História Angel - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Proibido, Conto, Romance
Visualizações 0
Palavras 1.419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 18 - Capítulo 18


Angel

Parte 18

Autora DieneMdicci

Quando chegamos no condomínio o Henrique parou na frente da casa dele e me chamou pra entrar , eu não queria mas queria , também não queria ser chata dando fora nele novamente, fiquei quieta desbloquiei o celular olhei a hora , ele percebeu que eu não tava muito afim já que eu não respondi de imediato, ele pegou na minha mão e disse

- Fica comigo a gente assiste um filme, não vou te forçar fazer nada ...

Eu respondi " tá vamos entrar" ,tirei o cinto descemos ele colocou a mão na minha cintura eu tava bem tensa , fomos para o quarto dele eu fiquei parada sem saber o que fazer ele fechou a porta falou pra mim sentar na cama , eu sentei ele abaixou na minha frente falando

- Você pode dormir fora ou sua tia não gosta?

Ele tirou os meus sapatos homem nenhum nunca fez isso pra mim, eu respondi que nunca tinha dormido fora na minha estadia la e não sabia se ela ia gostar ou não, ele levantou tirou minha bolsa de perto de mim tirou meu cardigã ergueu minhas pernas colocou na cama falando pra mim deitar ficar a vontade , disse que ia por um filme começou me dar opções pra mim escolher ,ele tirou o tênis subiu na cama de roupa mesmo deitou do meu lado me abraçou ficamos deitados abraçadinhos assistindo , ele não me beijou não tentou fazer nada eu tava até estranhando ,eu tava deitada no peito dele, ele tava mexendo no meu cabelo uma delícia , ele olhou pra mim e disse

- Ta com sono? Te levo quando você quiser ...

A gente se olhou de pertinho eu não aguentei e beijei ele , a gente começou se beijar ele foi bem contido não sou boba tava percebendo que ele tava pisando em ovos comigo , ele parou de me beijar se ajeitou na cama e eu sem saber se continuava ou parava, beijei ele de novo a gente começou se pegar cada vez mais ,ele tirou a camiseta abriu a calça ok tava bem interessante , quando ele colocou a mão dentro da minha blusa começou pegar nos meus seios eu comecei me sentir mau ,tirei a mão dele mas continuamos nos beijando , ele abriu minha calça tentou por a mão dentro isso foi demais pra mim, tirei a mão dele rápido já me sentei de costas pra ele arrumando minha roupa , ele pegou no meu braço e falou

- Angélica tudo bem?

Eu respondi quase chorando

- Tudo ,eu preciso ir embora ...

Levantei pegar minhas coisas ele levantou atrás de mim , veio me abraçar , nos abraçamos e não aguentei segurar o choro , ele me pediu desculpas .

Ficamos alguns minutos abraçados sem falar nada , eu chorava muito , ele me sentou foi pegar água pra mim , ele ficou segurando na minha mão sentado do meu lado quieto , fui me acalmando e falei que ia embora ,ele disse pra mim que se eu fosse ele iria ficar se sentindo muito mau , que não ia chegar perto de mim que eu não precisava ir, acabei ficando parei de chorar voltei deitar , ele deitou abraçado comigo eu de costas pra ele e perguntou

- Quer conversar??

Respondi " Não" , ele falou que tudo bem, que eu não precisava falar nada , acabamos dormindo acordei várias vezes na noite assustada não tomei remédio também pra dormir ,bem cedo fui embora sem acordar o Henrique , mandei uma mensagem me desculpando falei que não tinha nada a ver com ele que ele não tinha culpa nenhuma, ele respondeu

- Você foi embora sem falar comigo, vamos conversar hoje...

Eu só falei desculpas ele perguntou

- Você é virgem?

Eu respondi

- Seria bom se fosse, não sou ...

Ele mandou

- Você pode falar comigo ,quero te entender te conhecer melhor.

Respondi

- Acho que ainda não, não estou pronta ...

