História Angel - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Proibido, Conto, Romance
Visualizações 0
Palavras 705
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 14 - Capítulo 14


Angel

Parte 14

Autora DieneMdicci

Eu seguia tudo o que me diziam , não comi o lanche nem bebi nada , não conseguia . Eu tava muito nervosa com medo , quando um deles veio pra me levar no banheiro ele soltou as minhas mãos me colocou pra dentro do banheiro, entrei tirei a venda dos olhos sentei no chão comecei chorar muito até perder o fôlego , tive um ataque de pânico comecei sentir meu corpo formigar meu coração disparou, a minha cabeça doía muito eu mau conseguia respirar , eu já tinha tido antes algumas vezes , eu tava fechada no banheiro mais não trancada não tinha como trancar , ele perguntou se eu não ia sair eu não respondi , ele perguntou se podia abrir eu não respondi , ele abriu a porta me encolhi com medo continuei como estava no chão chorando muito sem conseguir falar ou ter qualquer reação, ele falou comigo disse pra mim levantar também falou pra mim não olhar para ele ,ele estava com uma touca que só mostrava os olhos ,eu não respondi fiquei com a cabeça baixa , ele abaixou na minha frente, pegou nas minhas mãos e as apertou de leve , puxei as mãos e virei o rosto , ele falou " fica calma / Respira/ Não vai acontecer nada com você ) , eu continuei como já estava do mesmo jeito, ele me pegou no colo entrou no box e ligou o chuveiro a água estava muito gelada , ele me colocou de pé e ficou me segurando pela cintura fui me acalmando, ele falou

- Tudo bem? Angélica?

Angélica?

Eu respondi com a cabeça balançando que sim , ele saiu do box tirando a camiseta e a touca saiu junto ele tava de costas não consegui ver muito vi que tinha a costa fechada de tatuagem ele era forte alto moreno , ele fechou a porta assim que saiu eu continuei em baixo da água de roupa mesmo por algum tempo, ouvi ele abrindo a porta do quarto , logo veio na porta do banheiro e falou

- Tem toalha roupas pra você vestir aqui na porta , eu vou larga aqui ..

Eu não respondi

Ele perguntou

- Angélica tudo bem? Responda, vou ter que entrar .

Eu respondi

- Ok eu ouvi .

Quando sai do banheiro tinha duas toalhas e roupas novas de mulher camiseta vestido ,Shorts de pano mole , coisas de lojinha de 10 reais , eu não estava com as mãos amarradas, me troquei e voltei para o colchão não tinha nada no quarto além do colchão , fiquei pensando porque aquilo tudo estava acontecendo comigo , eu não conseguia pegar no sono de jeito nenhum , vi no meu relógio que já era Madrugada ouvi passos levantei e falei perto da porta

- Tem alguém aí?

Responderam se aproximando

- O que foi? Quer companhia? Vai ser muito bom brincar com você delicia...

Eu não respondi fiquei apavorada voltei para o colchão na hora, ouvi passos se aproximando comecei chorar , pedir pra Deus para que nada me acontecesse , vi que tinha alguém tentando abrir a porta, comecei entrar em pânico chorar de soluçar , ouvi perguntarem se eu queria comer , era a mesma voz que tinha falado comigo a pouco , respondi chorando

- Não

Ouvi vozes conversando ficou tudo quieto , uma meia hora depois vi que estavam abrindo a porta , antes que abrissem eu falei

- Oque quer aqui?

Responderam

- Você ainda tá acordada? Tá com a venda no rosto?

Eu respondi

- Não ...

A porta tava com uma fresta aberta , ele me falou

- tá chorando?

Eu respondi

- Porque tão fazendo isso comigo?

Ele fechou a porta e respondeu

- Não vai acontecer nada com você, fica calma se você tiver outra crise não posso entrar te ajudar.

Eu respondi

- Como você sabia?

Ele perguntou

- Sabia o que?

Eu respondi

- Da água gelada ...

Ele respondeu

- Uma amiga minha fazia isso ..

Fiquei quieta logo ele perguntou

- Dormiu?

Eu respondi

- Não ,eu não vou .

Ele perguntou se eu estava com medo , eu não respondi , ele disse que ia ficar na porta o resto da noite caso eu precisasse de algo , eu respondi

- Quando vou pra casa?

Ele respondeu

- Dorme fica de boa nada vai acontecer com você.

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...