1. Spirit Fanfics >
  2. Animes imagines e cenários >
  3. Luffy

História Animes imagines e cenários - Capítulo 25


Escrita por: mika_cardoso

Notas do Autor


Capitulo pode conter gatilhos

Capítulo 25 - Luffy


Eu estou do seu lado




Lágrimas grossas trilhavam meu rosto, minha imagem refletida no espelho a minha frente só me mostrava o quão horrível sou.

Todos os dias que acordo me amaldiçoou por estar viva mais um dia, todos os dias marco meu corpo com minha dor, todos os dias a vontade de desistir me vem a mente; mas sou covarde demais para tal ato.


Fingir um sorriso no rosto não é fácil, já falei tantas vezes que estava bem quando na verdade estava morrendo por dentro que se tornou "fácil"


Estou cansada de ficar acordada pensando e chorando, cansada de ouvir as pessoas falando tenha paciência e continue lutando quando eu sei que no dia seguinte vai ser a mesma coisa que o anterior.


Ataques de pânico se tornaram cotidianos, tenho a morte como amiga e a vida como inimiga.

A cada dia que se passa me odeio mais, tento ser melhor a cada dia pelos meus amigos mas não adianta.


O ser humano faz você gostar dele para depois te abandonar do jeito mais cruel possível.


Ninguém nunca vai te amar se não for atraente, ninguém nunca vai ser seu amigo se não for bonita o suficiente.


Eu não aguento mais, eu não quero mais essa vida, então por que ainda estou aqui? Por favor me tire desse desastre.



Tento controlar meu choro, começo a me desesperar, minhas mãos tremendo e suando frio, meu coração está acelerado, sinto uma forte tontura, tento respirar, coisa que parece impossível.


Começo a escorregar e me sento com as pernas coladas em meu corpo, abraço minhas pernas e coloco minha cabeça apoiada em meus joelhos, tento controlar meu ritmo cardíaco.


— EI S/N PODE ME AJUDAR A... - reconheço a voz do Luffy, ele para te falar ao ver meu estado - tá tudo bem? O que está acontecendo? - ele pergunta agora com a porta fechada e mais baixo, ao ponto de só eu ouvir.


Por mais de só tê-lo visto me acalmo um pouco mais, mas mesmo assim não queria que ele tivesse me visto no meu pior momento.


— torna difícil respirar; o que está acontecendo comigo? Sinto como se fosse outra pessoa! - explico com dificuldade o que estou sentindo, o sentimento que vão me rejeitar depois de saber como eu sou não para de crescer.


— Então não se sinta sobrecarregada!você vai passar por tudo isso, você vai ficar bem, Eu prometo que você não precisa se preocupar com nada, não deixe isso te machucar, você me tem ao seu lado, e quando sentir a diferença será como a noite e o dia! - ao terminar de falar ele me abraça, esse abraço me traz um sentimento de conforto, uma sensação de que tudo vai ficar bem.


Assim que meus batimentos se acalmam e minha respiração volta ao normal eu retribuo seu abraço.


Sinto algo ser colocado em minha cabeça, me afasto do mesmo e percebo que estou com o chapéu de palha do mesmo, o olho com dúvida.


— olha... eu não quero mais ver você assim entendeu? Não quero ver seu corpo machucado ou seus olhos cheios de lágrimas, você é muito importante para mim e não quero te ver mau - declara serio - e se você não tiver mais nenhum motivo para seguir em frente agora será esse chapéu e eu! Nós seremos seu tesouro assim como você é o meu tá bom? Então vá tomar um banho e vamos nos juntar com os outros, o Sanji fez seu prato favorito - fala se levantando e me puxando junto.


— Luffy... obrigada - agradeço pelo que fez e lhe dou um sorriso, não falso mas sim verdadeiro, que mostrava toda minha gratidão pelo mais alto/baixo.


— me agradeça quando não tiver mais nenhum ataque tá? Agora vai rápido se não aqueles esfomeados vão comer tudo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...