1. Spirit Fanfics >
  2. Angel or Devil - TXT >
  3. "Eu fiz o que tinha que fazer, apenas..."

História Angel or Devil - TXT - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - "Eu fiz o que tinha que fazer, apenas..."


  [Horas mais tarde]

  : Bem-vindo a minha casa! - Eu faço uma pose bem ridícula só para fazê-lo rir. O que realmente funcionou. Soobin vestindo uma camiseta branca manga longa com uma verde por cima, calça branca e um tênis branco. Ele está bem fofo nessa roupa.

  Mãe: Oi filha, oi… - Minha mãe aparece me fazendo levar um pequeno susto e sair da posição zuada.

  Soobin: Soobin, Choi Soobin. - Binnie completa super tímido. Consigo ver suas bochechas levemente rosadas.

  Mãe: Não precisa ficar timido... Vem sentem aqui no sofá. - Eu pego na mão do Binnie e me sento ao seu lado. Vocês vão apenas assistir dorama, não é? - Minha mãe faz uma cara sugestiva enquanto eu reviro meus olhos.

  : Sim, só o dorama. - Eu respondo calmamente. Minha mãe faz mais mil perguntas, eu já estou em puro tédio e imagino que ele também está.

  : Mãe, eu acho que já está bom de perguntas… Binnie, vamos assistir no meu quarto… - Eu me viro para ele e vejo suas bochechas ruborizarem absurdamente.

  Soobin: S-seu q-q-quarto? - O mais alto tropeçava nas palavras me fazendo querer gargalhar muito e achar ele fofo.

  : Sim, vem. - Eu puxo Soobin pela mão e nós subimos as escadas até chegar em meu quarto.

  Soobin: Sua mãe não vai pensar… que nós… você sabe… - O Choi para na porta com um pequeno receio de entrar

  : Vai não, ela só estava brincando. Fica tranquilo, coelhinho. - Finalmente ele adentra e coloca a notebook sob a mesa. Sua bochecha ainda insistia em manter a cor rosada.

  : Você está tão timido nem parece que foi ideia sua ir aqui. - Eu digo ao me lembrar da chamada de vídeo do dia anterior.

  Soobin: Amanhã eu vou aí pra gente assistir "Meow! The secret boy" - Binnie dizia enquanto rodava em uma cadeira de sua escrivaninha.

  Soobin: Isso foi ontem, e eu não sabia que iriamos ficar num quarto sozinhos. - Ele se justifica.

  : Então podemos assistir na sala com minha mãe fazendo perguntas. - Me levanto.

  Soobin: Eu não tenho problema em ficar aqui… - Nós gargalhamos muito. Após as risadas se cessarem Soobin e sentamos um pequeno sofá que havia em meu quarto e passamos o resto da tarde maratonando.

  [Quebra de tempo]

  18:45pm

  : Por que o Hong-jo não fala que é um gato logo? Tinha resolvido tudo logo no primeiro capítulo. - Eu digo observando o mais velho guardar o notebook em sua bolsa.

  Soobin: Só que aí não teria graça… - Binnie diz se virando novamente para mim.

  : Teria sim, muitas coisas poderiam já ter acontecido… Já tenho várias idéias em minha mente.

  Soobin: Mas várias coisas ainda vão acontecer s/n… nós só conseguimos assistir poucos episódios.

  : Nós vamos assistir o resto… juntos? - Meus olhos se encontram com o dele. Parecia haver uma galáxia inteira lá dentro.

  Soobin: É claro, você nem tente assistir um episódio sem mim, ok? - Soobin se aproxima mais de mim ficando a poucos centímetros.

  Soobin: Eu estou de olho em você, s/n. - Suas covinhas aparecem junto de um sorriso de orelha a orelha do outro. Meu celular começa a tocar e pouco a pouco Binnie se afasta e voltamos para as posições originais enquanto eu atendo o telefone.

Yeonjun: Oi? - A tela se preenche com o rosto e cabelos do outro até então novato na vida de s/n. Seus cabelos molhados entregam que o loiro havia acabado de tomar banho.

  : Choi Yeonjun? Que surpresa. - Ao ouvir o nome do outro Soobin fecha a cara igual a mais cedo.

  Yeonjun: Eu peguei seu número com a Isabella quando você foi embora… Espero que não se incomode com isso… - Suas mãos se direcionam ao seus cabelos e o mesmo bagunça as várias mechas.

  : Tem problema nenhum, jjunie. - O Choi mais novo, Binnie bufa ao meu lado. Enquanto Yeon esboça surpresa pelo apelido.

  Yeonjun: Tem alguém aí? Estou te atrapalhando?… Se eu estiv…

  Soobin: Sim, você está atrapalhando… - Fico confusa ao ver as coisas saindo um pouco do controle. "Por que o Soobin tem tanta raiva do Yeonjun? E por que o Yeonjun está triste?"

  Yeonjun: Ah, eu não queria atrapalhar o casal… desculpa… - Antes que eu se quer raciocina-se o que aconteceu o loiro desliga a chamada.

  : Por que você tem tanta raiva do Yeonjun, Binnie? - Pergunto calmamente.

  Soobin: Você viu como ele mal tratou aquela menina hoje cedo? E o tanto que ele ficou te olhando… - O Choi abaixa a cabeça e parece se concentrar em suas mãos.

  : O Jjunie já disse que era porque ele queria se aproximar e…

  Soobin: Sério, que você vai continuar do lado dele, s/n? - Ele dita as palavras como se, por alguns segundos estivesse saindo fogo de sua boca.

  : Sim, não vejo isso que você vê nele. E outra eu também te acolhi, lembra?

  Soobin: Eu não fiquei olhando para você a aula toda… - Por que será que Soobin está tão estranho? É como se ele escondesse algo.

  : Mas, a situação foi a mesma. Eu fiz o que eu tinha que fazer, apenas. - Tento montar um argumentar, porém percebo que foi péssimo assim que vejo o outro parecer ainda mais triste.

  Soobin: Então você só fala comigo porque você tinha que fazer isso? - Finalmente o outro levanta seu olhar que… perdeu totalmente o brilho.

  : Não, você entendeu errado…

  Soobin: Não, eu entendi perfeitamente… Tudo bem, não precisa mais se obrigar a falar comigo. - O mais alto se levanta rapidamente e começa a pegar suas coisas o mais rápido possível.

   : Binnie!! Qual é, você tem algo a me dizer? - Eu seguro seu pulso esquerdo e o mesmo se vira. Consigo perceber que ele exita antes de dizer, como se pensasse em algo.

  Soobin: Não, não e precisa se desculpar… E-eu acho melhor eu ir embora... - Em poucos segundos a porta se abre e fecha me deixando sozinha no meu quarto que agora parecia ser frio.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...