História Angel or Demon? Both! (Imagine Jungkook) - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, HyunA, Monsta X
Personagens HyunA, I'M, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 213
Palavras 1.193
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Está aqui o Hot que tanto queriam kkkkkk.
Gente me desculpa a demora, é que eu uso o notebook da minha tia, ela quase nunca usa e quando usa é pra trabalho e dessa vez ela estava usando, então desculpem mesmo a demora.
Vou logo avisando, é o primeiro hot que escrevo, se deixar a desejar eu sinto muito.
Chega de enrolação e bora pro capítulo!

Boa leitura <3!

Capítulo 27 - Capítulo 27


 Distribuo selos pelo seu pescoço e percebo (s/n) se arrepiar com meus toques, sua pele macia e delicada sempre foi de meu fascínio. Pra falar a verdade até eu estava nervoso, não sei se (s/n) concordaria com isso, ela não deve saber nada sobre nada disso. Levo minhas mãos para sua blusa a levantando, beijo sua barriga delicadamente, ela não me impedia, pelo contrario ela parecia permitir.

           - Hmm - Geme baixinho, isso já foi o suficiente acabar com minha sanidade, eu não queria ir rápido mas eu já estou totalmente duro. Levanto seu tronco e tiro sua blusa tendo a visão de seus seios já expostos, parece que ela não é muito fã de sutiã, eu rio internamente. Tiro minha blusa e quebro o espaço que havia entre nos colando meu corpo no dela e sentindo aquela pele macia que a tanto tempo eu queria tocar, vejo que ela fica corada. Verifico se os símbolos que tinham em seu corpo estavam vermelho mas não estavam, e ela não parecia se incomodar.

           - (s/n) - Inalo seu perfume, encaixo meu quadril entre suas pernas e começo a roçar meu membro nela fazendo a mesma soltar gemidos baixinhos. Meu deus! Eu poderia gozar só de ouvir esses gemidos! Os gemidos que EU estou arrancando dela.

             (Hyuna on):

           - Hyuna, chama lá a (s/n), tem sorvete, eu comprei um pote todinho pra ela - Diz Jin.

           - Hm, que romântico - Digo me levantando.

           - Não é romantismo, ela não come quase nada, então resolvi comprar algo que ela come - Diz.

           - Você tá sabendo que ela não é humana né, ela não precisa comer - Digo.

           - Mesmo assim, chama ela - Diz e eu bufo. Vou em direção ao quarto de (s/n) e quando me aproximo do mesmo escuto algo estranho. Gemidos? Que porra é essa?. Me aproximo mais.

           - Hmm - (s/n) estava gemendo! Meu Deus! Eu não estou acreditando, isso não é possível. Logo escuto um gemido abafado, era o Jungkook. Minha nossa, eu sabia que ele era safado mas não á esse ponto de transar com um anjo.

           - (s/n) - Diz Jungkook e logo escuto um gemido delicado. Parece que o negócio tá bom. Agora sobrou pra mim, vou ter que dizer uma desculpa pro Jin. Volto pra cozinha e vejo Jin sentado comendo e assistindo TV.

           - Iai? - Pergunta Jin.

           - Iai o que? - Pergunto e sento numa cadeira.

           - Ela não quer comer né? - Pergunta.

           - Não, ela está ocupada conversando com o Jungkook - Digo.

           - Falando nele, ele também não quis comer? - Pergunta. Ora, ele está comendo outra coisa kkk.

           - Não, deixa eles lá conversando, eles se gostam - Digo simples e pego meu celular desbloqueando o mesmo.

           - Hm! Shippei - Diz Hoseok.

           - Que isso Hoseok! - Diz Taehyung. É isso mesmo que estou vendo? Taehyung está com uma expressão nada boa, ele também gosta da (s/n)?.... Esses garotos.

             (s/n on):

              Jungkook começou a roçar em mim e eu estava soltando uns sons estranhos que não conseguia inibi-los. O que tá acontecendo comigo? Eu estou sentindo uma sensação estranha mas boa, eu nunca senti isso antes, o que é isso? Meu corpo está pedindo...