Ele respondeu que não tinha pressa que tinha todo tempo do mundo pra mim , a gente seguiu conversando pouco Durante os dias seguintes, quando encontrei a Yasmin contei que ficamos só não contei detalhes , já fazia mais de dois meses que eu tava morando la , a mãe do Henrique entrou em contato comigo pra mim ir conversar com ela sobre ser babá do irmãzinho dele , fui acertamos tudo, ela perguntou o que acontecia entre eu e o Henrique , falei que éramos amigos só isso , ela falou

- Angelica não quero bagunça em minha casa na presença do Miguel , espero que você seja tão responsável quanto parece .

Falei claro sim senhora , eu precisava mais trabalhar do que namorar , falei com o Henrique que tinha dado certo e que a gente não podia mais ficar , ele disse que tudo bem.

Eu ia ficar com o Miguel de 6 anos da 12:00 as 20:00 as vezes mais menos , iria depender da jornada diária da Thaís mãe deles , ela era bem reservada tinha um escritório de advocacia , ela só aceitou me dar uma chance porque conhecia meus tios eu morava perto era de classe média alta , ela deixou tudo o que tínhamos que fazer em um quadro , regras da casa , sugestões enfim não era tão difícil, no primeiro dia o Miguel tava muito eufórico animado comigo pra ele era tudo novidade, no primeiro dia não vi o Henrique, no segundo ouvi a voz mas não vi, a Thais ficou trabalhando em casa nos primeiros dias ela se surpreendeu porque o Miguel não ficou procurando ela , ficou comigo como deveria . Um dia eu tava na sala com o Miguel brincando com aqueles trenzinho enormes e o Henrique chegou bem mais cedo do trabalho, ele falou oi eu respondi, a gente não tinha se visto desde a noite que ficamos , ele sentou no chão começou brincar com o irmão , eu fui preparar o lanche do Miguel chamei ele pra sentar na mesa comer ,o Henrique veio junto sentou na mesa ficou quieto , ele tava me olhando fixamente, perguntei o que ele tanto olhava , ele respondeu

- Não posso falar com você minha mãe proibiu mas olhar eu posso , ela não me proibiu de olhar .

Sorri pra ele e disse

- Não ainda .

Ele perguntou se eu tava gostando se eu tava bem , a gente conversou um pouco ele logo foi pro quarto dele , depois nos vimos mais um dia ou outro só trocamos oi , depois de dias a Thais perguntou se eu tava gostando se eu queria mesmo aquilo, tava tudo indo bem pelo menos nisso , eu queria ir pra casa às vezes mas tinha muito medo , me sentia mais segura com a minha tia , ia ter uma festa da Thaís aniversário do pai dela , ela pediu pra mim ir um pouco umas duas horas ficar com o Miguel arrumar ele , no dia era um sábado fiquei a tarde com ele sozinhos, quando deu 18:00 o Henrique chegou falou pra mim ir pra casa me trocar enquanto isso ele ficava com o Miguel até a mãe chegar , fui pra casa como eu não tinha Uniforme não sabia o que vestir , coloquei uma calça jeans uma blusa bonita de manga comportada e sapatilha , deixei o cabelo preso , quando voltei a Thais ainda não tinha chego , os meninos estavam deitados no quarto do Henrique assistindo, fui pegar o Miguel o Henrique perguntou se eu tinha planos pra depois ,falei que não ele me chamou pra uma festa falei que não dava , fui dar banho arrumar o Miguel dei janta , fomos pro quarto ouvi que tinha gente chegando vozes ,a Thais chegou falou comigo foi pro quarto dela, o Miguel não queria sair do quarto chegou mais duas crianças ficaram brincando e eu plantada assistindo tv de olho neles, uma tia do Henrique veio no quarto ela era mãe das crianças , ela começou conversar comigo e fomos pra perto de todos ela me apresentou a família , tinha umas 25 pessoas mais o menos , eu tava de canto sem jeito a Thais me liberou de correr atrás do Miguel e disse que eu podia ficar a vontade, ir embora se quisesse , fui pegar meu celular no quarto dele quando fui sair dei de cara com o Henrique ele me puxou pra dentro do quarto e ficou bem perto de mim , dei risada e falei pra ele parar...

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...