História Angel without wings - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Enji Todoroki (Endeavor), Fuyumi Todoroki, Hizashi Yamada (Present Mic), Nemuri Kayama, Shouta Aizawa (Eraserhead), Thirteen, Toshinori Yagi (All Might), Yu Takeyama (Mount Lady)
Tags Aizawa, Aizawa Shouta, Bnha, Dons, Individualidades, Izuku Midorya, Midorya Izuku, Mirio Togata, Shouta Aizawa, Togata Mirio
Visualizações 51
Palavras 1.769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 25 - Capítulo XXIV


Salvos e Derrotados

O silêncio preencheu o ambiente aberto, intenso como fumaça, aquele cenário dos pilares tortuosos e trangulares formados por terra. Suas figuras misteriosas e engomadas pelos uniformes estrahos, tendo como fiel mentor a mulher de cabelos azulados, denominada Joke.

-Vamos avaliar se está tudo certo.- anunciou Yo determinado, escorando suas costas molhadas ao encontro do pilar destruído.-No início da primeira prova, nos concentramos na U.A reduzindo suas forças e os separando.- sua voz parecia vassilar em desdém quando mencionava o curso de heróis.-Vamos nos separar em dois grupos para encontrar os restantes da U.A.- ergueu seu braço, apontando para trás com o polegar.-Aí, essas escolas aparecem para tirar vantagem. Nos últimos momentos de prova, eles começarão a lutar e isso será caótico.- sua risada ecoou, mesmo pendendo baixa, logo apoiando suas mãos, espalmadas as coxas, coberta pelas roupas escuras.-O resultado é realmente exelente. Se eu tivesse oito horas para cprtar uma árvore, passaria seis, afiando meu machado. Agora, só pensam no número de vagas sobrando, irão entrar em pânico e gastar muita energia!

-Finalmente tirou scara de menino bom.- anunciou a loira, pousando suas mãos rosadas próxima ao rosto.-Mas... O que faremos com Rin Noragami?

-Pelo que pude ver, ela não estava interessada em sua licença, mas em ajudar aqueles que estavam em apuros.- anunciou Yo curioso, tocando seu queixo.-Creio que diferente dos alunos da U.A, essa garota seria um prego torto e mal-construído que irá destruir totalmente a construção. 

-Diz isso porquê sabe como o poder dela tem poucas limitações.- depreendeu o rapaz de pele azulada, juntando suas mãos diante do corpo.-Ela e forte, rápida e muito habilidosa, precisa levar isso em consideração e também o estrago que ela e Inasa fizeram na cidade foi extraordinário.

-Pregos... Pregos esperando para serem todos esmagados.- praguejou o moreno, apertando seus dedos ao redpr do tecido preto das calças, amassando.

-Você é dissimulado, hein, Yo?!- começou a loira mostrando seus agudos dentes afiados, semelhante ao de um tubarão.

-Me chame de estrategista!- pediu Yo, erguendo seu corpo malhado do assoalho.-Bem, na última hora, com pressa ou com tudo planejado. Assim, um espírito indomável se mostra. Todas as pessoas aqui estão lutando por seus ideais e sonhos, não existe nível mais alto ou mais baixo de luta.


Os cabelos arroxeados escorridos em pontas picadas, obsoleto aos olhos puxados escondidos pelo chapéu escuro, qual carregava o brasão de sua escola.

-... Eu me orgulho que nos tenham como iguais.- anunciou o rapaz, curvando seu tronco e flexionando seus joelhos.-Dito isso, vocês agem de forma a se rebaixarem.- concluiu, permitindo que formassem uma imensa massa rosada por suas costas, pendendo como tentáculos.

-Ele vai fazer aquele lance denovo!- exclamou Denki apontando com o medo saltando por suas orbes amareladas.

-Fica quieto!- praguejou o loiro irritadiço.-Orgulho?! Dignidade?! Fala, fal, fala... E não fecha a matraca! Quero ver você agir, não só falar. Tá ligado, maioral?!

-Olha, eu ouço meus oponentes, mas... Você fala demais para suportar.- reclamou Rin, esfregando suas têmporas.-E também... Eu tenho razões para querer você caído, você machucou meu amigo vermelho.

-Especialmente pessoas arrogantes como vocês!- praguejoi o arroxeado, lançando seus ameaçadores tentáculos róseos na direção de Rin e Bakugo. Sua figura azulada agarrou o braço do loiro, apertando com leveza seus músculos marcantes e delineados.

Um disparo ecoou com faíscas reluzentes, como vagalumes no anoitecer escuro, saltando desengonçados e rápidos até estilhaçar as camadas nojentas da pele recém-criada. 

