História Angel Falling - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Magnus Bane, Personagens Originais, Sebastian Verlac (Jonathan Christopher Morgenstern), Simon Lewis, Valentim Morgenstern
Tags Brigas, Clace, Dramas, Malec, Mortes, Romance, Sizzy
Visualizações 11
Palavras 568
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, LGBT, Luta
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - 4


Clary

Começo abrir os olhos de vagar por conta da claridade do sol sinto um gosto estranho na boca que era muito bom por sinal, esculto vozes que não me era familiar exceto uma voz. Olho ao redor e noto que estava em lugar bem diferente do que um hospital me levanto e tento me sentar na cama.

- Onde eu estou?, o que houve?  - Digo um pouco confusa

Magnus- Clary, sou eu o Magnus calma tá você tá em lugar seguro

- Magnus?, o que faz aqui? Onde eu to

Magnus-  Você desmaiou na rua ai as pessoas que te encontrou veio atrás de mim para te ajuda, Lembra de alguma coisa?

- Não, eu não.....eu so lembro deu estar voltando da escola e ai....sinto alguém me pegar no colo e depôs fica tudo escuro,  ai acordo aqui  e o que você me deu?, era tão bom então é esse seu trabalho?

Magnus- Só um remédio.....para você acordar, e sim é aqui que eu trabalho....

- Parece ser bem legal, a posso tomar mais dessa coisa? - aponto para o pote azul que tinha o remédio

Magnus- Não mocinha so se você desmaiar de novo - ele dar uma risada leve

- Não seja por isso - solto uma risada

Me levanto da cama e procuro minhas coisas e não acho, me olho no espelho que tinha no meu quarto e vejo que estava com outras roupas, que não era minhas e olho pro Magnus.

- Cade as minhas roupas?, essas não são minhas certeza que eu não uso esse tipo de roupa - o olho esperando uma resposta.

Magnus- Essas roupas são da isabelle uma amiga minha,  as suas estava sujas então ela emprestou as delas como pode ver. E você não acha que faz muitas perguntas Fray?

- Acredite eu sei sim, e tem varias perguntas que tenho guardas dentro de mim.....Eu vou andar pelo Instituto

Digo e caminho até a porta do quarto saindo do quarto no mesmo e começo andar por ai explorando o lugar que era muito estranho para ser uma farmácia, ignro meus pensamentos quando vejo uma sala e entro.

Jace

- Simon! De onde conhece essa tal de Clary?

Simon- Ela....era minha melhor amiga na verdade ainda é

- A amizde de vocês é um pouco estranha ne? Vocês se assusta quando ver um ao outro e sai correndo. - Falo irônico

Simon- Você quer esperar eu  acabar de falar?, eu morava com ela junto com o Magnus e sua família mais bem antes disso.....nós morávamos num orfanato. Até o dia que o orfanato pega fogo por causa de uma chuva de Anjos.
Se lembra Jace? - Ele perguntou meio irônico me olhando e volta a falar - - Então....depôs disso eu acordei num quarto na casa do Magnus sem se lembrar de nada igual a Clary, os pais dele nós adotou mais ai eu comecei me sentir estranho e falei com o Magnus estava em transição e não tinha cura, Eu tive que me afastar da Clary ela acha que eu estou morto.

- Você não pode se esconder dela para sempre, você sabe disso

Simon- Eu sei eu vou contar para ela não agora quanto menos ela se envolver é melhor e seguro......Ainda mais que...

- Simon! Termina de falar o que começou, agora

Simom- Ela.... e a filha de jocellen e Valentim, Jace!

Continua.....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...