História Anjos e demônios - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 2
Palavras 634
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - A guerra dos 13 anos


Fanfic / Fanfiction Anjos e demônios - Capítulo 7 - A guerra dos 13 anos

Uma guerra acabará de começar demônios matando humanos a torta e a direita quebrando várias leis impostas pela arvore sagrada os soldados se armavam para batalhas no campo. 

Assim que a rainha ficou sabendo se trancou em uma torre com sua filha para que não a matacem. Ela protestava queria ir a luta com eles já que agora aprendeu a esconder suas asas para que não fossem vistas mas a mae jamaia deixara ela ir a uma briga  ela tinha medo que matacem a sua unica primogenita ou pior descobricem que ela tinha sangue de demonio nas veias entao uma luta atras da outra foi acontecendo em meio a mais sangrenta ela escapou soando pela janela da torre enquanto a mãe dormia. 

Foi até onde estavam as armas mas nao aguentou nenhuma eram todas de platina pura muito pesadas para ela então pegou uma cesta e foi ao jardim ela tinha jma ideia de como parar aquela briga feia. Daria flores a todos amigos ou nao assim evitando uma guerra pior. Encheu a cesta de flores e voou em direcao da terra la pousou e escondeu suas asas para que nao a recolhececem. O primeiro soldado que viu todo ensanguentado vestia armadura de platina e tinha atrás de si um monte de homens vestidos iguais a ele, então abriu a cesta e levantou uma florzinha para ele. Ele nao entendeu abaixou para pegar a flor quando viu os cabelos prateasos e os olhos azuis levantou ela num pulo e gritou é a filha do rei leve ela daqui antes que o rei mate todos nós. 

Um homem alto que tinha do seu lado um menino amarrado e com um pano na boca ela olhou para ele, e ele para ela então ela olhou para o oficial e pós a mão em suas bochechas sujando as mãozinhas de sangue rival:

- Por que ele tá assim.

- Princessa ele tá assim porque desobedecer os pais e agora tá de castigo, porque ta aquei em baixo seus pais sabem disso? 

Ela fez que não com a cabeça 

- Então porque tá aqui em? 

- Eu não queria ver vocês  brigando. Isso é feio.

- É sim mas é melhor você voltar. Marcos levará você.

- Tá bom tio.

Então um soldado com o rosto com algumas cicatrizes a levando até a sala do trono onde a mãe chorava e o pai estava carrancudo a mãe assim que a viu no colo do soldado dormindo dei um grito.

- Ela está morta? Seu incopetente.

A menina virou devagar no colo de Marcos olhou para mãe e falou baixinho:

-Mamae.

A mãe correu a te a menina pegou ela no colo e a aninhou chorando ela disse:

- Desculpa Marcos pensei que ela tivesse morta.

- Sim senhora.

O rei o despensou com um toque no ombro e susurrou: Obrigado, ela tava me enlouquecendo.

Então ele e a rainha se sentaram e falaram para explicar a história ele contou a rainha ficava cada vez mais chocada. No fim os dois suspiraram e a Ártemis estava dormindo de novo no colo da mãe.

O rei mandou Marcos para casa não precisava mais ir a guerra e posse a falar com a esposa.

- Ela quase se matou.

- Sim temos que por um castigo nessa florista. Riu baixinho.

Sim colocaremos ela na torre dos cem anos que tal.

Mas lá não tem janelas só aquele vidro enfeitiçado e uma entrada quadrada por 5 guardas.

É uma boa escolha deixaremos ela ate a guerra acabar.

Sim deixaremos.

E assim foi decidido ela ficaria la até a guerra acabar que foram longos 13 anos.

A guerra acabou entre um acordo demônios ficariam soltos se não matacem ou reproduzirem com humanos e assim foi decidido. Mas os demônios não esqueceriam que os aprizionaram durante séculos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...