite senhorita, como posso ajudar? – Perguntou a balconista educadamente. Zelena logo se apressou em dizer poucas palavras de forma rude como o de costume.

-Como funciona o teste... E seja rápida porque estou com pressa. – Disse a ruiva logo apressadamente, enquanto a funcionária olhava-a atentamente com uma expressão de terror na face.

 

A funcionária foi explicando-a como se fazia o teste que se ficasse apenas um risco ela não estaria grávida, mas se estivesse dois riscos ela estaria grávida com total certeza, e de quê a probabilidade do teste estar errado seria de 1%. As chances eram enormes, pois Zelena não se protegia com o Marcus já com o Robin ele não queria ter filhos com ela então se protegia constantemente até porque se fosse pela mesma teriam filhos não por amor e sim para prendê-lo junto a ela e a família que se tornariam.

 

Se sua suspeita se comprovar como o esperado, ela terá de matar Marcus porque ele sabe de tudo o que se passa em sua vida, até mesmo ela aparecendo grávida até porque não poderá esconder sua gravidez por muito tempo, a melhor chance que ela terá será de calá-lo de uma só vez: com a morte; Só assim poderá dar o sobrenome Locksley ao herdeiro que supostamente estará a caminho.

 

Chegando ao apartamento a ruiva logo largou sua bolsa em qualquer canto e foi direto ao banheiro onde fez o xixi e esperou cerca de alguns minutos, mas que para ela foram intermináveis.

 

Coragem. Essa era uma das palavras da qual ela não tinha muita intimidade e nem gostava muito de usá-la ou agir com ela, porém não restava outra opção a não ser conferir o teste e assim fora feito e para sua convicção a mesma se apresentava grávida.

 

Sim havia dois riscos no teste, agora teria que tomar providências cabíveis antes de Robin regressar a cidade isso é, se ele voltar. Por hora era curtir a tão novidade com o verdadeiro pai da criança mesmo ele não sabendo. Teria então de ligar para a única pessoa que a ajudaria a parti de agora, aliás, de todo o sempre: Rumpelstiltskin.

 

Ligação On

 

Discando...

 

-Alô, Rumple. Preciso da sua ajuda e tem que ser rápido. – Falou Zelena desesperada, contudo ao mesmo tempo contente com a notícia da gravidez.

-O que você quer querida, estou a ouvidos. – Disse o mais velho todo arrogante do outro lado da linha telefônica, fumando seu charuto barato como o de costume.

-Eu preciso que você venha para Washington o quanto antes, temos muito a fazer meu caro. – Disse a ruiva toda empolgada.

-Não pode nem me adiantar por telefone o que seria? – Perguntou Rumple um pouco desconfiado do que se tratava. Realmente ele não sabia sobre o que era, porém ele tinha desconfianças de que “sua” Verdinha estava aprontando algo bem pior do que já houvera planejado na vida, pois ele nunca precisava dar as caras em Washington e porque dessa vez teria que dar? Algo tinha de muito grave para ter sido solicitado.

-Não mesmo meu caro, tudo que está em minha mente tem que ser muito bem arquitetado colocado nos mínimos detalhes em prática. Nada pode dar errado, nada! – Disse a verdinha um tanto nervosa com o tanto de perguntas que seu velho amigo estava fazendo. – Você vem para o endereço que aparecer no seu celular, vou lhe enviar siga claramente as instruções dadas, Mwah! – Falou Zelena com voz de vitoriosa e encerrou a chamada deixando o mais velho irritado por ter batido o celular na sua cara.

 

A mensagem havia chegado com o endereço, enquanto isso Rumple arrumava sua pequena mala levando apenas consigo coisas básicas já que nunca foi de ter muitos pertences em sua vida. Veria qual seria a surpresa magnifica da verdinha mais venenosa de toda uma vida.

 

Narrador

 

Havia começado a chover naquela região no qual Regina e o mais velho se encontravam junto às plantas e animais de várias espécies por sinal. Por hora o maior pesadelo deles estava bem à frente a onça chegando cada vez mais perto da mesma, Robin apesar de ter perdido a memória de toda sua vida praticamente, contudo havia uma parte do qual nunca esqueceria nem em seus piores pesadelos o instinto de sobrevivência de quando certa vez aprendeu sem querer com seu estupido pai, soube como deveria se portar, agir sobre as ações da natureza.

 

You came to me and I started to feel

(Você veio até a mim e aí comecei a perceber)

That my senses had left me to die

(Que meus sentidos tinham me deixado para morrer)

Where is my strength when I need it the most?

