História Android Imperfeito - Capítulo 97


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Androide Nº 16, Androide Nº 17, Androide Nº 18, Bulma, Cell, Chichi, Dende, Gohan, Goku, Kuririn, Mestre Kame, Mr. Satan, Piccolo, Tenshinhan, Trunks, Vegeta, Videl, Yamcha
Tags Android, Cell, Gohan, Videl
Visualizações 99
Palavras 1.500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá Peoples!!!
MISSÃO CUMPRIDA!!! Fachando hj os caps das visitas, com direito a dança e muito mais... (podem fazer aquela carinha q eu deixo) e para finalizar, temos imagens hj tbm, sendo q eu vos apresento o novo corte de cabelo da Artemis (bem curtinho... snif snif...) e como eu amo os desenhistas de plantão, eu encontrei (remexendo no pixiv) uma imagem q meu pai amado... ela foi a base para esse cap e além disso, a minha artista favorita de Bleach (tama-chan) tbm fez a tempos atrás uma imagem q eu gamei geral e como vcs já sabem q o Seraph tem a fisionomia do Shiro-chan (amo chamar o Hitsugaya assim), nada mais justo do q colocar a imagem da Artemis sendo parecida com a da Momo (pode ter gente q ñ gosta dela, mas... pfv, ñ levem a mal... eu simplesmente peguei ela de base pq a minha ideologia da Artemis batia tão bem com a dela q ñ teve como eu ñ imaginar a mestiça com a mesma fisionomia da tenente, além do fato de eu gostar D+ da personagem...), então... a imagem em preto e branco (se é q dá pra chamar assim) é aquela q me fez escrever esse cap e a imagem com cores é para nós saber como ficou realmente as mudanças de corte de cabelo e de vestimenta, além disso, tem os colares fazendo destaque (sim... até isso eu tive base...) e eu tbm editei as imagens um pouco, pois a Momo usa um penteado parecido com a da Chi (um dos motivos q eu amo a Hinamori) e com a ajuda do Paint, foi só dar uns ctrl+c e ctrl+v e ficou do jeito q eu queria....
Espero q tenham entendido, nos vemos nas notas finais!

Capítulo 97 - Gratidão


Fanfic / Fanfiction Android Imperfeito - Capítulo 97 - Gratidão

Depois que Seraph falou aquilo, todos ficaram abobalhados, afinal, ele falou em filhos e até um dia atrás ele nem pensava em ter herdeiros, pois achava que nenhuma garota fosse ideal para ser sua mulher, visto que todas as que ele conhecia só estavam interessadas em seu dinheiro, sua fama e talvez por sua beleza, mas agora a conversa mudou e ele simplesmente falou em filhos de uma forma tão natural que chegava a assustar.

Seraph continuava com um sorriso no rosto, porém esse sorriso era mais sapeca do que o resto, sendo que Videl mal acreditava no que via, enquanto Lime estava ainda tentando entender como seu primo poderia estar portando aquele olhar, visto que ele sempre foi sério e não esboçava sentimentos facilmente. Ragnarok e Gohan estavam tão abobalhados que não conseguiam nem falar nada, só ficaram de boca aberta tentando assimilar o que foi falado a pouco pelo albino. Migeru e Mr. Satan estavam assombrados com o próprio filho, enquanto que os demais estavam surpresos, sendo que Turles estava mais furioso do que surpreso, afinal, Seraph olhava para Artemis com aquele sorriso e o saiyajin moreno via o olhar surpreso e ao mesmo tempo de alegria que sua filha lançava para o android, além disso, ela estava um pouco corada e isso era um sinal de alerta máximo. Tifon também ficou meio enciumado, mas estava feliz, pois sabia que o albino podia cuidar de sua irmã, assim como sabia que ele poderia realizar o maior sonho de sua irmã que era, algum dia, ser mãe. Quando se lembrou disso, Tifon se lembrou do que Cell havia falado a ele sobre o colar de pérolas e isso fez a ficha do arroxeado cair.

