História Anjo ou Demônio? - Capítulo 64


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Chimchim, Imagine, Imagine Jeon Jungkook, Imagine Jungkook, Jeongguk, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kook, Namjoon, Rapmonster, Suga, Tae, Yoongi
Visualizações 159
Palavras 739
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 64 - Jimin, o novo milionário.


Angel

Era quatro da tarde quando JungKooK chegou na cobertura suado, inquieto e nervoso. Nem quis conversa e foi direto pro banheiro tomar um banho.

Enquanto ele tomava banho, eu fiquei na sala vendo revistas de vestido de noiva. Isso nunca me chamou tanto atenção, entretanto agora eu estava achando até interessante. As modelos pareciam até princesas de filmes naqueles vestidos.

— São tão lindos... — murmurei, enquanto folheava a revista. Por que nunca me interessei por isso? Não sabia o que estava perdendo.

 Angel, fecha isso que eu preciso conversar com você. — disse JungKook, vestido com uma camiseta branca simples e uma calça moletom e eu franzi o cenho. Fechei a revista e lhe dei atenção.

— O que aconteceu?

— O Yoongi morreu. — deu a notícia.

Sentou-se no sofá a minha frente. Sua notícia não me surpreendeu, afinal já imaginava que uma hora ou outra ele iria morrer.

— Qual é a novidade? — perguntei.

 O Jimin precisa saber que é milionário. — disse ele. — Eu preciso que você dê a notícia de que ele é herdeiro da fórmula que o Yoongi roubou. Essas são as ordens expressas do Sr. Byun.

 Por que você não faz isso?

 Porque o Jimin não está falando comigo, eu não tenho mais a mesma amizade que antes e se você falar, é melhor. Você faz isso por mim? — perguntou. — Eu vou com você.

 Se você vai comigo, por que você não conta?

 Porque pelo que eu conheço o Jimin, ele não vai querer me escutar. Eu vou com você porque se você falar alguma besteira, eu te corto. Vamos lá agora? — perguntou e eu me levantei. Fomos até a porta e saímos para ir até o apartamento de Jimin.

[...]

De frente para a porta do apartamento de Jimin, JungKook parecia estar sem coragem pra apertar a campainha, então quem apertou fui eu. Depois de alguns segundos, a porta foi aberta por ele e ao nos ver, seu cenho franziu.

— Eu não acredito. — Jimin franziu o cenho, perplexo.

— A gente precisa conversar. — eu disse.

— A gente precisa sim, mas na nossa conversa não está incluso ele. — Jimin fitou JungKook que revirou os olhos.

— A conversa é sobre você, na verdade. Sobre o que aconteceu com você, quando estavam atrás de você. É tudo sobre você. — disse JungKooK. — A gente pode entrar? — perguntou e Jimin deu espaço para que nós entrássemos. A gente entrou e JungKook começou a ficar inquieto. — Conta você, Angel. — disse ele e a pior parte sempre ficava pra mim.

 Vem, Jimin. — Segurei sua mão, o conduzi até o sofá e fiz ele se sentar. Sentei-me em cima da beirada da mesinha de centro para poder ficar de frente para ele.

— Fala logo, você está me deixando nervoso! — disse Jimin e eu fitei Jungkook, que estava encostado na porta fechada da sala, observando tudo.

 Eu vou te falar uma coisa que é... É muito, muito, muito louca. — eu disse e Jimin permaneceu com o cenho franzido. — Presta atenção.

 Fala logo que você está me assustando.

 Calma que não é pra assustar, quer dizer, vai assustar, mas tem uma parte boa. — Sorri, nervosa. — O seu pai, o cientista que foi morto naquela chacina, ele inventou uma fórmula de um remédio muito importante que eu não sei nem pronunciar o nome, mas eu sei que é um remédio importante, mas pulando essa parte, o Yoongi... — Respirei fundo.

 Yoongi...?

 Yoongi que é casado com a tia do Baekhyun, padrasto da Melissa, que mora na mansão e tudo mais...

 Sei quem é, sei quem é! Conta logo. — disse Jimin, nervoso. — Eu já fui apresentado pra esse Yoongi. O Baekhyun apresentou. 

 O Yoongi roubou essa fórmula há muitos anos atrás. Foi ele que matou seu pai pra ficar com essa fórmula, todo o dinheiro adquirido por essa fórmula, todos os milhões, bilhões... Nem sei! Todo esse dinheiro vai deixar de ir pro Yoongi e começar a ir pra você. Você está riquíssi... Não, perdão, você está bilionário ou milionário, nem sei, só sei que é realmente muito dinheiro. — eu disse e os olhos de Jimin se arregalaram. — Jimin, o que eu estou querendo te dizer é que você a partir de agora está milionário.


Notas Finais


Comentem o que acharam, o capitulo está curto mesmo exatamente na intenção de atiçar a curiosidade de vocês, se tudo der certo, pretendo postar continuação amanhã. Estou querendo regatar os leitores que eu acabei perdendo por conta da quantidade de tempo que eu fiquei sem postar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...