História Angel - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Proibido, Conto, Romance
Visualizações 0
Palavras 1.626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Capítulo 6


Angel

Parte 6

Autora DieneMdicci

Então o Bruno disse que não tinha medo do meu pai e olhou pra mim esperando eu convidar ele pra entrar, falei que sim que a gente ia entrar , a gente colocou o carro na frente da casa do vizinho , entramos minha madrasta foi deitar , a gente foi direto pro meu quarto eu tranquei a porta ele ficou parado como uma estátua , chamei ele pra deitar , ele tirou o tênis deitou no canto da cama , coloquei um filme pra gente assistir a gente chegou se beijar dar uns pegas mas só isso , quando ele dormiu troquei de roupa e dormimos abraçadinhos , meu pai saiu cedo logo acordei o Bruno pra ir embora nem cafe da manhã pra ele não dei , recebi uma mensagem da Fernanda perguntando como eu tinha ido embora com quem, ainda de madrugada, respondi cedo que tinha ido embora com o Bruno e que ele dormiu em casa, ela me mandou um áudio falando " Angel até que enfim você liberou logo , o Bruno vai fica na sua cola agora e aí foi bom? "

Eu respondi pra ela parar de palhaçada, porque eu era reservada sabe nunca gostei de expor minha intimidade e mesmo se eu falasse que não tinha acontecido nada ela não iria acreditar , a gente se encontrou na casa da Laura no dia seguinte a tarde , eu tava " junto " com o Bruno , ele pegava em mim era um fofo a gente tava mais próximo trocamos um carinho aqui um ali nada demais , a Fernanda chegou por último se trancou no quarto com a Laura mas pra mim normal já que elas eram unha e cutícula , ficamos horas e horas bebendo conversando e o pessoal tava decidindo se ia em um barzinho ou não , a Fernanda tava botando pilha mas tava sem grana , o Bruno e a Laura topava tudo , falei que eu fazia a parte da Fernanda , a gente fazia isso várias vezes uma para outra ,fomos pra minha casa emprestei roupa pra Fernanda pra ela não precisar ir pra casa dela , tomamos banho nos arrumamos ela pegou um vestido que eu tinha ganho do Augusto até de um ombro só , depois o Bruno passou pegar a gente e eu tava enjoada já dele , tão carinhoso fofo gentil paciente , ele era ótimo boa família estudioso , mas não tava nem conseguindo me levar pra cama imagina entrar em um relacionamento sério , não falei nada pra Fernanda porque ela via as coisas como se eu fosse boba ,se eu tivesse dificultando tudo .

A gente foi no barzinho , fui fumar na calçada com a Laura ela perguntou se eu tava firme com o Bruno ,falei que gostava dele como amigo mas que não era pra mim ,que eu não tava afim de entrar em nada sério também , ela me falou

- Ata entendi vcs dois juntos é daora , sei lá , vc precisa conhecer mais gente se cercar de gente do bem sabe ...

Voltamos pra dentro com o pessoal logo a Fernanda disse que tava indo embora saiu sem falar nada com nada correndo toda animada foi pra um esquema e eu ia usar ela pra dispensar o Bruno , fiquei só pensando como ia dar um toque nele que não queria ficar ficando direto até porque eu tava cozinhando ele e ele não merecia isso . Eu tava querendo ir pra casa, a Laura pediu pra mim esperar disse que queria conversar comigo ,ela me chamou lá fora e disse

- Angélica não tenho nada a ver com a sua vida , não quero confusão pro meu lado , posso confiar em você?

Eu respondi sem entender nada

- Pode o que foi calma??!??!

Ela respondeu

- Não sei nem como falar é muito foda , vou falar porque acho muita filha da putagem entende...

Eu fiquei olhando pra ela balançando a cabeça que sim , esperando ansiosa que ela falasse , ela então disse

- A Fernanda tá saindo com o seu ex , no dia do baile depois que você foi embora , ela foi embora com ele dormiu com ele , não acho isso certo você patrocinando o rolê dela e ela mentindo pra você...

Eu fiquei branca como papel , respondi

- O que mais você sabe ? Ela te contou ?

Ela começou dizer que no dia do baile , ela viu os dois saindo juntos de mãos dadas e que perguntou na casa dela quando se trancaram no quarto , a Fernanda disse que só tinha ficado uma vez que ele insistiu muito e ela foi porque tava bêbada , só que depois que ela saiu do barzinho sem falar com quem ia sair , ela tinha certeza que a Fernanda tinha ido ficar com ele de novo.

