1. Spirit Fanfics >
  2. Angels and demons (Tododeku e Kiribaku) >
  3. Um desejo realizado

História Angels and demons (Tododeku e Kiribaku) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 5 - Um desejo realizado


Fanfic / Fanfiction Angels and demons (Tododeku e Kiribaku) - Capítulo 5 - Um desejo realizado

Narrador ON

Todoroki ON

Enquanto estávamos indo para o Reino dos anjos, não acreditava ainda no que tinha acabado de acontecer, até que uma voz me tirou de meus pensamentos


Todo… está tudo bem? Você está estranho desde aquele momento que o encontramos com o demônio - disse Mina


Estou sim, não precisa se preocupar, foi só um susto mesmo… - digo com um falso sorriso


Parecia outra coisa…. ela chegou mais perto do meu ouvido e sussurrou - essa marca ai, é melhor você esconder ela tá? Se não vão ver ela - disse ela sorrindo


C-como você viu? - disse espantado


É um dos meus dons meu querido, não precisa se preocupar, eu não vou contar, mas eu quero saber de tudo 


T-tá.. quando eu chegar lá eu te digo tudo


(Quebra de tempo)


Tá… agora me diz tudo - disse Mina sentando em minha cama 


Na missão que eu fui ao mundo dos humanos, eu o conheci, vi ele no primeiro dia, perto da lagoa, dançando…


dançando? - Mina perguntou espantada


Sim… e ele dançava muito bem, seus movimentos eram precisos e muito delicados, ele realmente me chamou atenção…. No outro dia acabei encontrando ele na cidade, e ele veio em minha direção, chegou perto, conversamos e acabamos indo para uma pousada, como só tinha um quarto acabamos tendo que dividir o mesmo quarto


QUE INCRÍVEL - Mina dizia com os olhos brilhando, ela era muito tarada por sinal


No outro dia fomos passear, nos conhecemos, descobri um pouco dos seus gostos, desejos, sonhos, esperanças, ele diz que o maior sonho dele é a paz no mundo… e que não via muito sentido na guerra


Tá… mas ele é um general, não faz muito sentido isso, não acha Todo?... 


Tem razão, isso foi o que ele foi me informando… não tenho muito como saber se isso é de fato o que ele sonha, o que ele prega, até porque eu pensava que ele era um humano até aquela hora, e não era…. Mas sabe Mina, eu acabei gostando dele, e não me importei muito com ele ser um demônio

OWN….. nosso Todo está apaixonado… e por um demô…


SHIIIIIIIIIIIIIIIIU - pus as mãos na boca dela silenciando-a, ninguém pode saber, lembra?


Desculpa… lembro sim, mas você sabe que isso é proibido né? 


Sim…. Antes que eu pudesse terminar meu assunto com a Mina, alguns soldados nos chamaram pra voltarmos ao campo de batalha, eu e ela fomos andando, até que nos unimos com os generais Bakugou, Shinsou e Sero.


Soldados - disse Shisou com uma voz calma e firme, hoje estamos indo pra mais uma batalha, em nome do reino dos anjos


Todos os soldados ovacionaram, e voaram em direção ao campo de batalha


E lá vamos nós pra mais um banho de sangue - sussurrei 


Todoroki OFF


No reino dos demônios havia tido uma conversa semelhante entre Izuku e Kirisihima, onde ambos também tinham sido chamados pra guerra


E se você vê-lo na batalha? O que você fará? - perguntou Kirishima


Terei que fazer a minha parte na guerra, pelo menos até eu descobrir o que podemos fazer para contornar essa situação - respondeu Izuku


SOLDADOS - gritou Denki, hoje vamos para mais uma batalha… pelo reino, pela glória, POR ALL MIGHT!


