História Anjo De Asas Negras - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook, Namjin, Taeyoonseok, Vhope
Visualizações 18
Palavras 1.128
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 6 - Meu anjo


TaehyungPOV

Acordo sentindo algo molhado em meu braço, como se tivesse o chupando.

Abro Meus olhos e vejo o que molhava meu braço, era um simples "beijo" de bom dia do Jaebum.

- Bom dia meu anjo- o mesmo me olha e sorri- vem aqui vem- pego o mesmo e coloco em cima da minha barriga, olho pro lado e vejo Hoseok ainda dormindo todo esparramado-nessas horas agradeço da cama ser enorme- começo sentir um cheirinho que não era muito agradável.

- Logo cedo Jae?- pergunto fazendo falsa cara de choro e o mesmo sorri banguela- Vamos trocar essa frauda.

Me levanto da cama segurando Jae que ainda estava com o corpinho encostado em minha barriga.

Vou até a cômoda pegando um trocador, pomada,Lenço umedecido,talco e frauda.

Pelo o que eu entendi o Jin tinha essas coisas pelo simples fato que estava pensando em ter outro bebê, mas os Talco de bebê ele afirmou que comprava pra ele mesmo usar, já que gostava do cheirinho.

Coloco o trocador na cama e coloco Jae deitado em cima, tiro seu macacãozinho até a barra da frauda-ja que estava frio, não iria tirar tudo- tiro sua frauda com cuidado, passo o lenço umas três vez pra limpar bem, passo uma pomada anti-assadura, passo um pouquinho de talco na bunda super branca que Jae tem e finalizo colocando uma frauda limpinha.

- Prontinho meu amor- dou um beijo estralado em sua bochecha fazendo o mesmo rir pela primeira vez- V-você riu meu amor- comento sentindo Meus olhos lagrimejarem

Como tiveram coragem de abandona-lo? Ele é tão lindo, não tem problema nenhum de saúde, é calminho... Não vejo nenhum problema nele

- Tae?- escuto Jin bater na porta, falo "entre" baixinho e o mesmo abre a porta- Por que tá chorando?- pergunta preocupado

- E-ele deu uma risada pra mim Jin- digo e o mesmo sorri me abraçando

- Bebê, seu pai é muito babão sabia?- diz pra Jae, que no momento estava com a cabeça encostada no meu pescoço

- Yaa Omma, é que ele me lembra meu irmão também.. Quando fui expulso de casa minha irmã não me deixou vê-lo pela última vez, ela simplesmente me empurrou até a porta e a fechou em minha cara..- sinto lágrimas descerem pelo meu rosto- Eu só queria vê-lo Jin, ele é parte de mim... Hoje ele está com 10 anos, o nome ele é Byu Baehyun, ele não tem o mesmo sobrenome que o meu porque ele só é meu irmão por parte de mãe.. Mais mesmo assim, eu o considerava muito Jin, e ela simplesmente o tirou de mim- o abraço e começo chorar baixinho em seu ombro, já que Jae dormia novamente em meu colo- Eu quero ver ele Jin- fungo e sinto sua mão fazendo carinho em meu cabelo

- Por que não vamos vê-lo? Ele mora na mesma casa ainda?- pergunta

- N-não sei.... Yang Mi é imprevisível, ela pode ter mudado de casa pra mim não acha-los- digo dando um suspiro

- Você disse Yang Mi?- pergunta curioso que com os olhos arregalados, então eu assinto- É uma de cabelos castanhos meio alta?- assinto novamente - Então podemos encontrar seu irmão Tae, eu sempre via eles aqui perto da floresta, no parque de entrada sabe? Quase todo dia eles veem e entram na floresta pra andar um pouco, se dermos sorte talvez vejamos eles- Sinto meu coração acelerar

Eu iria ver Baehyun?

Eu finalmente iria sentir aquele cheirinho de bebe-que talvez não seja mais de bebe-?

Eu iria ver meu irmão?

Eu iria ver meu irmão!!!!

- S-serio Jin???- pergunto animado

- Sim- pega o celular e olha a hora- Ainda é 8 horas em ponto, ela sempre vem lá pras 10 da manhã, então se arruma e arruma seu filho, porque tá muito frio pra ele lá fora

Quebra de tempo

08:49AM

Termino de trocar a roupinha de Jae, coloco um simples boris branco de manga comprida, uma meia bem quentinha em seus pezinhos, coloco um macacão também na cor branca com touca bem quentinho nele e o enrolo na manta

Me olho no espelho e sorrio pela minha escolha, eu estava com uma calça jeans preta sem rasgos, uma blusa preta de manga comprida e por cima um moletom bem quente preto com o desenho da mão do Mickey

E com um tênis preto e branco finalizando

Aviso Hobi que iria ver o meu irmão e o mesmo não perdeu tempo em ir toma banho e se arrumar pra ir junto, não o impedi porque queria que ele fosse junto pra conhecer Baehyun também

- Vamos?- Pergunto quando vejo o mesmo já trocado que por incrível coincidência ele estava com um moletom quase igual o meu, porém só muda o jeito da mão do Mickey.. Parece que tem dois viciados em Mickey aqui

- Vamos, Jin está esperando lá em baixo

Pego Jae no colo-o mesmo parecia um bolinho, pois estava todo coberto somente com a cabecinha de fora- e desço junto à Hobi até o primeiro andar da casa.

Chegando lá dou de cara com Jin quase todo de rosa, só mudava sua calça que era branca, mas seu moletom, luvas, touca e tênis eram rosa

Vejo que o mesmo está com uma bolsa preta e rosa nas costas

- Bolsa?- pergunto

- Aqui tem a mamadeira dele é mais uma mantinha, porque vai que ele fica com mais frio, também peguei duas fraudas- arregalo os olhos porém logo sorrio- Sou preparado- riu

- Tudo bem vamos

Saímos de casa e realmente estava muito frio, não despedimos de ninguém porque Jin disse que estavam caçando, apenas deixou um bilhete avisando onde ia.

Depois de um tempo andando vejo que Jae já dormia novamente, já que acordou quando eu estava o trocando "pedindo" leite.

Jin e Hobi estavam conversando sobre algo que nem dei importância, já que estava cantando baixinho pro bebê- deve ser por isso que adormeceu rápido- Quando vejo já chegamos na entrada da floresta, era um parque, nele continha brinquedos pras crianças e tinha bancos espalhadas pras pessoas sentarem, enquanto no meio tinha a trilha que dava até a floresta.

- Tae- o olho- É aquela não é?- aponta pra um banco que ficava bem na entrada do parque e lá os vejo, Yang Mi estava com uma trança de lado no cabelo e uma roupa toda branca.. E.. O garoto que eu julgo ser Baehyun estava todo de preto e branco.. Ele ainda continua... O dia que eu o disse que minhas cores preferidas eram preto e branco, ele começou usar só roupas pretas e brancas.

Vejo o menino que Julgo ser Baehyun vim em minha direção correndo... Será que..?

- Tatá- grita abraça minha cintura com força e coloca sua cabeça em minha barriga- É-é v-você m-mesmo?- pergunta chorando.. E no momento eu estava igual

- S-sim, s-sou e-eu m-meu a-anjo


Notas Finais


Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...