-Disparos menores pra usar contra pessoas.- concluiu a azulada realmente impressionada, permitindo que o aperto soltasse seu braço malhado.-Inteligente.

-Eu sei!- exclamou o loiro, admirando aquele olhar pesado de Rin perante o rapaz de cabelos arroxeados, qual estava fazendo seus membros soltarem faísca.

-Cara, todo mundo odeia você pelo mesmo motivo.- reclamou Denki juntando seu corpo trêmulo com uma expressão despreparada.

-Não acredito que caí nessa!- murmurou sua figura arroxeada, agrupando seus tentáculos rapidamente, encaixando os pedaços caídos como as peças de um quebra-cabeça magnético.-Neste caso, vou quebra-lo eu mesmo para faze-lo entender. Ser digno é comportar-se adequadamente a escola qual pertence.

-Esse merda fala demais!- exclamou Bakugo soltando um largo sorriso arrogante, este que contagiou todo seu semblante.-Vou Mata-lo!

-Não se esqueça que isso e uma prova, seu grande imbecil!- praguejou Rin, saltando para com a figura azulada, correndo na direção do arroxeado, qual não fez rogado em lançar seus tentáculos para com suas heróicas figuras.

-É por isso mesmo que vou mata-lo!- exclamou o loiro, arrancando uma rosada da azulada, disparando explosões estrondosas, quais colidiam aos estalos ruidosos da enérgica garota. Algo veio feroz, agarrando o pescoço do impassível loiro, obrigando-o a murmurar alguns palavrões.

Ação feita apenas para obrigar a azulada soltar um disparo, afastando aquele mesmo truque de prende-la naquela brincadeira nojenta, qual traria maior motivo para Rin espancaf aquele merdinha até morrer.

-Merda...- murmurou a azulada, ouvindo seu rouco timbre abafado e distante lançar algo para Kaminari, qual recebeu e guardou em seu punho fechado. Parando ao lado do menor, pousando sua mão ao ombri do rapaz elétrico.-Tudo bem?

-T-Tudo.- respondeu receoso, recolhendo suas mãos.

-Confia em mim, certo?- questionou sua figura de cabelos azulados, agarrando o pescoço de Denki de forma possessiva, notando o menor acentir em um movimento bruto desesperado.-Dispara essa granada que Bakugo deu a você e depois, decarrega sua energia em mim, vou tentar fazer um lance. Aceita?

-S-Sim.

-...Com o All Might aposentado, chegaram os momentos de mudança...-

Um movimento calou o arroxeado, recebido pelo estrondo explosivo da próximo ao paredão esverdeado, qual fez o rapaz saltar para longe, apenas dando a chance de Rin manear sua cabeça com receio, sentindo aquela carga preencher seu corpo como uma bomba relógio. Disparando enraivecida contra sua silhueta baixa e arroxeada. Ação qual sobrecarregou seu corpo, tornando o local denso com o aroma pueríl e o estrondo dos estalos e gritos, quais tomaram a concentração do rapaz arroxeado, obrigando aqueles amontoados amolecidos de carne voltarem para sua forma, tortuosos e cansados como lesmas abaixo do sol.

Kirsihima, retornou com seu corpo malhdo, jogando seu peso sobre Seiji, chutando e esmurrando-o ao lado do companheiro loiro, parecendo estar enraivecido e imponente como de costume.

-Pessoal, os outros heróis estão aqui!- praguejou Denki, notando a velocidade qual as outras pessoas se tornavam normais, moles e capengas.

-Ainda bem!- exclamou a azulada.-Peguem todos para fazer pontos, eu vou falar com ele.- avisou a azulada, voltando as passadas imponentes e marcantes, apenas para encontrar a figura quase inconsciente de Seiji, qual recuou ao encontro do paredão assustado.-Entenda isso direito, fedelho! Eu adoraria afundar minha mão no seu peito e arrancar seu coração por ter encostado no cabelo do meu amigo, mas... Você é amigo do Inasa e sangue é difícil de limpar, então agradeça... Porque, demônios como eu, você encontra no inferno, não em pesadelos.- retirou a bolinha do interior do sobretudo, tocando com calma seus alvos, quais vibravam em vermelho néon quando sentiam o toque.-Com licença.


Suas figuras encontravam a imensa sala, calados e cuidadosos em seu árduo trajeto, qual Kirsihima foi prontamente qualificado para carregar Rin, esta menina que perfeitamente cabia entre suas mãos, permitimdo o poucp peso da azulada ser lançado por suas costas e suas pernas abraçadas ao tórax malhado dele, soltando alguns tosses escarradas, estas que chamavam a atenção de Denki, por ver um filete de sangue escorrendo por sua boca.

