História Animal I Have Become - Jikook - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jeon Jungkook, Jikook, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Kookmin, Min Yoongi, Namjin, Park Hyuna (prazer Eu), Park Jimin, Taeyoonseok
Visualizações 82
Palavras 1.783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá bolinhos, me desculpem a demora para postar, tive alguns problemas com o celular, e acabei perdendo alguns capítulos, mas já estou resolvendo ^^


Me desculpem os erros
E
Boa Leitura ^^

Capítulo 12 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction Animal I Have Become - Jikook - Capítulo 12 - Capítulo 11

Jimin P.O.V

Uma semana, já se fazia uma semana que estava trabalhando no setor três e estava amando, Jungkook também parecia gostar do ambiente e do trabalho novo, Hyuna virou secretária de Choi, e atualmente ele procura por alguém que possa ficar no lugar da morena como recepcionista. Estava tudo no seu devido lugar, minha relação com Jungkook ia de bom a melhor, Hyuna e Jungkook estavam conversando como amigos normais, Jin e Namjoon estavam passando muito tempo juntos, estava começando a ficar com ciúmes, ele não tinha tempo para mim direito. Mas bom, se ele está feliz com Namjoon, quem sou eu para reclamar? Já Taehyung e Hoseok, estavam na mesma, tiveram uma briga por que o acastanhado estava conversando de mais com Yoongi pelo celular, como se Hoseok não estivesse conversando com o pálido.

E finalmente, faltava muito pouco para comprar meu carro, o dinheiro que meu jogo arrecadou ajudou muito mais, agora, estou fazendo um novo, junto a Jungkook e Hyuna, que estava animada para começarmos a preparar tudo para a montagem do jogo, ela estava ficando cada vez mais solta, não está tão séria como no começo, agora ela está sempre rindo. Fico feliz que ela tenha se adaptado a nosso jeito, mas ela também ficou mais protetora comigo, eu entendo que seu dever é me defender como um anjo da guarda, mas ela passa mais tempo em casa e tudo mais.

- Jimin, Você se lembra daquela carta que a avó da Hyuna lhe deu? - Jin aparece na sala com um balde de pipoca e mais dois copo de refrigerante, já que a Hyuna iria passar a noite em casa, a pedido de Jin.

- Sim, lembro por que? - Pergunto confuso e olho para Hyuna.

- Você já leu? - Se senta ao nosso lado colocando os copos e o pote em cima da mesinhs de centro. Nego, para falar a verdade, nem me lembrava dela direito - Por que não lê agora? - Acho a idéia boa, então, com muita preguiça me levanto do sofá e vou até meu quarto, procurando nas gavetas a carta a achando na gaveta de meia. Volto para sala e vejo os dois comendo, nem pra me esperar, esses dois cuzões. Me sento no meio dos dois chamando a atenção deles, que param o filme e passam a observar meus movimentos. Abro a carta e começo a ler a letra muito semelhante a de alguém que conheçia.

Ola meu amores!

Como vão? Sou eu a Vovó Kim! Estou morrendo de Saudades de vocês meus anjinhos.

Quando será que irei poder vê-los? Ah, sinto tanta falta do abraço de vocês!

Ah sim devem estar se perguntando como isso é possível, bom, eu morri, porém eu estou no céu, junto a outros anjos, de olho em vocês. Estou vendo cada passo, vejo também que conseguiram um amor não é Sr.Kim SeokJin? Tome cuidado! É Jimin, quero que também tome muito cuidado com quem escolhe para viver ao seu lado meu amor, você sabe que não pode confiar nem na sua própria sombra. Vou ajudá-lo sempre que precisar, mandar uma carta sempre, e você também pode fazer isso. Basta pedir a Hyuna, ela irá ajudar

Beijos da Vovó!

- Aigoo, como é que ela sabe que eu gosto dele? - Olhamos indignados para Jin - não que eu goste dele.. longe disso.. AISH PAREM DE PENSAR COISAS ERRADAS.

- Não é isso... ela ainda está viva... mas não na nossa terra - sorrio terno deixando algumas lágrimas caírem se meus olhos.

- Ela sempre fala de vocês a minha avó, não sei se vocês sabem mas, nos que somos anjos, podemos nos comunicar com os que estão lá em cima - Hyuna diz.

- Isso quer dizer que... ela pode voltar?? Assim como você?? - Pergunto eufórico, a vontade de ver a Sra.Kim novamente era enorme, sentia sua falta. Vejo Hyuna fazer uma careta.

- Bom, isso só funciona com anjos.. pessoas que morreram, não tem como voltar.. sinto muito - A vejo ficar triste, o que me deixa mal.

- Ta tudo bem! eu deveria saber disso - coço a nuca - Bom, vamos voltar a assistir esse filme por que estou curioso para saber o final! - mudo de assunto despausando o filme.

Acabou que o filme terminou e nem vimos o final, já que os três dormiu no sofá, quando acordamos já era hora de ir trabalhar, nos arrumamos e fomos direto a empresa, sem pausa para cafezinho ou iríamos nos atrasar mais ainda.

- Chegaram atrasados - Jungkook fala assim que entro em minha sala - fiquei preocupado, estava pensando em ir atrás de ti - se levanta e vem em minha direção, acabo desviando meus olhos para suas coxas, desde quando ele tem essas coxas?  Gente que pedaço de mal caminho - Jimin? - passa a mão em frente ao meu rosto.

- A-Ah, sim, apenas acordamos arrasados - coço a nuca o vendo fazer uma cara de confusão.

- Acordamos? - da ênfase no final.