            - J-jung..kook - Digo com dificuldade, eu não conseguia parar de soltar esses sons estranhos. Ele lança um olhar penetrante sobre mim e meu corpo estremesse - .. E-eu... n-não sei como isso funciona - Digo, ele olha sério pra mim. Ele estava sério mas ao mesmo tempo tranquilo, isso realmente é importante pra ele, mas eu... Não entendo nada disso.

            - Confia em mim? - Pergunta próximo ao meu rosto, eu assinto e ele sorri fraco. Não entendi. Novamente sinto ele roçar em mim. Jungkook me beija, mas foi diferente da última vez, Jungkook parecia estar cheio de desejo. Meu coração esta á mil, e minha respiração esta acelerada, não conseguia falar direito, meu corpo está quente. Isso é estranho, meu corpo nunca ficou tão quente assim.

             (Jungkook on):

            - Confia em mim? - Pergunto, ela parecia insegura mas assentiu, eu sorrio. Roço de novo meu membro nela e a beijo abafando seus gemidos. Tiro lentamente seu short junto com sua calcinha que era rosa, de repente rosa virou uma de minhas cores favoritas. Analiso seu rosto, ah! Aquela expressão, de prazer. Ela está fazendo eu ficar mais duro do que já estava, ela está me deixando louco, o que essa garota tá fazendo comigo?. Passo delicadamente minha mão em sua intimidade e sem nem perceber os objetos ao redor estavam flutuando como se não houvesse gravidade. Ela está fazendo isso, por causa do prazer? Meu deus essa garota só me surpreende. Massageio seu botão e em um movimento rápido sua asa se abre. Ela não está conseguindo se conter, sorrio com isso.

             - Está gostando? - Pergunto e massageio mais seu botão.

             - Ah.. hm - Geme fechando os olhos.

             - Por favor não feche os olhos... Eu quero que olhe pra mim - Digo e ela abre os olhos lentamente.

             - B-but it's disgraceful(M-mas é vergonhoso) - Diz algo em inglês e eu não entendi - O que eu tô falando? - Pergunta pra si mesma. Ela está trocando os idiomas? Rio internamente. Aperto seu botãozinho - Ah - Geme. Tão molhadinha, ah! Passo minha língua pelo seu mamilo rosado e ela se arrepia mais. Eu juro, se eu passar mais um segundo fora dela eu faço uma atrocidade. Abro o zíper de minha calça e a abaixo junto com a cueca fazendo meu membro saltar da mesma. Me encaixo entre suas pernas.

             - Isso vai doer um pouco - Digo e encosto minha cabecinha na sua intimidade, vou entrando o mais devagar que posso e vejo ela apertar os olhos e gemer sofrego, por mais que ela estivesse pronta ainda era sua primeira vez. Acaricio seu rosto e beijo sua testa. Passo um tempo parado para ela se acostumar e depois que vejo que a mesma não se incomodava mais eu começo a me movimentar devagar. Ah como eu esperei por isso!.

             - Ah - Gemi baixo, estamos só no começo mas ela está me enchendo de prazer. Vou aumentando a velocidade conforme vejo a mesma sentir mais e mais prazer. Junto nossas mãos e ela as aperta. Com a outra mão aperto sua cintura e a trazia para mais perto fazendo as estocadas serem profundas, ela gemia em meu ouvido me enlouquecendo. Seus seios balançavam por causa da velocidade de minhas estocadas. Não estou exagerando?.... Ah ela me tira do controle! Beijo a mesma sem parar as estocadas, ela gemia entre os beijos.  De repente sinto meu membro ser apertado e gemo alto com isso. Ela havia chegado no seu ápice.

             - Ah! Awn, hmm! - Geme. Com mais algumas estocadas, também cheguei ao meu ápice despejando tudo dentro dela - ahh - Geme baixo. Beijo calmamente ela.

            - Eu te amo - Digo e a vejo sorrir fraco, depois de uns segundos se recuperando ela responde.

            - E-eu também te amo, Jungkook - Diz e eu tomei seus lábios de novo. Acho que ainda estou com animo. 


Notas Finais


Então, esse hot foi mais pegado pro lado romântico e não pro lado: "Me fode porra!".
Espero que tenham gostado. Gente eu não sou boa em hot, eu sei disso :') .
Comentem!.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...