História Angel (Imagine Amber Liu) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias F(x)
Personagens Amber Liu
Tags Amber Liu, Anjo, Imagine Amber
Visualizações 166
Palavras 1.000
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Ficção, Fluffy, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Guarda-chuva


Fanfic / Fanfiction Angel (Imagine Amber Liu) - Capítulo 2 - Guarda-chuva

P.O.V _____.

De repente começou a chover. A chuva caia muito forte e eu não tinha um lugar para ficar onde a chuva não me molhasse. Como se já não bastasse estar sozinha na rua ainda tinha uma grande chuva para se juntar as lágrimas que molhavam meu rosto

Continuei a seguir meu caminho até que derepente senti a presença de alguém ao meu lado,olhei para o lado e vi…um garoto? Sorria minimamente e segurava um guarda-chuva nos protegendo da chuva,olhei para a pessoa e perguntei: 

— Quem é você?

– Amber Liu. – Deu um belo sorriso.

— Oi Amber. De onde você Apareceu? Eu parecia estar sozinha nas ruas. 

– Eu estava andando e te vi sozinha na chuva. Vim te oferecer meu guarda-chuva.

— M-Mas...

– Aceite,se você ficar andando na chuva pode ficar doente. – segurou na minha mão e me fez pegar o guarda-Chuva. 

— Obrigado. – agradeci. – Mas e você? Vai ficar na chuva? 

– Não tem problema. Eu sou forte e não fico doente com facilidade. Volte pra casa com cuidado e durma bem. – Sorriu a última vez e saiu. Oque acabou de acontecer aqui? Uma estranha me deu seu guarda-chuva? Como ela pode ser tão simpática assim sem ao menos me conhecer?

Sorri minimamente e dei de ombros começando a caminhar. Ainda existe pessoas boas no mundo,é bom saber disso.

P.O.V Amber

Chegando na casa da Tia Lee ela me mandou entrar e me olhou incrédula,já sei até oque vai perguntar…

– Amber, oque está fazendo aqui?

— Tia…eu tive que vir.

– Mas…você foi anjo por muitos anos porque resolveu voltar?

— Meu coração me disse que eu precisava ajudar alguém por aqui.

– Você é uma garota de ouro Amber. – Sorriu.

— Tia Lee, preciso da sua casa por um tempo.

– Claro. Vou te deixar ficar por aqui e te ajudar com tudo que precisar.

— Minhas coisas ainda estão por aqui?

– Sim, está tudo no lugar de sempre.

— Que bom. – Sorri – Tenho que viver como uma humana agora.

– Me conte mais sobre essa pessoa que resolveu ajudar. – Sentamos no sofá.

— É uma garota, Linda porém triste. Se chama _____ tem 19 anos e perdeu sua mãe recentemente, seu namorado terminou o namoro de 2 anos e eu pude perceber que ela ainda o ama, além disso _____ foi rejeitada pela sua madrasta e ultimamente está com alguns problemas de autoestima e falta de confiança em si mesma.

– Oque pretende fazer?

— Cuidar dela, a proteger, a fazer ser mais confiante em si mesma e acima de tudo fazer aquele sorriso lindo se formar em seus lábios novamente.

– Eu tenho certeza que você vai conseguir.

— Preciso entrar na faculdade que ela estar e visitá-la na cafeteria onde ela trabalha diariamente.

P.O.V _____.

Depois de arrumar todas as minhas coisas no meu antigo quarto me deitei para descansar. Ah… essa casa me faz lembrar da minha mãe. Eu tenho que ser forte se eu chorar mais uma vez sinto que Minhas lágrimas vão acabar secando de tanto que chorei.

Assim que fechei os olhos me veio a imagem da garota que me deu seu guarda-chuva hoje. Que boba eu sou, só porque ela foi gentil comigo já estou pensando nela? Calma _____. Acho melhor eu dormir, amanhã tenho aula.

« No dia Seguinte »

Acordei cedo como de costume e depois de me arrumar e tomar café da manhã peguei minhas coisas e sai de casa indo até o ponto de ônibus. Fiquei esperando o ônibus que logo apareceu…

[>>>]

Chegando na faculdade alguém acabou esbarrando em mim fazendo meus livros caírem, a tal pessoa me ajudou e pegá-los e enquanto eu a encarei percebi que se tratava da garota da noite mais cedo.

— Amber?

– Desculpa. – Entregou os livros pra mim. – Que bom te encontrar novamente. –Sorriu – Dormiu bem ontem?

— Porque está perguntando sobre mim?

– Curiosidade. Sei lá... eu acho que quero te conhecer melhor.

— Hum… – A encarei e ela sorriu Tímida. – Meu nome é _____.

– Então _____, eu vim fazer minha matrícula hoje na faculdade.

— Sério? Oque vai estudar?

– Pisicologia.

— Eu também estudo Pisicologia.

– Isso é bom. Vamos nos ver com frequência. - O sinal havia tocado.

— Eu preciso ir agora.

– Eu também. Tchau. – Ascenou e foi. É uma conhecidencia tudo isso está acontecendo. Segurei meus livros com firmeza e entrei na faculdade.

Ao entrar parecia que todos me olhavam e comentavam algo sobre mim e riam. Eu tenho essa impressão toda vez é isso me faz se sentir um pouco desconfortável tudo que eu queria era apenas estar longe de todo mundo.

Mas eu não posso desistir de tudo. Prometi para minha mãe que iria me formar em Pisicologia e iria trabalhar nisso no futuro. Minha mãe sempre acreditou nisso e eu quero tornar isso realidade. Tentei fingir que não havia ninguém ali e fui para a sala de aula.

Sentei no meu lugar e olhei para o lado vendo meu Ex namorado SeungCheol. Ainda estou tentando entender porque ele terminou comigo do nada, sem ao menos dar uma explicação. Eu aindo o amo mas não quero insistir nisso já que ele deixou bem claro que não queria mais nada comigo.

– Oi _____. - Ele fala.

— Oi. – Respondi.

– Está melhor?

— Como assim melhor?

– Desde a morte da sua mãe e o nosso Término você esteve faltando as aulas.

— Eu Estou bem. – Sorri falsamente.

– Eu sinto muito pela sua mãe.

— Eu perdi ela em um momento difícil, foi uma tristeza por cima da outra.

– Está se referindo ao nosso Término?

— Entenda como quiser. Mas eu…não entendi nada, não entendo porque deixou tudo acabar. – Desviei o olhar e vi o professor entrar na classe.

P.O.V Amber

— Deu certo Tia. Obrigada por ter arrumado aqueles documentos.

– De nada, você sabe que estou aqui para te apoiar.

— Eu a vi Tia. – Sorri.

– Ela parecia mais feliz hoje?

— Ela sorriu um pouco. Não parecia tão feliz e livre mas parecia bem.

– você sabe que dia terá que voltar?

— Eu não sei. É disso que eu tenho medo…de que o tempo se esgote e eu não a faça feliz. Eu realmente espero que isso não aconteça. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo, obrigado a todos que já favoritaram a fic. Aguardo o comentário de vcs nenês ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...