- Sim, eu, Jin e Hyuna

- Ah tá, entendi - respira fundo - Bom, vamos começar a trabalhar então! - concordo e ando até minha mesa, mas paro ao sentir um tapa em minha bunda, me viro assustado e olho para Jungkook que me olhava enquanto mordia os lábios. Que audácia é essa fera? - Poderia usar mais esse tipo de roupa - diz rouco se aproximando e me abraçando por trás e sussurrando em meu ouvido - Fica bem mais gostoso com esse tipo de roupa - Uma de suas mãos aperta meu traseiro, quando foi que esse garoto mudou de água para vinho? Aos poucos sou empurrado contra a mesa, sendo obrigado a me apoiar ali.

- A-agora não Kookie-ah... - suspiro ao sentir o moreno passar a mão gelada pela minhas costas por debaixo da blusa branca.

- Sei que gosta quando te toco - abaixa seu tronco deixando beijos pelo meu pescoço. Quando ele iria levanta minha blusa, alguém bate na porta nos assustando, nos afastamos na hora, arrumo minha roupa e digo um 'entre' a pessoa do outro lado da porta, está que é aberta relevando uma Hyuna com um olhar desconfiado em cima de nós.

- Vocês iam fazer aquilo...aqui dentro não é?? - diz meio envergonhada, arregalo os olhos e começo a negar.

- N-não! não é nada disso que está pensando! - Tento negar,as como tudo em minha vida tende a dar errado..

- É isso aí - Jungkook sorri de lado ao ver o rosto da morena ficar mais vermelho que um tomate, com certeza eu não estava diferente. Aigoo Jungkook só abre a boca pra falar merda.

- V-vocês sabem que existe quarto, né? - coloca a mão no rosto - Eu.. volto mais tarde.. - ameaça a voltar mas para quando a chamo.

- Não! ta tudo bem, pode falar.. o que iria falar - Ela me olha, para e pensa.

- Ah sim, bom, Choi disse que mais tarde haverá uma reunião sobre um empresário que quer comprar o jogo - ela fala com uma expressão preocupada - Ele tentou de todo jeito negar mas não o deixam em paz, então me pediu para vir te falar que você deveria ir junto - passo a mão pelo rosto, já não é a primeira vez que ia a uma reunião, mas essa seria a primeira vez em que EU teria de falar.

- Você já foi com Choi a várias reuniões, você sabe como funciona - Jungkook coloca a mão em meu ombro, penso e logo tomo uma decisão.

- Tá, avise Choi que irei com ele a essa reunião - Hyuna concorda e sai da sala, bufo e me sento no sofá que havia na sala. Essa sala é realmente grande, além de ter minha mesa, tem a do Jungkook e dois sofás, formando um ângulo de 90° no meio da sala.

- Não se preocupe tanto, você irá se sair bem - se senta ao meu lado - você precisa relaxar! - me puxa para sentar em seu colo, me obrigando e colocar uma perna de cada lado do seu corpo. Me sento em suas coxas e fecho os olhos tentando me acalmar - Você se preocupa de mais meu anjo - deixa uma mordida em meu pescoço. Segura minha cintura me puxando mais para frente, deixando meu corpo colado ao seu. Estáva começando a  entendendo o seu jogo então resolvi entrar também, que mal tem?

- Aigoo, Jungkookie, estou tão nervoso, Aish - faço voz manhosa e jogo a cabeça para trás soltando um gemido baixo, o sentindo se arrepiar abaixo de mim. Sorrio ladino percebendo que tinha efeito sobe o moreno.

- Não faça isso Park Jimin... - diz baixo e rouco segurando minha cintura me forçando para baixo, já podia sentir um certo volume em sua calça. Resolvi provoca-lo um pouco começando a me mover lentamente sobre si - Você não presta... - joga a cabeça para trás soltando um gemido baixo.

- Nunca disse que prestava - sorrio de lado apoiando minhas mãos no encosto do sofá, uma de cada lado de sua cabeça. Seguro seu queixo, começando um beijo quente e cheio de luxúria, por parte do moreno, claro, olha pra minha cara, eu tenho cara de quem é safado? talvez um pouco. Coloco uma de minhas mãos por dentro de sua blusa passando minha unha curta ali o fazendo arcar as costas. Se é pra' provocar, então vamos provocar. Começo a me remexer com mais precisão sobre seu colo, Jungkook empurra o quadril para cima, simulando uma estocada, solto um gemido baixo.

Ele coloca a mão por cima da minha calça e começa a apertar meu membro que já começava a dar sinal de vida, seguro sua mão o ensentivando a continuar com o toque. Quando estávamos a um passo de tirar nossas roupas, batem na porta nos assustando, saio rapidamente de cima do moreno e ajeito meu cabelo é minhas roupas, escuro a voz da Hyuna do outro lado, avisando que estava na hora da reunião, otimo, iria a uma reunião com uma ereção no meio das pernas. Olho para Jungkook e ele se encontrava com a cabeça jogada para traz, com os lábios inferiores sendo maltratados pelos dentes.

- Bem na melhor parte - Jungkook reclama -Vou ficar com uma ereção no meio das pernas, ótimo.

- Resolvemos isso depois da reunião, o que acha? - fico em sua frente me apoiando no encosto do sofá, deixando nossos rostos próximos, coloco minha mão direita por cima de sua ereção dando um leve aperto e o vejo entreabrir os lábios, deixo um selinho no canto se sua boca e saio da sala.

- Jimin-ah - diz manhoso - você é tão malvado. Aish! - sorrio com sua fala e fecho a porta. 


Notas Finais


-3-
Me desculpem mesmo pela demora c':

Tchauzinho até o próximo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...