Pois ele entendeu que aquela que fez o colar era tanto filha de Seraph quanto de sua irmã.

Tifon sorriu com isso e naquele momento, prometeu a si mesmo que ajudaria sua irmã a cuidar de seus sobrinhos e seu desejo era ver o dia em que sua sobrinha fizesse aquele colar, mas ele não diria isso em voz alta, afinal, não queria morrer nas mãos do próprio pai, muito menos dar uma mão a Seraph, se o albino queria sua irmã, ele teria que lutar por ela e o arroxeado não o ajudaria nesse sentido, mas também não o atrapalharia. Arale estava um pouco confusa com o que estava sendo dito, porém ela viu o jeito que sua filha estava e se sentiu feliz, afinal, ela via que sua garotinha estava crescendo e caso Seraph e Artemis quisessem ficar juntos, ela não seria contra, pois sabia que não havia ninguém melhor do que ele para cuidar de sua menina, principalmente depois do que ela viu nessa tarde e por ficar sabendo recentemente de todo o apoio que Mirai Seraph foi a sua filha.

Artemis estava abobalhada, ela não esperava por isso, porém aquela frase despertou nela algo que ela nunca imaginaria, ela se sentiu mais que amada, ela se sentiu mais que especial, ela se sentiu única e não havia explicação para descrever como aquilo a alegrou e de tanta alegria que sentia, ela chegou a corar, sentindo seu coração correr a mil no peito, sua boca secar, suas mãos suarem, sua voz faltar... ela não sabia bem o que estava acontecendo, ela só sabia que ela era eternamente grata a Seraph, tanto o do presente quanto o do futuro e foi com essa gratidão que ela sorriu, deixando o sorriso mais belo que ela podia expressar ser visto por todos os que estavam ali, o que ela não sabia é que Seraph quase teve um treco ao ver aquele sorriso, ele envermelhou da cabeça aos pés e arregalou os olhos, sentindo algo no meio de suas pernas começar a dar sinais de vida.

Ele não podia crer que só um sorriso de Artemis conseguia deixa-lo excitado.

Para o albino, aquilo não podia ser real, pois isso nunca aconteceu e ele não acreditava que estava acontecendo através de um sorriso, o que ele faria caso visse a mestiça com outras roupas, ou de biquíni, ou só de lingerie? Santo Kami, só esses pensamentos fizeram seu membro latejar e o pior, ele estava na frente de outras pessoas e essas pessoas podiam ver que ele estava ereto, ele tinha que sair dali, de preferência o mais rápido o possível.

Mirai Seraph também estava assombrado com o seu “eu” do passado, porém ele sorriu e quando viu o sorriso de Artemis, ele ficou sem reação, sendo que isso era comum – tanto no passado quanto no futuro – quando estava perto dela e ela dava esses sorrisos. Porém quando ele viu o estado do albino, ele ficou mais sem jeito, afinal, ele sabia bem o que Seraph estava passando e até mesmo ele não entendia como um sorriso da mestiça conseguia faze-lo ficar duro como uma pedra, sendo que até mesmo no futuro – antes de ter aquele corpo – ele se sentia ereto só em ver o sorriso da acastanhada e não era à toa que ele teve quatro filhos com ela, afinal, ele não conseguiu resistir aquele sorriso nem por um ano. Cell ainda estava em suas lembranças quando ouviu a campainha da casa de Arale tocar, sendo que Tifon se levantou para atender e então viu os habitantes da vila com um bolo enorme e vestidos com seus melhores trajes.

-Olá Tifon! Gostaríamos de festejar a vitória sobre os Erdop e queremos convidar a todos para participar, o que acha? Perguntou um dos habitantes da vila alegremente.

-Ouviram isso? Perguntou Tifon vendo todos dentro de sua casa acenarem positivamente. –Vamos fazer uma festa!!!

