História Angel - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Proibido, Conto, Romance
Visualizações 0
Palavras 925
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - Capítulo 9


Angel

Parte 9

Autora DieneMdicci

Eu perguntei

- Você vai ou não?

Ele me pegou pela mão foi falando tchau pro pessoal e saímos juntos, não soltei a mão dele, a gente entrou no carro ele me beijou , depois me levou pra casa e quando chegamos ele disse

- Não é porque não te procurei que não senti sua falta , você me dispensou Angel, você queria que eu fizesse o que?

Eu respondi

- Queria que você ainda fosse meu amigo só isso Bruno.

Ele respondeu

- Mas eu sou , não?

Eu beijei ele e falei

- A gente pode sair sozinho qualquer dia, sei lá...

Ele disse que a mãe dele tinha gostado de mim e a gente podia ir pra casa dele qualquer dia, a gente voltou conversar um pouco mais por mensagem na faculdade também, mas ele não tava mais carinhoso como antes não encostava em mim como antes , não dava selinho beijo nada , dias depois perdi meu ônibus depois da faculdade e pedi carona para o Bruno , ele me chamou pra ir na casa dele disse que não tinha ninguém lá , a gente almoçou e fomos pro quarto , não rolou nada nem um beijo se quer, a gente dormiu um pouco ele me fez bastante carinho , depois fui pra casa e meu pai queria saber onde eu estava e com quem , falei a verdade ele aquietou , depois minha madrasta veio dizer que meu pai ia querer conhecer o Bruno logo logo ,fiquei irritada essa mania dele controlar tudo me tirava do sério , uns dias depois marquei de correr com a Laura a gente ia se encontrar no parque , Quando eu tava chegando lá ela disse que a Fernanda tava com ela , perguntou se tinha problema , falei que não banquei a madura ainda disse " magina amiga já passou relaxa to de boa " , já tava quase lá fui me né , a gente se encontrou falei só um " oi " bem seca , coloquei o fone a gente começou correr elas foram lado a lado na minha frente fui atrás , vi que elas diminuíram e olharam pra mim , não entendi ,a Fernanda chamou pra passar pro outro lado, a Laura olhou pra mim esperando resposta , falei que na volta a gente trocava de lado ,a gente continuou logo vi o motivo do interesse em trocar de lado , o Augusto tava com uns amigos dele bem no caminho a Fernanda e a Laura não olharam , fingi que não vi ele também mas vi que ele tava olhando bastante, a Laura perguntou se eu queria trocar de lado falei que não, perguntei pra Fernanda se ela queria ela disse que também não , quando voltamos elas tavam na frente do mesmo jeito , falei pra Fernanda me acompanhar e disse pra ela

- Topa fazer uma coisa?

Ela respondeu

- o que?

Eu falei

- Sorri e me acompanha vai na minha..

Ela concordou , quando a gente foi passar por ele eu parei na frente deles elas pararam também , sorri e falei

- E aí Guto tudo bom?

Ele respondeu

- Blz e vc?

Eu respondi

- Bora marcar qualquer dia um role a 3 , se você der conta e tiver afim claro... Eu você e a Fernanda !

As meninas começaram rir os amigos dele também, ele deu uma olhada bem bravo pra mim desacreditado nem respondeu nada balançou a cabeça que não tipo " não tô acreditando" , eu falei tchau saímos rindo , logo falei pra Fernanda " Não ache que vamos voltar ser amigas , porque não vamos " , depois fui pra casa e recebi uma mensagem de um número desconhecido falando " tá ai?"

Eu respondi " Tô sim" , logo veio outra " mensagem falando " posso te ligar?"

Eu não sabia nem quem era, mas tava atoa em casa , falei que sim , que podia ligar atendi e fiquei quieta, ouvi um " oi achei que você não ia querer falar comigo" eu reconheci a voz e respondi

- Porque você pensou isso?

O Augusto respondeu

- A gente pode se encontrar??

Eu respondi

- Realmente eu não deveria querer falar com você ...

Ele respondeu

- Vamos sair tomar um chopp ?

Eu respondi

- Não , olha tô ocupada aqui preciso desligar e por favor não me procure mais Augusto.

Eu desliguei na cara dele em seguida já fui correr atrás do Bruno pra evitar sobra de carência e chances de fraquejar .

O Bruno conversou bastante comigo , marcamos de sair eu que chamei ele , a gente se encontrou na faculdade de manhã eu beijei o canto da boca dele e falei que tinha uma surpresa pra noite, depois ele passou me pegar em casa a gente foi no motel era uma quinta feira , fui com um vestido preto e uma langeri de renda branca , eu tava super eufórica animada , a gente pegou uma suíte com banheira vinho, fiz uma bela massagem nele a gente começou se pegar , chamei ele pra ir pra banheira e ele não quis fazer nada lá na água ficamos bebendo trocando uns beijos , depois a gente foi pra cama voltamos nos pegar e ele broxou , fiquei meio perdida sem saber o que fazer , tentei me manter fui beijar tal, mais ele disse que tinha bebido muito que tava ruim e nunca tinha acontecido com ele antes , fui tomar banho quando voltei deitar ele tava dormindo , eu fiquei assistindo bebendo comendo , o celular dele tocou mas ele nem se mexeu....continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...