-Denki... Se continuar olhando com essa culpa toda, irá entrar em depressão.- advertiu a azulada com seus olhos fechados, assim fazendo o loiro fitsr seus pés assustado.-Não se preocupa, eu estou cansada pelo esforço geral... Não foram os únicos que encontrei em meu caminho.

-Q-Quem mais...?

-Todoroki e uns ninjas coloridos.- respondeu a garota, cortando sua fala sem medo.-Momo, Kiro, Asui e Shoji com umas vagabunda do desfile de Beverly Hills. Dei uma força e vim buscar outras pessoas da U.A, mas eu já edtava ficando com sono, então eu parei e agora já tenho os pontos necessários.

-P-Por que ajudou eles?

-Não ajudei, apenas passei na hora certa e queria alguma diversão para passar o tempo.- ela balançou seus ombros risonha.-A energia que você descarregou, ajudou bastante, então... Melhor não culpar a sí mesmo.

-Gente!- gritou uma voz abafada e distante, jazendo um sorriso largo no rosto arredondado.-Gente!

Uraraka, Izuku e Sero.

Um movimento veloz e Rin saltou das costas do ruivo, qual tinha a alegria de comemorar junto aos outros com sorrisos e danças bobas, arrancando risadas roucas e doces da garota, adentrando na sala imensa, qual outros heróis faziam presença, mas não antes de mover sua cabeça em um movimento respeitoso para o sucessor do All Might, qual retribuiu tímido.

-Sabem quantos faltam?- questionou Rin, correndo seus olhos coloridos pelo salão.

-onze vagas, pelo que soube.- anunciou o esverdeado temeroso.-Ainda nove estão lá.

Suas passadas corriam curiosas pelas figuras desconhecidas formando-se diante de sua silhueta marcante, qual atraía olhares curiosos, admirados, maliciosos e cheios de arrogância, estes eram os quais a pequena garota adorava. Arrogantes, estes eram tão fáceis de manipular pelo ego desenfreado que possuíam, sempre fora divertido mexer na mente das pessoas fracas.

-Como você está Todoroki?- quesitonou a azulada curiosa, jogandp seu pouco peso ao banco próximo ao bicolor.

-Melhor que você, eu suponho.- alarmou com sua típica voz gélida, arrancando uma rosada da garota ao lado.-Você disse que havia pego os pontos para passar, por que mentiu?

-Por que eu deixaria você preocupado?- rebateu a pergunta tocando seu ombro com um empurrão franco e amistoso.-Eu queria passar pelos outros cenários, então encontrei o grupo da Momo e depois o grupo do Bakugo, podia ter pego pontos com eles, mas eu queria ajudar, assim que percebi que... Os fortes estavam nesta sala, elimineo um deles e vim para cá.- ela suspirou devota, assim deixando sua risada anasalada pender cansada.-Eu precisava tirar um cochilo... Me avisa se alguma coisa mudar.

-Sim.- respondeu, breve como todas as outras vezes, admirando a graciosidade das orbes coloridos fechando-se cansadas, tornando sua respiração lenta e rítmica.

Os longos momentos se estendiam pela extensa sala, iluminada por imensas luminárias grudadas ao teto reto, trazendo a azulada apenas os ruídos desconexos e as silenciosas conversas estratégicas contra a poderosa sala da U.A.

-Rin! Rin! Ouça!- chamou uma voz, chaqualhando os ombros da azulada, qual despertou agarrando o pescoço da figura e a pressionando ao chão, notando os cabelos esverdeados.-R-Rin...?

-Ah? Foi mal.- desculpou-se, largando o pescoço fino do esverdeado, ajudando-o a levantar.-Então, o que foi?

-Ouça!- pediu Izuku tímido, sentindo os dedos da azulada prenderem em seus cabelos esverdeados em um cafuné.


Quatro... Agora a U.A está fazendo combinações incríveis para passar.

Três...

Dois... Esse foi para a Shinketsu!

Um...

Acabou! Finamente! Uhul!


-Conseguiram?- questionou Rin murmurando, com um largo sorriso.-Todos...

-Todos.- exclamou o esverdeado alegre, falando para pronunciar sua alegria perante Uraraka, este que levou um empurrão da azulada, fazendo ambos terem uma colisão. Onde os heróis tiveram a habilidade de corar violentamente em uma tonalidade desconhecida de vermelho.

"Todos passaram... Puta merda que nervoso eu to passando nessa escola."


Notas Finais


Olá pandinhas
Comentem
Dêem nota
Bjs amores
❤🐼

P.S
Fanfic nova chamada Cherokee Rose, vão dar uma passadinha lá e leiam, tá ficando boa meus babys. Beijocas no heart!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...