História Anjo da guarda. - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias 1 Litro de Lágrimas (Ichi rittoru no namida)
Tags Drama Romance
Visualizações 18
Palavras 373
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Capítulo 12


 É impressionante como uma pessoa faz seu coração acelerar....

 E depois daquele dia bizarro pra minha pessoa, estava mais animada, e queria conhecer mais ele, mas Sandy parecia meio irritada ao me ver andando com ele,depois que almocei e arrumei as coisas tomei um banho e pulei na minha cama com meu celular euma xxícara de café.

Eu: OI...

 Ele não demorou para responder. 

Dean: OLÁ, ESTÁ BEM?.

EU: ESTOU SIM, E VOCÊ? DESCULPA PELA SANDY...

DEAN: A SANDY É APENAS UMA AMIGA MEIO CHATINHA QUE PEGA MUITO NO MEU PÉ, MAS ELA É LEGAL...E VOCÊ NÃO TEM QUE PEDIR DESCULPA POR NADA.

EU: QUE SEJA...ONDE ESTÁ? .

DEAN: EM CASA, VOU PRO TRABALHO AGORINHA.

 EU: AH, QUE HORAS VOLTA?.

DEAN: AS DEZ.

EU: ISSO TUDO?.

DEAN: É A VIDA...VOU ALMOÇAR E IR TRABALHAR EM SEGUIDA...GOSTEI DE VOCÊ.

EU: TAMBÉM GOSTEI DE VOCÊ. ..

DEAN: FICO FELIZ, SE CUIDE,  ATÉ MAIS.

 EU: ATÉ. 

  E do nada notei que um sorriso se abria no canto da minha boca e eu pensava nele falando que gostou de mim.

 -Para!.

 Dei um tapa na minha cabeça e fui estudar.

 -Oi...

 Mamãe aparece de fininho. 

 -Oi mãe,  entra. 

 -Como está minha filha? .

 -Estou ótima mãe. 

 -Reparei que você está meio mudada, ah deixe-me ver sua mão. 

 -Está um pouco melhor. 

 -Estudando? .

 -Sim.

 -Continue assim...tenho muito orgulho de você. 

 -Também tenho da senhora. 

 Ela sai pra fora e volta com uma bandeija de lanche.

 -Valeu mãe! .

 Meu celular vibra. 

 Desconhecido: oi, é...posso falar com você sobre um assunto? tá me incomodando muito. 

Eu: Desculpa, mas quem é?.

 Desconhecido: Sandy.

Eu: Ah...quer falar sobre o que? .

Sandy: Sobre o Dean.

 Meu coração acelerou só de ouvir seu nome, minhas mãos começaram a soar.

 Eu: Pois não? .

Sandy: O que faziam juntos?.

Eu: A gente só matou aula mesmo, nada de mais.

Sandy: Que bom... hey vou te contar uma coisa...eu gosto dele.

 Senti um impulso. 

 Sandy: Me ajuda a conquistar ele? Eu gosto dele desde dois anos.

 Me bateu uma tristeza de repente. 

Eu: Er...eu não sabia que gostava dele, mas não posso fazer nada...por que não fala com ele?.

Sandy: farei isso, valeu mesmo, você é um amor.

 Joguei o celular na mesinha e fiquei sem pensar em nada, mas ele estava na minha mente.

 -Ai que droga! .

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...