História Anjo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Anjo, Sasusaku, Shin17
Visualizações 163
Palavras 918
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoinhas.
Então, eu tive alguns pequenos probleminhas com minha conta antiga e tive que excluir ela. E isso acabou me custando todas as historias do meu perfil. Mas como eu tinha elas salvas no meu celular vou repostas todas. Talvez algumas demorem pra ser repostada mas logo estaram todas aqui novamente.
Vou dedicar essa fic as minha bbs do grupo AC. Amo vcs❤💕

Boa leitura, bjos da Shin

Capítulo 1 - Capítulo Único


História Anjo





Escrita por  ~Shin17







Naruto tinha o convencido a ir ao parque naquela tarde, sabia que o loiro o deixaria sozinho assim que encontrasse a namorada. A questão é que ele sabia que a rosada estaria lá, e ele sempre ficava nervoso perto dela. Sabia que era um fraco por não dizer a ela, se seu irmão ou seu pai soubessem de sua falta de coragem o repreenderiam por isso.


Assim que chegaram puderam vê a Hyuuga e a Haruno os esperando. Naruto e Hinata namoravam escondido a algum tempo, os pais da morena não aceitavam a menina namorando tão cedo. Por isso sempre que queriam sair ele e a rosada iam para não levantar suspeitas.


...



Ela era linda e eu não me cansava de admira-la. Todos os dias na escola  perdia as aulas contemplando sua beleza angelical.



Seus cabelos tingidos de um rosa claro, que ela sempre deixava solto e que emolduravam perfeitamente seu rosto de boneca. Ela era dona de grandes olhos verdes, que estavam sempre bem delineados para que fossem realçados. Ela tinha uma boca pequenininha, que a deixavam mais perfeita do que já era, seus lábios estavam sempre pintados com um gloss rosa de morango. Tinha um nariz pequenininho e com a ponta arrebitada. Covinhas lindas nas bochechas branquinhas assim como o resto de sua pele. Ela tinha um corpo magnifico, que causava inveja nas outras meninas e rebuliço entre os meninos. Cintura fina, busto mediano e quadril largo.



Porem o que mais me encantava nela era sua personalidade. Ela era uma menina doce, estava sempre sorrindo. Era inteligente, divertida, carismática. Ninguém podia negar que tudo nela era apaixonante, e eu fui mais um dos bobos que caiu em seus encantos.



Ela não fazia de propósito, todos sabiam disso. E era extremamente gentil mesmo quando precisava da um fora em alguém.



Me descobri apaixonado por ela ainda na quinta série, paixão essa que durou pelas séries seguintes e por todo o ensino médio.



Esta a sós com ela debaixo daquela cerejeira lhe deu a oportunidade perfeita de dizer o que sentia por ela, mas ele tinha medo de ser rejeitado. Não que se achasse feio, mas ela era linda demais.

Ela já estava com 15, ele ainda iria completar os 15. Ela já tinha dado o primeiro beijo, ele ainda não tinha beijado ninguém. Sabia que ela só estava ali pra ajudar a amiga, mas sentia que ela gostava de sua companhia.

_ Então Sasuke-kun, você nunca  fala de você. Tem uns cinco anos que estudamos juntos e eu só sei que você é o melhor amigo do meu melhor amigo.

_ Não há muita coisa a saber ao meu respeito. Sou um garoto normal que tem uma família normal, estuda em uma escola normal e tem um amigo anormal.

Ouvir ela sorrir provavelmente foi a coisa mais fofa que ele já tinha ouvido. Decidiu então que era hora de dizer a ela que a amava. E reunindo toda a coragem que tinha em seu corpo encheou os pulmões de ar e resolveu falar.

_ Sakura eu tenho algo a te di...

_ EI TEME, SAKURA-CHAN. VENHAM AQUI, TEMOS ALGO A MOSTRAR A VOCÊS. – Nunca odiou tanto seu amigo como naquela hora, por causa da interrupção de Naruto ele tinha perdido a chance e a coragem de se declarar para ela.





Ela era discreta, raramente se ouvia falar de alguém com quem tenha ficado. Sua maior preocupação sempre fora os estudos, ela queria medicina, e estudou incessantemente para conseguir entrar na melhor universidade do estado.



E ela conseguiu, e encontramo-nos novamente alguns anos depois, quase no fim de nossos cursos. Eu tinha optado por cursar direito, um sonho ainda de criança, e quão surpreso fiquei ao vê-la sentada no bar daquela boate na sexta a noite.



Tinha ido lá com alguns amigos da faculdade comemorar o aniversario de um deles. Mas meus planos mudaram quando a vi lá, sentada sozinha no bar. Sentei-me com ela e conversamos a noite toda, e, na hora da partida, chamei um taxi para leva-la ate em casa.



_ Sasuke-kun. Quando estávamos debaixo da arvore, antes do Naruto nos chamar você ia me dizer uma coisa. O que era?

_ Outra hora eu te digo.

_ Tudo bem.

Ela se despediu dele com um beijo na bochecha assim que chegaram a porta da casa dela. A sensação de fracasso estava o perturbando por todo o caminho ate sua própria casa.



Eu não teria a deixado ir se soubesse o que iria acontecer aquela noite. Minha pequena anjinha cor-de-rosa foi levada desse mundo por um terrível acidente de carro.



Um carro desgovernado atingiu seu taxi o fazendo capotar diversas vezes. Sakura Haruno morreu na hora, e o taxista morreu algumas horas depois no hospital.



Ela tinha 21 anos, ainda mantinha os longos fios louros pintados de rosa. Vê seus grandes e brilhantes olhos verdes fechados e seu rosto mais pálido que o normal foi um choque pra mim. Nunca imaginei que a calma que emanava dela pudesse me causar tanto sofrimento.



Nunca imaginei que a chuva pudesse me causar desconforto tão grande. Também nunca imaginei que nossa antiga turma do ensino médio fosse se reencontrar em um momento tão triste como aquele.



Me arrependo amargamente por não ter declarado meu amor por ela quando tive tempo, por não ter dito a ela o quanto a queria. Me arrependo de não ter a chamado para sair, por não ter tentando uma aproximação antes.



Ela era uma pessoa calma, sempre exalou uma aura de anjo. E ate depois de sua morte sua essência angelical continuou.



_ Sasuke-kun, talvez pudéssemos marcar de almoçar amanha após a aula na faculdade.

Betado por ~Solune.


Notas Finais


Anjo É meu bebê. Eu tenho um amor muito grande por essa história. E espero do fundo do meu coração que vocês gostem também.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...