História Angústia - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Depressive, Romance, Sad
Visualizações 12
Palavras 595
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Droubble, Ficção
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Dor

Capítulo 1 - Queima


Sinto dores no coração

Queima toda minha angústia

É difícil degustar do seu próprio veneno azedo

Uma bebida com limão

Em minhas marcas

Sua queimadura

Trouxe o frio para me modular

No meu travesseiro

Sonhos impossíveis

Discutindo com tudo que pode me matar

Será que esse chapéu eu posso usar?

Seria ofensivo

Eles não iriam aceitar

De minha boca suja

Sai palavras que te machuca

Do meu corpo

Nada te agrada

Meu cigarro você apaga

E o meu pulmão

Você estraga...

Sou doente

Não me olhe de frente

Minha timidez me deixará transparente

Se uma árvore você não pode me dar

Por que uma maçã dela você tirou?

Por que você não consegue enxergar?

Rios em seus olhos

A cachoeira que você pode nadar

Em minha fonte uma bebida alcoólica

Será que um dia eu vou te perdoar?

Ou vou me perdoar?

O universo me deixa confuso

A morte me deixa inspirado

Não ter saída é uma motivação

Mas já sabia que vivia em um mundo fechado

Um caminho desorganizado

Por que uma foto do meu verdadeiro eu

tu não podes tirar ?

Não tenha medo

Eu sempre vou fracassar

O café me deixa cansado

O adoçante me deixa um velho amargo

Se olhar no espelho e não ver um demônio é quase impossível

Mas sempre fico pensando que é possível um dia falar isso

Não ver um demônio

Ou ver um demônio

Qual é a diferença ?

Nada disso quer que eu vença

Fogo invisível que sempre anda comigo

Do álcool eu preciso

E raciocinar

O que ainda me faz sentir infinito

Se todos ao meu lado estão queimando

O sono me deixa ativo

O cansaço me deixa ocupado

Preciso trocar as lâmpadas dessa escuridão

A caverna que está longe da perfeição

Porta da minha mente aberta

E a do meu coração fechado

Ninguém precisa saber dos meus problemas

O horário me deixa confuso

Quando é de dia por aqui ?

Diga ao diabo o que quiser

Mas não diga que já fui feliz

Sei que ninguém nunca quis

Isso para mim

Mas também me deixa infeliz

Por que um "Te amo" você não pode me dizer ?

Girassol

O mundo gira e eu estou em pó

O ciclo me deixa tonto e me derrubo no infinito

E me deixa cada vez mais esquisito

Gira tudo

E o mel eu uso de escudo

Pra mim você nunca foi um motivo pra viver

Era bem mais forte que isso

Você era um sentido

Não aguento mais

Viver com meus olhos negros

Mas sei que algo precisa ser feito

Tudo que sinto orgulho

Eu bato no peito

Tudo que me faz morrer

Eu bato em mim mesmo

Me encontre no paraíso

No meu lugar fictício

Sei que no paraíso eu não posso chegar

Minha mente embaraçada

Dentro uma carta

E tudo o que me falta

É se arrepender dos meus pecados

Se jogar no alvo

Com meu corpo fraco

Cabelo grande

Estilo largado

Em minha mente a fumaça de um cigarro

Atrapalha toda minha vida

Letras de cabeça para baixo

Números arriscados

Meu nome riscado

Do campeonato que posso ganhar

Eu só quero estar bem

No meu olho uma star

E o ar frio

Que me faz querer guerrear

É uma war de sentimentos

Estou morto em miami

Não me chame

uma flor pra ti

será que é meu fim ?

quando cê vai vim ?

você estava linda quando eu te vi

Você é o meu fim

Quando vai chegar perto de mim?

seu choro em minha arma

Vida derramada

Nada o que faça disfarça

Então desfaça

Sei que minha vida é uma desgraça

Não sei o que se passa


Notas Finais


Love, a tristeza te move


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...