História ANGEL: JK - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook)
Tags Bts, Hot, Jungkook, Romance
Visualizações 7
Palavras 796
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - 0.8


Fanfic / Fanfiction ANGEL: JK - Capítulo 8 - 0.8

Já está procurando pela saída?

Não é um bom sinal.

Estamos nesse inferno até o almoço.

Isso tinha que ser uma piada. S/N checou novamente seu horário e percebeu com horror que todas as suas três aulas eram nessa mesma sala 1 – e todas as três seriam lecionadas pelo mesmo Sr. Cole.

Ele tinha se desprendido do quadro-negro e estava atravessando sonolentamente a sala. Não houve introdução para os novatos – e S/N não conseguia decidir se estava ou não feliz por isso.

O Sr. Cole meramente jogou um roteiro de estudos em cada carteira dos quatro novos estudantes.

Quando o pacote grampeado pousou na frente de S/N, ela se inclinou para frente, ansiosa para olhar. História do Mundo, lia-se. Logrando a Ruína da Humanidade. Hmmm, história sempre fora sua melhor matéria, mas logrando a ruína?

Um olhar mais apurado do roteiro de estudo foi tudo que precisou para S/N ver que Ariane estava certa sobre ser um inferno: uma cara de leitura impossível, teste em letras garrafais e em negrito todo o terceiro período, e um trabalho de trinta paginas sobre – sério? – o tirano fracassado de sua escolha. Parênteses grossos e negros tinham sido desenhados com uma caneta preta para retroprojetor ao redor das tarefas que S/N tinha perdido durante as primeiras semanas. Nas margens, o Sr. Cole tinha escrito Venha me ver para uma Pesquisa Substituta. Se houvesse um método efetivo de sugar a alma, S/N estava assustada de descobrir.

Pelo menos ela tinha Ariane sentada ali atrás na próxima fila. S/N estava feliz por já ter sido estabelecido um método para passar notas de emergência. Ela e Callie costumavam mandar mensagens uma para a outra furtivamente, mas para sobreviver aqui, S/N definitivamente teria que aprender a fazer um avião de papel. Ela arrancou uma folha de seu caderno e tentou usar o da Ariane como modelo.

Após alguns minutos desafiadores fazendo origami, outro avião pousou em sua carteira. Ela olhou de volta para Ariane, que balançou sua cabeça e girou os olhos de um modo você-tem-tanto-a-aprender.

S/N desculpou-se dando de ombros e girou-se de volta para abrir o segundo bilhete:

Ah, e até que esteja confiante na sua mira, é melhor não mandar qualquer mensagem relacionada ao Jungkook na minha direção. O cara atrás de você é famoso no campo de futebol americano por suas intercepções.

Bom saber. Ela nem ao menos tinha visto Roland, amigo do Jungkook, chegar por trás dela. Agora ela se virava bem lentamente em seu assento, até vislumbrar seus dreadlocks de canto de olho.

Ela ousou dar uma espiada no caderno aberto na carteira dele e captou seu nome todo. Roland Sparks.

— Nada de passar bilhetes— o Sr. Cole disse severamente, fazendo com que S/N virasse com tudo sua cabeça para prestar atenção. — Nada de plagiar, e nada de olhar para os trabalhos dos outros. Eu não fiz faculdade só para receber a atenção parcial de vocês.

S/N assentiu em uníssono com os outros garotos estupefatos bem quando um terceiro avião de papel deslizou até parar no meio de sua carteira.

Só mais 172 minutos!

***

Cento e setenta e três minutos torturantes mais tarde, Ariane guiava S/N para a lanchonete.

— Que cê acha? — ela perguntou.

— Você estava certa — S/N respondeu entorpecidamente, ainda se recuperando do quanto suas três primeiras horas de aula tinham sido sombrias. — Por que alguém lecionaria uma matéria tão deprimente?

— Ah, o Cole amolece rápido. Ele coloca sua cara de nada-de-besteira toda vez que tem aluno novo. De qualquer jeito — Ariane disse, cutucando S/N — podia ter ficado com a Srta. Troz.

S/N olhou seu horário.

— Eu estou com ela em biologia na parte da tarde— respondeu com uma sensação de afundamento em seu estômago.

Enquanto Ariane cuspia uma gargalhada, S/N sentiu um encontrão em seu ombro. Era Cam, passando por elas no corredor a caminho do almoço. S/N teria caído estatelada se não fosse pela mão dele esticando-se para firmá-la.

— Calma aí.

Ele lançou-lhe um rápido sorriso, e ela se perguntou se ele tinha trombado nela intencionalmente. Mas ele não parecia tão juvenil assim. S/N olhou para Ariane para ver se ela tinha notado algo. Ariane levantou suas sobrancelhas, quase convidando S/N a falar, mas nenhuma delas disse coisa alguma.

Quando eles cruzaram as janelas interiores poeirentas separando o gélido corredor da lanchonete ainda mais gélida, Ariane tomou o cotovelo de S/N.

— Evite o filé de frango frito a qualquer custo— ela instruiu enquanto seguiam a multidão para o turvo refeitório. — A pizza é boa, o chili é bom, e o borscht na verdade não é ruim. Você gosta de bolo de carne?

— Sou vegetariana.

Ela estava olhando pelas carteiras, procurando por duas pessoas em particular. Jungkook e Cam. Ela simplesmente se sentiria mais a vontade se ela soubesse onde eles estavam, para que pudesse continuar seu almoço fingindo que não tinha visto nenhum dos dois. Mas até agora, nada...

CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...