A ideia alegrou a todos e então Arale disponibilizou todos os quartos que tinha para qiue seus convidados pudessem se trocar, os lojistas doaram roupas bem estilosas para todos os guerreiros e amigos, para que todos pudessem participar. Quando todos foram se trocar, Artemis chamou a todos os cidadões e com a ajuda de Tifon – do qual ela chamou a parte – distribuiu as pérolas que ela e Pan haviam separado. Os cidadãos choraram com o que viram e sorrindo em lágrimas retribuíram a mestiça com fortes abraços, afagos e beijos. Porém quando a acastanhada entrou dentro de casa, os habitantes da vila se uniram e com a ajuda de costureiras, fizeram um vestido recheado de pérolas, sendo que Tifon e Pan – que saíram de casa sem ninguém perceber – ditaram o design para a colocação das pedras.

Artemis estava em seu quarto, tentando achar algo para vestir quando de repente, Chichi chega com uma tesoura e secador, dando a enteder que ela cortaria as pontas queimadas do cabelo de sua sobrinha. Artemis sorri com isso e se sentando, deixa que sua tia lhe corte o cabelo, ouvindo a mesma dizer o que faria para deixar o cabelo curto dela ser até feminino. Depois de cortado o cabelo, a mestiça sorriu com o resultado e então viu algo entrar pela janela, ela então percebeu que era um pacote de presente endereçado a ela e quando abriu, ela viu um belo vestido soltinho que ia até o joelho cor amarelo bem clarinho e nele estavam várias pérolas amarradas em forma de quatro pontas arredondadas. Só de ver o vestido, a semi-android chorou de alegria e então viu seu irmão e Pan em sua frente, sendo que Tifon segurava o colar que Mirai Seraph mostrara antes.

-Eu sei que os filhos do Seraph vão te dar um daqui a alguns anos..., porém, por hoje, use esse, tenho certeza que o Cell vai gostar! Falou Tifon com um sorriso animado.

-Use-o também pensando na Cásis, ela vai adorar saber que você usou algo que ela fez! Disse Pan sorrindo alegre.

-Cásis? Perguntou Artemis surpresa.

-Minha prima, tem a mesma idade do que eu! Falou a moreninha dando uma piscadela.

-Certo... quando a ver de novo, agradeça por mim. Pediu a mestiça sorrindo em lágrimas.

Então Artemis se vestiu com a ajuda de Chichi, para depois colocar o colar com a ajuda de Tifon, depois disso, Pan vai chamar seus pais, Lime e Ragnarok, que quando veem a mestiça, gritam de alegria e a abraçam fortemente. As meninas então começam a se olhar e percebem que ambas estavam com vestidos semelhantes, sendo que Videl estava com um azul e Lime com um verde, já Gohan estava com camisa social azul e calças brancas e Ragnarok estava com camisa verde e bermuda marrom.

Seraph esperava pelos outros fora de casa e quando viu os outros saírem, já pediu por Artemis, então quando ela se mostrou, ele virou uma beterraba de vermelho e sentiu seu membro pulsar, começando a doer de tão duro que estava. Os habitantes da vila agradecem a mestiça por tudo o que ela fez por eles, comentando o quanto ela estava linda, dando uma linda flor a ela e Turles chora de orgulho, de repente, Artemis vai até Seraph e o puxa, pedindo para dançar.

E a festa começa... enquanto as pérolas dançam de alegria sobre o luar.


Notas Finais


Olá di novo!
MEU KAMI-SAMA!!! SERAPH TBM FICOU LEVEMENTE PERV!!!! (vcs: LEVEMENTE??? - Eu: sim... levemente... pq se ele fosse perv, a Artemis já tinha experimentado o q aquele android pode fazer...) e ñ é q o Mirai fala o q nós queríamos saber? as crianças são filhas de sangue mesmo... nada de adoção.... hehehe... isso ta ficando bom....
Prox cap: TREINAMENTO!!!! AONDE??? CASA DO GOKU!!!!
Kissus de framboesa (docinha e azedinha ao mesmo tempo... como eu amo isso!!!) e até! o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...