SIIIIIIIIM - todos os soldados ovacionaram e foram pra guerra


(Quebra de tempo até o local da batalha)


Kirishima

Sinto aquele cheiro novamente… mas que sensação é esta em meu peito? É diferente, ele sim é muito bonito, mas nada que não tenha visto entre outros, mas por ele é estranho, meu coração queima…. - pensei


VAMOS - gritei, e levei meu batalhão comigo, eu quero vê-lo de novo, e fui em direção ao campo de batalha até avistá-lo, voei rápido em sua direção 


Olá - digo sorrindo na sua frente


VOCÊ? HORA SEU - respondeu o general


Ei, ei… digo acalmando ele, seu nome é Bakugou né? 


Isso importa? - disse ele raivoso


Claro… - apareço do lado dele, é a parte mais importante… Eu sei saudades de você, e logo fez Bakugou ficar corado


De mim? Por que isso? - respondeu o loiro


Não sei… eu lhe achei interessante, mas por conta dessa guerra, só posso lhe ver em situações assim, isso não é chato? Nem adianta negar que não… dá pra ver na sua cara que você gostou de mim - digo sorrindo


É muita petulância de sua parte achar isso, não? - disse ele baixando suas armas e olhando com um sorriso irônico pra mim


Se não fosse verdade, por quê baixaria suas armas diante de seu inimigo? 


HORA SEU… - ele levantou as armas novamente…


*Pensamentos Bakugou ON*


Porque eu não consigo ataca-lo? eu não vejo como meu inimigo, pelo contrário… eu não quero é que ninguém o machuque, mas pera… ele é um demônio, isso não pode acontecer de forma alguma! e se descobrirem? irão me matar…. não.. NÃO… irão matá-lo, eu não posso deixar isso acontecer  


*Pensamentos Bakugou OFF*


Sabemos que você não quer me atacar… somos dois generais, podíamos a qualquer momento nos matar, nós dois estamos com a guarda baixa - digo me aproximando dele


Você tem razão… - disse o loiro baixando as armas, mas o que você quer comigo? Devíamos estar em guerra


Não vejo sentido nessa guerra, você vê?


Também não vejo


Milhares de nós já morremos, do lado dos humanos também, qual o sentido de continuar uma guerra dessa? Sabemos que as duas raças não são fracas, e irão destruir-se se continuarem dessa forma, fora que… veja, nem somos tão diferentes assim… estamos conversando aqui, o que tem de tão diferente nisso - falava enquanto olhava o campo de batalha em ruínas, e Bakugou ao meu lado ouvindo tudo aquilo


Humpf… pior que você tem razão - pera… eu concordei com um demônio? - pensei


Sim, concordou… é estranho pra vocês anjos concordarem conosco não é? - digo sorrindo, mas veja, não é impossível e não dói


Ah, quer saber… dane-se - disse o loiro vindo em minha direção 


Bakugou? - digo um pouco assustado, ele me beija e sem querer, soltamos nossos poderes em direções opostas, fazendo todo o céu brilhar e chamando atenção de todos os soldados


Me afasto um pouco… isso foi repentino - digo


Eu sei - dizia ele limpando a boca, mas era isso que você queria desde que chegou, não era? - disse ele sorrindo


Sim, então agora é minha vez - digo chegando em seus lábios e o beijando, um beijo quente, com desejo, com vontade, colando nossos corpos um no outro, ninguém podia nos ver, nosso beijo estava cada vez mais intenso, com mais desejo, com mais ardor… até que ele arfou 


Você é bem intenso em? - disse ele lambendo seus lábios após meu beijo e olhando pros meus olhos 


Iremos ter uma outra vez? - pergunto


Ele sorriu… teremos quantas você quiser, mas precisamos ainda fingir


Dou um selinho nele, você quem manda… então….lá vái - digo sorrindo enquanto endureço meu braço

ENDURECIMENTO INFERNAL e lhe dou um murro que o faz cair no meio do campo de batalha, e desço voando logo em seguida


VAMOS SOLDADOS - a vitória será nossa, grito enquanto olho pro Bakugou levantando-se do chão e sorrindo pra mim






Continua?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...