História Anjo... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens Jinyoung, Mark
Tags Markjin, Marknior
Visualizações 181
Palavras 1.437
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 1 - Único


Fanfic / Fanfiction Anjo... - Capítulo 1 - Único


Jinyoung chegava de mais um dia cansativo de trabalho, um de muitos a algumas semanas. Contratos e mais contratos a serem assinados, doia-lhe à cabeça só de imaginar mais papéis em sua frente.

Ao adentrar seu apartamento sentiu falta de algo, ou alguém para ser mais exato. O apartamento encontrava-se em um breu, a única luz que adentrava o local era a da lua pela porta de vidro que levava a varanda. Suspirou cansado. 

Ele esperava encontrar seu loiro ali, seu companheiro, melhor amigo e dono de seu coração. Percebia que o aloirado sentia falta de sua atenção, do seu amor, seu carinho, de si. Jinyoung se sentia mal por se focar tanto ultimamente só no trabalho e o deixando de lado, logo hoje que seria um dia tão especial. As consequências também caiam sobre si, também sentia falta dele, de seu cheiro, de sua pele...

Talvez tenha cansado de esperar.

Pensou consigo mesmo, afinal já era tarde. Ligou a luz da sala e olhou em direção ao corredor que tinha como ponto final a porta de seu quarto a qual dividia com seu companheiro. Tirou seu blazer o jogando no sofá e se dirigiu a cozinha encontrando a mesa para o que deveria ter sido um jantar romântico, intacta. Suspirou outra vez se culpando por ter esquecido e ficado mais tarde do que já ficava no trabalho. 

Foi para seu quarto e ao abrir a porta e ver aquele ser que tanto lhe tirava o fôlego, sorriu. Encostou-se no batente da porta vendo seu anjo dormir serenamente.

 Seu, Mark era só e unicamente seu e o Park tinha certeza, mas tinha medo de que ele se fosse por culpa sua.

Acordou de seu transe e seguiu para um banho gelado para relaxar os músculos tensos. Após vestir apenas uma bermuda num estilo moletom, ele se direcionou a cama se deitando ao lado de Mark. O moreno observava cada detalhe da pele leitosa, os lábios fartos e avermelhados, não resistiu... Levou sua mão delicadamente a tez branquinha e começou a traçar cada ponto do rosto alheio a qual conhecia bem, mas nunca se cansava de explorar várias e várias vezes. Passou seu polegar sobre os lábios do outro vendo-o sorrir.

- Desculpe acorda-lo!- O Park diz e também sorrir.- Você demorou Jinnie...-Mark se pronuncia de forma manhosa fazendo o moreno sorrir e o trazer para o aconchego de seu peito.

-Prometo que chegarei mais cedo!-Ele da um singelo beijo nas madeixas aloiradas. Mark o olha. - Você diz isso todas as noites Jinyoung!! Logo hoje JIN??- Mark se senta na cama notávelmente decepcionado.

- Anjo me desculpe! Eu só quero lhe dar o melhor!! - E sem mais delongas se aproxima de Mark o abraçando.- Mas eu já tenho tudo que preciso!! E é você aqui ao meu lado!-Mark diz cabisbaixo. 

Os dois permanecem em silêncio, Jinyoung começa a afagar os fios loiros. Mark se encontrava com a cabeça na curvatura do pescoço do namorado. Sentia falta, falta dos toques daquele que o abraçava, falta daquele corpo quente junto ao seu separados apenas por uma fina camada de suor sob lençóis, ou na companhia para um bom pedaço de filme... 

Com vários pensamentos em mente, o loiro começou a desferir beijos no pescoço de Jinyoung e sorria ao ver a reação da pele do moreno a simples toques seus, mas Mark não estava satisfeito, queria mais. 

Começou a dar leves chupões na região ouvindo o Park arfar em resposta. - A-anjo...- Mark apenas murmurou "Hmm" e continuou.

O corpo de Jinyoung reagia cada vez mais ao toque dos lábios quentes de Mark à sua pele fria que em poucos minutos estaria em completo fervor se continuassem naquele ritimo.

Não demorou para que Mark estivesse sobre o colo de Jinyoung tendo sua cintura apertada firmimente de encontro ao membro inevitavelmente disperto do moreno. Mark rebolava devagar fazendo uma certa pressão em cima do músculo de Jinyoung, o que fazia com que este gemesse abafado entre o beijo lento e molhado.

Jinyoung deita-se na cama com Mark ainda em seu colo, que com o movimento feito pelo parceiro deu uma leve quicada fazendo o membro do moreno friccionar contra suas nádegas vestidas anseando para serem libertas de qualquer impedimento para que o contato fosse pele à pele.

 Jinyoung passa a acariciar a pele macia por baixo da blusa que Mark vestia. A peça de roupa logo tivera o mesmo destino que às outras, o chão.

Mudando as posições, outro beijo mais profundo começa.

-Jin-Jinyoungiee...