(Onde estão minhas forças quando mais preciso delas?)

Tell me what have you done with my mind

(Diga-me o que foi que você fez com a minha mente)

 

 

Flash Back On

 

-Papai, por favor, ajude-nos. – Gritava o menino Robin por socorro.

-Ajude-os Raphael! – Dizia Marina ao seu esposo, porém nada adiantou.

-ELE TEM DE APRENDER A SE VIRAR, MAS ELE É UM FRACO, TUDO SOU EU, TUDO! – O senhor Raphael não dizia as palavras e sim as gritava explosivamente.

 

Foi nesse exato momento em que tudo de errado ocorreu-lhes, aquele jovem garoto chamado Robin of Locklesy perdera o que lhe mais era precioso além do amor de sua mãe, o amor que outrora tinha por sua irmã; Vindo então a falecer naquele dia tão mágico para ambos e por culpa de uma imprudência fatal pela parte de seu pai ela foi-se rapidamente diante dos olhos de cada presente ali.

 

Tudo se foi embora naquele instante para o filho mais velho do casal, minutos, segundos, horas, dias, anos passou-se a ser eternidade em seu interior mais profundo...

 

Flash Back Off

 

 

Regina

 

Não sei como vou fazer para sair daqui com vida, só sei que não consigo parar de pensar no estranho. Eu aqui quase para morrer e pensando nesse homem que me tira de orbita, preciso tomar alguma atitude contra essa onça que só fica a me espreitar, se é para me matar que me mate logo de uma vez...

 

Save me now

(Salve-me agora)

From the depth of my infatuation

(Da profundidade de minha paixão)

I could drown

(Eu poderia me afogar)

In the sea of love and isolation

(No mar de amor e de isolamento)

I'll take you down if you just

(Te levarei comigo se você simplesmente)

Save me now

(Me salvar agora)

 

É muita pressão nem consigo raciocinar direito eu consigo porque meus pensamentos só vão especialmente para uma única pessoa: o estranho que deixei na carroça; Quero estar sempre presente dele, tudo me parece estranho agora minha nossa eu não sei mais o que estou dizendo ou pensando. Minha consciência grita por entendimento, preciso parar de pensar nele mal o conheço, mas já sinto um prazer do qual nunca senti nesses últimos dois anos.

 

NÃO POSSO ESTAR APAIXONADA POR ELE, JAMAIS!

 

All the time that I gave away

(Todo aquele tempo que desperdicei)

I'll give it to you

(Eu darei a você)

All the love that I never made

(E todo aquele amor que nunca fiz)

I'll make it to you, yeah

(Eu farei a você, sim)

Nothing will not be more electric to me

(Nada será mais eletrizante para mim)

Than to give you a taste of the love that I hide

(Do que te dar uma prova do amor que guardo)

In my condition I'm totally lost

(Em minha condição, estou completamente perdido)

Tell me what have you done with my pride

(Diga-me o que foi que você fez com o meu orgulho)

 

Robin estava a segurar o arco que acabara de encontrar na mata quando de repente mais a frente ele se deparou com uma pedra, agachou-se e a pegou colocando em sua mão testando logo em seguida no arco encontrado disparando em seguida na direção da onça;

 

Mesmo o impacto sendo tão forte não a derrubou no chão somente fez com que o animal fugisse mata adentro, deixando para trás uma Regina frustrada por não saber de onde aquele salvamento veio, pois não havia ninguém por perto a não ser o estranho que estava totalmente apagado como assim ela pensava estar.

 

And I'll stop loving you (save me now)

(E eu deixarei de te amar (salve-me agora))

No way

(De forma alguma)

Can't stop fantasizing (I could drown)

(Não posso parar de fantasiar (eu poderia me afogar))

With you in my mind

(Com você em minha mente)

Loves you girl

(Te amo menina)

Loves you

(Te amo)

Where is my strength when I need it the most?

(Onde estão minhas forças quando mais preciso delas?)

Tell me what have you done with my mind

(Diga-me o que foi que você fez com a minha mente?)


Notas Finais


Não sei quando volto, repito novamente estou de mudança, mas quando eu voltar vou tentar trazer dois capítulos de uma vez tentar. Mwah!!
O que acharam da Zelena grávida de Marcus? E da suposta morte que ele terá? (Ops falei demais), me aguardem... Robin salvando nossa Regis foi heroico ♥♥.
Beijos meus amores, NÃO DESISTAM DE NÓS!!! Volto assim que puder 😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...