Eu fiquei muito p da vida , perguntei se ela iria atrás dela comigo , ela disse que não valia a pena começou tentar me convencer a largar mão , ficar quieta até ela me contar , o Bruno veio até nós chamando pra ir embora , eu pedi pra ele levar a gente dar uma volta , eu tinha certeza que sabia onde o Augusto poderia estar e se ela estivesse junto eu não ia me segurar , entramos no carro a Laura começou falar pra mim desistir , o Bruno começou perguntar o que tava acontecendo , eu falei que tinha uma coisa pra resolver com a Fernanda , passamos no parque onde tinha encontro de carros aos finais de semana ele sempre ia lá de domingo , descemos eu tava cega de raiva não tava vendo nada na minha frente, vi os amigos dele fui caçando , vi o carro do Augusto ele tava encostado a Fernanda tava de costas pra ele encostada nele abraçados , a Laura falou pra mim não dar barraco , eu fui até eles quando ele viu eu me aproximando ele falou algo pra ela , ela se virou pra minha direção rápido assustada eu parei bem perto e falei

- Fernanda vem aqui um pouco ...

Ela me respondeu sem graça

- Oi

Ele virou o rosto pra não olhar pra mim , ela veio vindo perto eu dei alguns passos pra longe dele e falei

- Porque você não me contou? Nós não somos amigas?

Ela me respondeu

- Desculpa eu devia ter falado é que a gente se encontrou assim aconteceu não é nada , olha se você quiser eu largo mão angel... é que você e o Bruno tava tão bem dormindo junto até ...

Eu fui dando uma distância coisa de 10 passos ,eu falei pra ela

- Não nos não somos amigas , você me devia respeito e não ele , você era a minha amiga Fernanda ...

Ela respondeu

- Você ta com outro e o Augusto ta sabendo Angélica ele não quer mais saber de você, ele viu todas as nossas conversas .

Nem deixei ela terminar de falar rasguei o vestido a parte de cima , comecei xingar falar que ela era uma falsa invejosa piranha , ela me empurrou se soltando pra mim não rasgar mais o vestido , peguei ela pelo cabelo com uma mão e comecei dar soco com a outra, o Augusto veio tentar separar falando " Para Angélica, você vai machucar ela" ,eu fiz que ia parar ele baixou a guarda eu empurrei ele e falei " me solta, não encosta em mim " ,ela tava levantando se cobrindo fui pra cima rasguei o resto do vestido e falei " sua piranha esse vestido é meu , vai pedir pro seu macho comprar um pra você agora" , ela conseguiu me dominar puxando meu cabelo a gente caiu no chão , senti alguém me puxando ainda consegui chutar ela duas vezes enquanto me tiravam de cima , o Augusto me prendeu travou meus braços ,foi me arrastando a força me afastando da rodinha que tava vendo a briga toda , a Laura e o Bruno acudiu a Fernanda que ficou só de calcinha , eu xingava beliscava ele tentava me soltar a todo custo , ele me soltou e começou gritar comigo falando

- Porque você fez aquilo Angélica? qual é a sua ? você tá maluca ?!?? Que droga foi essa

Eu tava arranhada com o rosto e braços machucados, eu respondi pra ele gritando também e dei um empurrão nele

- O que foi vai me bater por causa da sua puta Augusto? Vai se foder vai pro inferno eu odeio você, tenho nojo de você ...

Virei as costas sai andando chorando fui onde o Bruno tinha deixado o carro , liguei pra ele que logo veio e falou que a Laura já tava vindo , ele ficou quieto bem sério levou a Laura embora depois tava me levando, assim que a Laura desceu eu comecei chorar tava super nervosa, falei para o Bruno

- Bruno porque você tá quieto fala comigo , olha eu não...

Ele respondeu

- Sei lá sabe a gente tava saindo , você não sabe o que quer , não quero fazer parte disso ...

Eu respondi

- É complicado eu não faço nunca a coisa certa eu tô cansada de tudo sabe Bruno , desculpa te decepcionar eu não queria...

Ele respondeu

- Fica calma para de chorar blz , você quer ir pra sua casa mesmo? Eu posso te levar pra minha casa minha mãe não liga .

Eu respondi que não queria ir pra casa que não podia aparecer daquela forma , a gente foi pra casa dele subimos eu tava bem nervosa ainda com medo da reação da mãe dele, o que ela ia pensar de mim , entramos ela veio nos receber na sala...

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...