Não foi preciso duas vezes para que o moreno entendesse o pedido. Descendo pelo abdômen do menor... Ele faz uma trilha molhada de beijos passando pelos mamilos de Mark chupando um de cada vez torturando o amado deixando-os bem vermelhinhos.

-A-amor... Não me tortu-Mmmmm.... 

Mark não conseguiu continuar após sentir os lábios do maior em seu membro.

 Jinyoung para com os movimentos que fazia não querendo que seu loiro chegasse ao limite logo. Mark o puxou e deu-lhe um beijo lento enquanto seus membros friccionavam pela aproximação extrema dos corpos. 

Jinyoung separou o selar mordendo o lábio inferior de Mark que lhe puxara os fios da nuca e sorrira arranhando seu abdômen. Com mais um ósculo desejoso, Jinyoung começou a deixar suas marcas rexeadas de possessividade na pele do amado proferindo em intervalos de cada marca o quanto ele era seu.

 -Meu anjo... Só meu...

Usava de sua voz em um tom rouco e sussurrante fazendo Mark estremecer a cada silaba. O moreno passeava sua mão livre pelo corpo de Mark, a outra ele usava de apoio para não depositar todo seu peso sobre o menor.

Mark tateia a estante ao lado da cama e abre a gaveta pegando o pequeno frasco de lubrificante e com certa dificuldade pelos chupões, mordidas e palavras do moreno, ele despeja um pouco em mãos levando as mesmas ao membro rijo e gotejante do parceiro.

Jinyoung geme ao sentir o contato do líquido na mão de Mark de encontro a seu membro. Ele leva dois de seus dedos a boca do loiro vendo-o chupa-los com a maestria que tinha, essa que apenas Jinyoung conhecia muito bem. 


Depois de preparar Mark enquanto olhavam um nos olhos do outro e sorriam, Jinyoung o beijou de forma carinhosa e com cuidado começou a se inserir dentro do menor sendo acolhido pelo calor fazendo com que ambos gemessem arrastado. Mark o beijou envolvendo suas pernas em volta do tronco alheio logo se movimentando à procura de mais.


Os movimentos eram lentos e precisos, ambos reviravam os orbes de tanto prazer durante o ósculo que trocavam de forma sexualmente quente e erótico. Mark tinha uma mão na nuca com os fios negros tidos na região entre seus dedos sendo puxados, e a outra no rosto do moreno durante o selo enquanto movimentava o quadril ondulando-o para que fosse de encontro com os movimentos de vai e vem que Jinyoung fazia incitando prazer a ambos  pedindo por mais descendo suas mãos as costas dele arranhando-a levando suas palmas ainda mais abaixo apertando a bunda do maior sobre si.

-A-amor ma-mais rápidAAaaa-aah... Mmmm... Jinnie a-certa aí de n-novo!!

Mark diz com as costas arqueadas e calafrios apossando-se de si por ter seu ponto sensível atingido.

-A-aqui anjo?? Huhm..??

Foi fundo acertando naquele ponto novamente.

-Hum rum... M-mais.... Jinnn-nyouungiee... Aaaaa...

O moreno começou a se movimentar mais rápido dentro de si. Seus gemidos eram ritimados e cada vez mais altos.


//


-Aaaaaa.... anjo...-

- Mmm... nyoungaaa...-

Agora Mark cavalgava em Jinyoung. Ambos suados e extremamente ofegantes. 

O loiro tinha suas mãos apoiadas na cabeceira da cama enquanto sentava em Jinyoung. Ele subia, rebolava e descia, levando o moreno a loucura. 

O quarto que era invadido apenas pela luz da lua que os molhava com seu brilho provindo da janela, exalava puro sexo, prazer e amor de ambas as partes.


Jinyoung geme rouco e alto. Havia chegado deixando com que seu liquido fluice em rajadas fortes vendo Mark logo em seguida sem ao menos ser "tocado" devidamente se desmanchar, e para maior prolongamento do prazer ele subia e descia devagar. 


Respirações descompassadas, cabelos bagunçados e sorrisos bobos era a cena presente no quarto sobre aquela cama. Com suas testas coladas eles se olhavam intensamente.

-Eu te amo meu anjo! Te amo tanto...E amanhã vou lhe recompensar e comemoraremos nosso aniversário de namoro do jeito certo! - Jinyoung proferia tais palavras acariciando o rosto do amado.

-Eu também te amo muito, meu amor! Eu só quero estar ao seu lado e isso 'pra mim já basta.

Ambos sorriram e beijaram-se , um beijo calmo, singelo, os dois querendo passar um ao outro o carinho empreguinado no ato apaixonado. Se amavam de todas as formas, e o Park faria de tudo para que seu anjo nunca saísse de seu lado.

           

                     Fim! ^•^


Notas Finais


Gente eu gosto de lemom
Não me achem uma tarada rsrsrsrs


Perdão os erros!


Feliz dia dos namorados!❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...